Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Saint Martin

Lado francês na medida para o ecoturismo

Trilhas em meio à mata levam turistas a praias paradisíacas, com imensa riqueza de exemplares da fauna e da flora, ideais para o contato com a natureza

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Saint Martin
Praia de Anse Marcel pode ser acessada após caminhada em meio à mata
PUBLICADO EM 12/08/17 - 03h00

Saint Martin, a charmosa ilha francesa-holandesa no Caribe, é o destino ideal para os adeptos do ecoturismo. Mais que um paraíso para amantes de praia, a península é abraçada por flora e fauna excepcionais, com um contraste entre cactos, buganvílias, e flamboyants que florescem ao lado de hibiscos, palmeiras e samambaias em um mágico cenário.

Para os que desejam viver uma aventura, em que o destino final é uma praia deserta, a trilha que conecta as praias Anse Marcel e Petites Cayes é acessada por meio de uma caminhada de cerca de 40 minutos em meio à Reserva Natural Nacional. O exercício é compensado pela chegada em um lugar paradisíaco, intocado, onde os únicos protagonistas são o mar-turquesa e a areia branca. Se mesmo assim a vontade for caminhar um pouco mais, a trilha continua até a praia de Grandes Cayes em um percurso que leva em torno de uma hora e meia.

A ilha ainda conta com mais de 300 restaurantes e inúmeros lolos – típicos quiosques de praia caribenhos – onde come-se maravilhosos pratos à base de frutos do mar, como as famosas lagostas grelhadas.

A parte francesa da ilha está ao norte e a capital é Marigot, onde bistrôs e hotéis-butiques dominam a paisagem. O idioma local oficial é o francês, e a moeda, o euro, mas a maioria dos estabelecimentos aceita o dólar. No centro da capital, a sensação é de se estar na Riviera Francesa, com barcos de luxo atracados, cafés e creperias com mesas na calçada. 

Fazendas

Entre as atrações, estão uma fazenda de borboletas com milhares de espécies, uma reserva natural de 54 ha repleta de piscinas naturais e trilhas para praias paradisíacas.

Um pouco mais acima, localizada no pico mais alto de Saint Martin, em Pic du Paradis (Pico do Paraíso, na tradução), está a Loterie Farm, uma antiga fazenda produtora de açúcar, de 1773. Hoje, o local faz parte de uma reserva natural de 54 ha, que une o ecoturismo e a gastronomia em meio a milhares de espécies.

Saint Martin

Aberta ao público, os visitantes podem fazer diversas atividades, desde trilhas, escaladas, equitação e tirolesa, e almoçar ou jantar em seus charmosos restaurantes.

Estufa para as borboletas

Saint Martin

Os amantes da natureza devem agendar uma visita à imperdível fazenda das borboletas em uma estufa de 900 metros quadrados, em que os criadores, ao lado de cientistas trabalham juntos para salvar espécies em extinção. No local, centenas desses insetos de todos os cantos do mundo, em diversas cores e formas, flutuam por um jardim tropical com pequenas cachoeiras e piscinas cheias de peixes.
Funcionamento. Diariamente, das 9h às 15h30. A fazenda tem uma lojinha de suvenires.
 

Onde hosperdar-se


La Samanna. Diárias a partir de US$ 945. belmond.com
Le Petit Hôtel.A partir de US$ 455. Em Grand Case. lepetithotel.com
Le Temps des Cerises. A partir de 280 euros. letempsdescerises
Mercure St. Martin.A partir de 146 euros. mercurehotelstmartin.com
Hotel Riu Palace. Único all inclusive do lado francês. Diárias a US$ 468. riu.com/pt/Paises/sao-martinho

Onde comer

Anse Marcel.Menu com entrada, prato principal e sobremesa por 35 euros. ansemarcelbeach.comLe Santal. Pratos principais a partir de US$ 26. lesantalrestaurantsxm.com
Le Temps des Cerises. Pratos a partir de 22 euros. letempsdesceriseshotel.com

O que achou deste artigo?
Fechar

Saint Martin

Lado francês na medida para o ecoturismo
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter