O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Fala

Para incentivar a doação de sangue e o dia do doador

“Haverá um aumento nos bancos de sangue, que salvarão mais vidas”, afirma Fontes

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Saúde. O autor do projeto de Lei é o vereador Capitão Fontes que espera pela sanção do prefeito Alex
PUBLICADO EM 20/04/17 - 03h00

Já seguiu, na última terça-feira, dia 18, para a sanção do prefeito de Contagem Alex de Freitas (PSDB) o projeto de lei nº 15/2017 que institui a semana municipal de doação de sangue e o dia municipal do doador de sangue, como lei.

Campanhas

O projeto, de autoria do vereador Capitão Fontes (PMDB), foi aprovado por unanimidade dos vereadores na 7ª reunião ordinária da Câmara Municipal em turno único.

Com a aprovação da lei, segundo o autor, o município passará a realizar campanhas para conscientizar a população sobre a importância da doação de sangue, seus procedimentos, sua confiabilidade, quais os possíveis doadores, bem como os benefícios assegurados nas legislações municipais, estaduais e federais aos doadores de sangue.

“A partir desse lei, a semana municipal de doação de sangue e o dia municipal do doador de Sangue serão incluídos no calendário oficial do município e realizada anualmente com campanhas de conscientização e incentivo. Dessa forma haverá um aumento significativo nos bancos de sangue, que salvarão mais vidas” argumentou Capitão Fontes.

Doação de Sangue:

Para doar sangue, existem requisitos: Pessoas entre 16 e 69 anos, desde que a primeira doação tenha sido feita até os 60 anos. Menores de 18 anos devem estar acompanhados de um dos pais. Homens com mais de 50kg e mulheres acima de 55 kg. A coleta é feita pela associação Hemominas, em Belo Horizonte, de segunda a sexta-feira: 7h às 18h, o telefone para contato é (31) 3768-4500.

Cada doação pode salvar a vida de até quatro pessoas. E é com este pensamento que Carlos Antonio leva a cada vez que pratica o ato. Doador frequente há 15 anos, o motorista autônomo conta que se orgulha de poder ajudar. “As famílias agradecem muito, tem quem queria até me pagar, mas a doação é um ato voluntário”, diz. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Fala

Para incentivar a doação de sangue e o dia do doador
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter