Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Leandro Cabido

Novo capítulo pelo prestígio europeu

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 12/12/17 - 03h00

Normalmente, dedico este espaço para analisar os clubes de Belo Horizonte, além de traçar metas para eles. No entanto, com os times de férias e ainda com poucas novidades para a temporada 2018, permito-me falar nesta semana sobre a Liga dos Campeões da Europa, que teve nessa segunda-feira o sorteio para a fase de oitavas de final da principal competição entre clubes do mundo.

Tivemos alguns cruzamentos bastante interessantes. O mais esperado, sem dúvida, é o confronto de Neymar e Cristiano Ronaldo, ou PSG contra o Real Madrid. A equipe francesa, que tem no brasileiro sua espinhal- dorsal, encara o time espanhol, que não tem regulado no Campeonato Espanhol. Com o time quarto colocado na liga doméstica, oito pontos atrás do Barcelona, os merengues avançaram na segunda posição de seu grupo, atrás do inglês Tottenham. Colocar os madrilenhos como favoritos diante do bilionário parisiense seria considerar apenas a tradição em campo. Hoje, o líder do Francês é um dos mais preparados, inclusive, para levantar a Orelhuda.

Outro confronto interessante é dos Spurs diante da Juventus. Os londrinos estão cada vez melhores e dão um fio de esperança para sua torcida, mesmo jogando fora do White Hart Lane, que está em reconstrução. Adotou o mítico Wembley para levar consigo a força que ainda não tem em campos europeus e, quem sabe, passar pela Velha Senhora. Tem os diferenciados Dele Alli e Harry Kane, ambos da seleção inglesa, além do goleiro Lloris, da França, como seus principais expoentes.

Encarar os alvinegros nunca é bom, mas talvez esse seja o melhor momento. Abalada com a ausência na Copa do Mundo – lembrando que a equipe de Turim é uma das bases da Azzurra –, a Juventus não lidera a Série A e, por isso, vive um momento instável na temporada. A sorte é que os jogos acontecerão apenas entre fevereiro e março do próximo ano. Até lá, variações de momento podem e devem acontecer.

E, finalmente, um clássico europeu recente entre Chelsea e Barcelona, que já fizeram grandes batalhas em edições anteriores. Os Blues, já distantes na briga de qualquer possibilidade de título na Inglaterra devido à campanha absurda do City, tentam ofuscar o brilho dos catalães. Estes, mesmo sem Neymar, se encontraram e se veem com boas possibilidades de tomar a supremacia do rival de Madri tanto na Espanha quanto no continente.

Também não podemos nos esquecer dos outros cinco duelos, tão importantes quanto os analisados acima. O Basel pega os Citzens, com amplo favoritismo para os ingleses; Porto e Liverpool fazem decisão de ex-campeões, com os Reds superiores; Shakhtar Donetsk e Roma, colocando italianos um pouco à frente, mas relembrando o bom trabalho dos ucranianos até aqui; United diante do Sevilla, com vantagem técnica para o Red Devils; e Bayern contra o Besiktas, com a equipe da Baviera só caindo se algo der muito errado em Istambul e em Munique.

Agora é esperar o próximo ano e torcer para grandes espetáculos, o que, convenhamos, nem precisamos muito. É certo que os jogos serão intensos e emocionantes. Mas, e você? Tem seus palpites?

O que achou deste artigo?
Fechar

Novo capítulo pelo prestígio europeu
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter