Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Meu Dinheiro

Cuidado com os 'amigos'!

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 14/02/18 - 03h00

“Nas últimas semanas, uma colega de trabalho insistiu para que eu emprestasse a ela meu cartão de crédito. Disse-me que precisa comprar umas roupas para a filha adolescente que está sem nada para ir às festinhas para as quais é convidada. Ela falou que não tem cartão de crédito, pois acabou se enrolando quando essa filha ficou doente. Está me garantindo que irá pagar o valor das parcelas direitinho no vencimento do cartão. Mas eu fico receosa. Sempre fui muito controlada com meu dinheiro e tenho pavor de dívidas. Só o fato de pensar em uma dívida já me tira o sono. O que eu devo fazer? Fico com medo de perder a amizade dela se eu não emprestar o cartão.” (Jane/ Venda Nova – BH)

Jane, muitas famílias brasileiras estão endividadas. E qual a ligação com o caso que você relata? Uma dívida não é um problema isolado na vida financeira de uma pessoa. Ela é consequência de algo mais grave que está acontecendo. Ela é como se fosse uma febre, que somente surge em nosso organismo se há algo mais grave acontecendo, como uma infecção. Já que a dívida é um sintoma, logo, para acabar com ela, é necessário combater a causa.

E uma das possíveis causas que podem levar ao endividamento é o empréstimo de recursos para terceiros. E não precisa ser dinheiro diretamente. Pode ser inclusive o crédito que possuímos. Ou seja, basta emprestar o nome.

Acredito que, para “emprestar” seu nome para sua colega, você deve estar preparada para as possíveis consequências. A maior delas é ela não pagar as parcelas da compra. Nesse caso, você terá que assumir a dívida para não ter problemas com seu nome na lista de inadimplentes. Talvez você precise utilizar suas economias para quitar o cartão de crédito. Com isso, seu risco maior passa a ser a possibilidade de ter de utilizar suas economias.

Caso você não tenha dinheiro guardado, o não pagamento por parte de sua amiga significará a necessidade de você se endividar para quitar os compromissos assumidos por ela. E isso já é uma razão suficiente para você se negar a emprestar o seu cartão de crédito. Se ela brigar com você, isso pode significar que a amizade dela não era tão verdadeira. E, para finalizar uma pergunta: caso você empreste seu cartão e ela não pague, você continuará amiga dela? Reflita sobre isso e saiba que você é a maior responsável por definir como será sua vida financeira.

Além disso, é fundamental cuidar da segurança de seus dados bancários. Lembre-se de que seu cartão e a sua senha são pessoais e não devem ser repassados a ninguém. Um golpista também pode trazer um grande prejuízo. E você ainda poderá ter de pagar a dívida feita por desconhecido!

Planeje bons hábitos para 2018. Invista em sua educação financeira.

Curta nossa página no Facebook: www.facebook.com/harpiafinanceiro.

Mande dúvidas e sugestões para o e-mail carloseduardo@harpiafinanceiro.com.br

O que achou deste artigo?
Fechar

Cuidado com os 'amigos'!
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter