O Tempo
Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Saúde

Vacinação contra a gripe é iniciada em 48 postos de saúde

Distribuição das vacinas é feita em 7 lotes, o primeiro, com 34.300 doses, já foi entregue

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
1
Campanha. Vacinação contra a gripe prossegue nos postos de saúde até o próximo dia 26 de maio
PUBLICADO EM 20/04/17 - 03h00

A Secretaria de Saúde iniciou, na segunda-feira (17), a 19º Campanha Nacional de Vacinação contra a Influenza em Contagem, que segue até 26 de maio. O Ministério da Saúde (MS) determinou como público prioritário deste ano as crianças de 6 meses a menores de 5 anos (4 anos, 11 meses e 29 dias), pessoas portadoras de doenças crônicas não transmissíveis, gestantes, puérperas (até 45 dias após o parto) e idosos acima de 60 anos.

Também estão entre as prioridades de vacinação pessoas privadas de liberdade (detentos), incluindo adolescentes e jovens de 12 a 21 anos em medidas socioeducativas, funcionários do sistema prisional, trabalhadores da saúde e indígenas. A novidade de 2017 está relacionada aos professores da educação infantil, ensino fundamental, médio e superior (da rede pública e particular), que passam a fazer parte do grupo prioritário.

Segundo a coordenadora da Central de Imunização de Contagem, Fernanda Elisa Ferreira de Almeida, a distribuição das vacinas será feita em sete lotes. O primeiro, com 34.300 doses, já foi entregue nas 48 salas de vacinação da cidade. Até o final da campanha serão distribuídas 149 mil doses. Sobre a eficácia da imunização e possíveis efeitos colaterais, Fernanda Elisa explica que a vacina é um vírus morto e inativado, o que elimina o risco de doença. "Quanto à reação adversa, ela é natural em qualquer vacina, sendo que na da gripe pode surgir febre, vermelhidão e um desconforto no local, que pode durar até dois dias. A recomendação é fazer compressa fria. Crianças dentro da faixa etária preconizada pelo Ministério da Saúde e idosos devem se vacinar, já que estão mais propensos a pegar gripe, que pode desencadear em pneumonia", destaca a especialista.

Eficácia

A vacina é uma das medidas mais efetivas para a prevenção de complicações provocadas pelos vírus da Influenza A (H1N1, H3N2) e Influenza B, que estão em circulação em 2017. Para se imunizar, a pessoa deve apresentar o cartão de vacinação para registro da dose e verificação da necessidade de atualizar outra vacina. Os doentes crônicos também devem apresentar a prescrição médica especificando o motivo da indicação da vacina ou receita de medicamentos que comprovem a doença.

Para essa campanha, a população de Contagem conta com 48 salas de vacinação. A do bairro São Luiz, no distrito Petrolândia, que estava fechada há mais de um ano devido a problemas na rede elétrica, voltou a funcionar normalmente.

Confira as doenças crônicas que desencadeiam prioridade na vacinação: cardiopatias crônicas, comunicantes domiciliares de imunodeprimidos, diabetes mellitus, doenças respiratórias crônicas, doença renal crônica, doença hepática crônica, doenças neurológicas crônicas incapacitantes, fibrose cística, hipertensão arterial sistêmica com comorbidade, Aids, imunodeficiências congênitas; imunodepressão devido ao câncer ou à imunodepressão terapêutica, implante de cóclea, obesos graus III, pneumopatias crônicas e síndrome de Down.

O que achou deste artigo?
Fechar

Saúde

Vacinação contra a gripe é iniciada em 48 postos de saúde
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter