O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Investimento

Projeto amplia número de guardas para concurso

Proposta de lei já está na Câmara e abre mais 150 vagas para agentes de segurança no município

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Proposta
Projeto que eleva o número de guardas municipais está em tramitação na Câmara
PUBLICADO EM 30/11/17 - 21h20

O governo enviou para a Câmara nesta semana o projeto de lei que cria 150 cargos de guardas municipais no município. Isso é necessário para que o concurso possa ser realizado no próximo ano. O objetivo é aumentar o efetivo da Guarda e intensificar as ações de segurança na cidade.

Em 2001, na lei que criou a corporação, foram criadas 200 vagas. Atualmente, há 155 guardas atuando. Com a ampliação dos cargos, esse número chegará a 350. O concurso está previsto para 2018. De acordo com o Executivo, a realidade atual necessita de um número maior desses agentes de segurança. “Pelo menos 120 serão chamados no concurso para a contratação de novos guardas. Isso demonstra que a segurança pública é preocupação do município, mesmo na sua atuação restrita”, declarou o procurador-geral do município, Bruno Cypriano.

Ele ainda completou que essa é mais uma ação do governo na corporação. “Implantamos ainda o auxílio-fardamento, uma antiga reivindicação da categoria, além de criarmos uma hierarquia na Guarda Municipal, com os cargos de comandante, subcomandante, inspetor e subinspetor, além do setor de inteligência, para que a corporação funcione melhor. Há também o armamento, a aquisição de equipamentos contra tumultos. São ações que somam mais de R$ 2 milhões de investimentos”, acrescentou.

O projeto do auxílio-fardamento para guardas municipais e patrimoniais, além dos agentes de trânsito da Ecos, já foi aprovado pelos vereadores.

De acordo com o comandante da Guarda Municipal, Anderson Reis, a ampliação do quadro da corporação com a realização do concurso será essencial para atuação dos servidores. “É fundamental o aumento no número de agentes porque a nossa realidade hoje é bem diferente daquela quando a Guarda foi criada. Atualmente, a demanda é muito maior, principalmente, na proteção dos equipamentos públicos”.

Ainda conforme Reis, já está em andamento o processo de treinamento dos guardas para que os agentes sejam armados. “Todos serão treinados, mesmo sendo apenas uma parte que irá ser armada. Mas essa é mais uma ação para melhorar o serviço”, completou Reis.

O que achou deste artigo?
Fechar

Investimento

Projeto amplia número de guardas para concurso
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter