O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Obra

R$ 47,7 milhões para investir na Educação

As 17 instituições da rede municipal de ensino passarão por reformas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Escola. Apresentação de alunos de uma das escolas da rede municipal durante o evento na PUC
PUBLICADO EM 20/04/17 - 03h00

Mais três Centros Municipais de Educação Infantil (Cemeis) serão construídos em Contagem, com abertura de 474 vagas para crianças de 4 e 5 anos. Previstas para começar em junho, as obras fazem parte do pacote de investimentos na Educação anunciado pelo prefeito Alex de Freitas, totalizando R$ 47,7 milhões. Também será construída uma escola de tempo integral para 620 alunos e todas as instituições de ensino da rede municipal serão reformadas.

Alex anunciou a destinação dos recursos em um encontro nesta quarta-feira com diretores e vice-diretores da rede. Na construção das Cemeis serão investidos R$ 5,2 milhões. As novas unidade ficarão nos bairros Arvoredo, Lúcio de Abreu e Tropical. Segundo o secretário Municipal de Educação, Joaquim Antônio Gonçalves, a escolha dos locais foi baseada em um estudo feito por técnicos da secretaria. “São áreas importantes, porque têm uma demanda identificada. São regiões que necessitam de um amparo maior no atendimento”, ressaltou Joaquim.

Sheile Fernandes é moradora do Lúcio de Abreu e mãe de um garoto de 1 ano. Ela ficou satisfeita ao saber que contará com um Cemei perto de casa. “Temos que caminhar até o bairro Chácaras pra deixar os nossos filhos na escola. A população aqui é carente e precisa de uma instituição como essa”, comemorou.

Novo modelo

A escola de tempo integral será erguida no bairro Arvoredo ao custo de R$ 18 milhões. O modelo será novidade em Contagem, com atividades que promovam a interação entre grupos de estudantes. A proposta da Secretaria de Educação é que a instituição também atenda alunos matriculados em outras instituições municipais de ensino da região.

De acordo com o prefeito, cerca de 1.500 estudantes poderão participar de atividades complementares, como cursos profissionalizantes, de língua estrangeira, artes e informática. “Queremos garantir que nossos alunos tenham uma melhoria considerável, ampliando a capacidade para ingressar e se manter no mercado profissional”, destaca Alex de Freitas.

A meta do prefeito é criar escolas semelhantes em outras regionais. Vandir Machado é pai de um adolescente. Para ele, o novo modelo de ensino vai auxiliar os alunos a entrar no mercado de trabalho. “A escola de tempo integral será ótima, pois os jovens terão mais oportunidades de conseguir uma boa profissão e não terão tempo para ficar nas ruas”, avalia.

Todas as 107 instituições municipais de educação de Contagem receberão recursos para melhorias estruturais e pintura, totalizando R$ 24,5 milhões. Em 32, o prédio será totalmente reformado. A previsão é a de que as intervenções sejam concluídas em um ano. A proposta, aponta o secretário de Educação, é criar um ambiente de estudo mais agradável. “Alunos e educadores merecem um espaço mais confortável”, finaliza Joaquim.

O que achou deste artigo?
Fechar

Obra

R$ 47,7 milhões para investir na Educação
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter