Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Lançamento

Esportividade em dose máxima

Divisão esportiva da Mercedes celebra 50 anos em grande estilo no Brasil; aceleramos o AMG GT R, que estreia no país custando R$ 1,2 milhão

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
01
PUBLICADO EM 12/07/17 - 03h00

Sonho de consumo e objeto do desejo de muitos, os automóveis da Mercedes-Benz, a marca da estrela de três pontas, seguem cobiçados por todos que curtem bólidos sofisticados e velozes.
O que pouca gente sabe é que a montadora alemã pode deixar seus carros ainda mais esportivos. Para isso conta com a AMG, uma empresa fundada em 1967, como uma preparadora independente especializada em veículos Mercedes-Benz e que passou para as mãos da montadora alemã em 1999. Ela cuida, exclusivamente, de personalizar, os automóveis Mercedes-Benz.

Para comemorar o aniversário de 50 anos da AMG, a Mercedes reuniu jornalistas que cobrem o setor no autódromo Velo Cittá, em Mogi Guaçu (SP), para mostrar seus últimos lançamentos. Por lá, desfilaram o C 63 Cabriolet, o C 43 Night Edition e a cereja do bolo, o AMG GT R, um verdadeiro rojão empurrado por um motor V8, biturbo, de 585 cv, que atinge até 316 km/h. Ele é pintado na cor verde, em declarada inspiração ao circuito de Nurburgring, na Alemanha, conhecido como “inferno verde” pela densa floresta onde está situado. O bólido chega ao Brasil custando R$ 1.199.900.

Sedã de respeito. Além do AMG GT R, a Mercedes-Benz também lançou no Brasil o sedã mais potente do mundo: o AMG E 63 S, equipado com motor AMG V8 4.0 L, biturbo, de 612 cv, com câmbio automatizado de nove velocidades. Pertencente à família Classe E, o modelo esportivo conta com um sistema de desativação de cilindros de série. É a primeira vez que ele é usado em um motor turboalimentado da AMG. Da imobilidade aos 100 km/h em apenas 3,4 s, o foguete da estrela de três pontas destaca-se pelo novo sistema de tração integral da Mercedes, que combina as vantagens de várias configurações de condução.

A distribuição de torque entre os eixos, que era fortemente voltada para a traseira, pela primeira vez é totalmente variável e garante ótima tração independentemente das condições da pista. O AMG E 63 S chega às lojas da Mercedes no Brasil a partir deste mês com preço sugerido de R$ 699,9 mil.

O jornalista viajou a convite da Mercedes

 

estúdio malagrine/divulgação
01
Com um “motorzão” V8 biturbo, de 585 cv, o bólido da AMG faz bonito na pista

 

estúdio malagrine/divulgação
01
Com o título de sedã mais potente do mundo, AMG E 63 S será vendido por R$ 700 mil

Ronco ensurdecedor do motor

Antes de entrarem na pista, os jornalistas foram divididos em dois grupos e tiveram uma longa e detalhada explicação sobre a história da AMG. De vez em quando, durante a explanação, o ronco dos motores na pista era tão alto que se fazia necessário o uso de um protetor auricular.

Lançado em 2014, seguindo o princípio “Handcrafted By Racers” (feito à mão por corredores), o AMG GT R é o segundo modelo da divisão esportiva da Mercedes-Benz inteiramente desenvolvido pelos engenheiros da AMG.

Entre suas principais características está o comportamento dinâmico aliado ao desempenho de primeira classe nas pistas de corrida.

Segundo números de fábrica, o esportivo vai de 0 a 100 km/h em 3,6 s. O câmbio é automatizado de dupla embreagem de sete marchas. Outro ponto forte do modelo é a relação peso/potência de apenas 2,66 kg/cv.

O AMG GT R apresenta uma série de melhorias, como uma espécie de spoiler, que fica na parte inferior do para-choque dianteiro. A uma velocidade de 80 km/h, a peça de fibra de carbono fica 40 mm mais baixa, gerando mais pressão aerodinâmica, fazendo com que o carro fique mais “grudado” no chão.

O arsenal de aparatos tecnológicos não acaba por aí. O eixo traseiro é dinâmico, ou seja, as rodas de trás também esterçam em até 1,5 grau. Quando a velocidade é inferior a 100 km/h, elas viram na direção oposta às dianteiras. Acima dessa velocidade, elas seguem no mesmo sentido, garantindo maior estabilidade. 

 

FOTO: estúdio malagrine/divulgação
01
As modelos Aline e Jessica dividem beleza com o AMG Classe C 63

 

FOTO: estúdio malagrine/divulgação
01
Alta performance do AMG E 63 S é garantida com muita tecnologia

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Lançamento

Esportividade em dose máxima
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter