Recuperar Senha
Fechar
Entrar

África

Marrocos, um país de muitas faces

Praias, campos, montanhas, desertos e cidades exóticas num destino que foge do lugar-comum

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
bn
Imperdível passeio pelo deserto sobre o lombo de um camelo
PUBLICADO EM 09/12/17 - 03h00

O Marrocos começou a ficar em evidência no Brasil em 2001, quando foi cenário da novela da TV Globo “O Clone” e, mais recentemente, em 2013, quando sediou Mundial de Clubes da Fifa. A novela não está mais no ar e o Mundial terminou sem a vitória do Atlético Mineiro, mas as atrações do país africano percorreram o imaginário dos brasileiros.

No ano passado, segundo dados do Turismo do Marrocos, 25,6 mil brasileiros visitaram o país. O número é pequeno se comparado ao de outros países, mas representou um crescimento de 97% em relação aos últimos cinco anos e de 386% em comparação a 2005. A expectativa, porém, é que o número de brasileiros alcance 50 mil nos próximos dois anos.

A não obrigatoriedade de visto, a formatação de roteiros com guias que falam português e, principalmente, a operação de voos diretos da Royal Air Maroc entre São Paulo e Casablanca, com cinco frequências semanais e duração de aproximadamente nove horas, são fatores que ajudaram a alavancar esses números. Além da Royal, as companhias aéreas TAP, Turkish Airlines e Emirates contam com boas ofertas de voos com conexões saindo do Brasil. Outra possibilidade para os brasileiros visitarem o país africano é combiná-lo com outros destinos, como Espanha e Portugal ou Turquia, Dubai e Egito.

O Marrocos costuma atrair brasileiros pela curiosidade em conhecer de perto essa cultura exótica, a receptividade do povo e o contraste de praias, deserto e picos nevados, além, é claro, das construções seculares. 

O que achou deste artigo?
Fechar

África

Marrocos, um país de muitas faces
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter