O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Saúde irá receber 198 profissionais nesta segunda (16)

Com a contratação desses trabalhadores a partir da próxima semana, prefeitura reabrirá 44 leitos no Regional que estavam fechados há 2 anos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Melhoria
Reabertura dos leitos reduzirá lotação da urgência do hospital e melhorar a assistência nas UPAs
PUBLICADO EM 10/10/17 - 20h09

A rede pública de saúde de Betim vai receber, a partir da próxima semana, a chegada de 198 profissionais de várias especialidades. A contratação dos novos funcionários – que incluem técnicos de enfermagem, de laboratório e de saúde bucal, dentistas, bioquímicos, engenheiros de alimentos e enfermeiros – foi realizada através de Processo Seletivo Simplificado promovido pela prefeitura em julho.

Segundo o secretário municipal de Saúde, Guilherme Carvalho, a chegada desses 198 contratados permitirá melhorias importantes na rede pública de saúde. Uma das principais será a reabertura de 44 leitos no Hospital Regional, que estavam fechados há pelo menos dois anos, por falta de profissionais.

“Uma parcela desses novos funcionários irá para a Atenção Primária, e a outra vai atuar no Hospital Regional, o que possibilitará a abertura de 44 leitos que estavam fechados há mais de dois anos nos setores de clínica médica, clínica cirúrgica e pediátrica. Com isso, vamos diminuir a demanda no pronto-socorro, pois muitos pacientes ficavam internados lá por falta de leitos em outros setores, além de melhorar o atendimento nas Unidades de Pronto-Atendimento (UPAs) como um todo, que poderão encaminhar mais pacientes para o Regional”, explicou.

O prefeito Vittorio Medioli ressaltou a importância dessa medida para a rede pública. “Com esse aumento de leitos vamos reduzir a demanda do pronto-socorro, que já havia diminuído com o mutirão de cirurgias ortopédicas. Ao todo, vamos aumentar 44 leitos no hospital. Serão 19 na clínica médica, nove na clínica cirúrgica e 16 na pediatria. E logo liberaremos mais 14 através do convênio com o Hospital Evangélico para prestação dos serviços de nefrologia”.

PSF

O secretário de Saúde também ressaltou que a contratação desses novos profissionais permitirá ainda que a prefeitura complete 29 equipes do Programa de Estratégia de Saúde da Família, o antigo PSF, que cuida da atenção primária dos usuários nas unidades básicas de saúde. Com isso, o número de equipes de PSF passará de 74 para 103.

Ainda de acordo com o secretário, a contratação desses profissionais também ajudará a resolver outro entrave que existe hoje no Hospital Regional: a sobrecarga de trabalho dos profissionais que atuam no laboratório.

“Antes, o setor realizava mensalmente cerca de 20 mil exames laboratoriais somente para pacientes que estavam internados no Regional. Entretanto, depois que a justiça determinou, no ano passado, a suspensão do contrato com a Labclim, empresa terceirizada que prestava esse serviço, o laboratório do hospital ficou sobrecarregado. Agora, com a chegada dos profissionais vamos passar do patamar de 20 mil exames/mês no início do ano para 100 mil exames por mês, aumentando em cinco vezes a nossa capacidade se comparado ao início do ano”, completou.

Também neste ano, 230 médicos, entre cirurgiões e clínicos gerais, já foram contratados.

Prefeito vai a Brasilia

O prefeito Vittorio Medioli informou, através de suas redes sociais, que irá a Brasília na quinta (19), para se reunir com a equipe do Ministério da Saúde. O objetivo é apresentar uma proposta para que o município seja credenciado para fazer o serviço de hemodinâmica, que é o atendimento dos casos mais graves de doenças cardiovasculares, como cateterismo. Hoje esses pacientes são encaminhados para Belo Horizonte.

“Durante a reunião que tivemos na segunda-feira, liguei para o ministro da Saúde, que é conhecido meu, e deixamos uma reunião marcada para o dia 19 de outubro em Brasília. Iremos apresentar essa proposta de abrir o atendimento de hemodinâmica e se conseguirmos esse credenciamento poderemos tratar aqui os casos mais graves de infarto, desobstrução de veias e outros procedimentos cardiovasculares importantes, que hoje só feitos em BH”.

O que achou deste artigo?
Fechar

Saúde irá receber 198 profissionais nesta segunda (16)
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter