Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Minas S/A

Bola da vez

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM Mon Jan 29 03:00:12 BRST 2018

Bola da vez

De Nova York, o presidente do conselho da MRV Engenharia, Rubens Menin, conta que está notando pelas conversas que tem tido com investidores estrangeiros que o Brasil está retomando o posto de “bola da vez” para quem quer aplicar dinheiro por aqui. O Brasil está voltando a ter prioridade nos moldes dos anos de 2007 e 2008, conta o fundador da MRV. Tudo por conta de um somatório de fatores: “Eles (os investidores) acreditam que o Brasil tem um estado de direito com democracia. É um país grande e estão notando que vale ficar de olho em alguns setores”, explica Menin, além, é claro, de estarmos vivendo n um momento de mercado global com dinheiro.

FOTO: João Godinho - 28.06.2016

O fundador da MRV Engenharia, Rubens Menin, e seu filho, Rafael Menin, atual presidente 

FOTO: Dotz/divulgação

Cláudia Campolina, diretora regional da Dotz, que vem conquistando expansão geográfica

Fly-in Vilagge Escarpas Internacional

Nos arremates finais do Fly-in Vilagge Escarpas Internacional, condomínio de lotes em Escarpas do Lago (MG), os sócios do empreendimento exclusivo Alexandre Penido e Márcio Bissoli já têm 95% da obra concluída. “São 87 lotes com média de 3.000 m² cada e com 40 metros de frente para a represa, o dobro (do que existe) na região”, conta Penido. Mas, o maior diferencial é a pista de pouso, homologada pela Anac, de 1.200 metros com a modalidade dos lotes. “A pessoa pode parar o avião na sua própria residência, se desejar. Senão, tem um pátio asfaltado para deixar o avião angarado”, diz Penido.

FOTO: Edy Fernandes

Da esquerda para a direita, o empreendedor do Fly-in Vilagge, Alexandre Penido; o presidente do Instituto Áquila, Rodrigo Godoy; e o empresário Paulo Bressane

FOTO: Wagner Costa/ADCE

Na sexta edição do Prêmio ADCE de Responsabilidade Social Empresarial, o presidente da ADCE, Sérgio Frade; o homenageado Emerson de Almeida; Nilda e Maria Flávia Máximo

Segurança eletrônica

Atualmente, a divisão de pesquisa & desenvolvimento da Veotex – onde funciona a área de inteligência tecnológica da empresa de segurança eletrônica – fica na capital mineira. No Estado, a companhia gera aproximadamente 55 empregos entre diretos e indiretos. No Brasil, a Veotex tem cerca de cem funcionários diretos e 200 indiretos atuando em todas as capitais e em mais 350 municípios brasileiros. Atualmente, o Grupo Graber é o único acionista da empresa fundada por mineiros.

Via Varejo

A modalidade Retira Rápido da Via Varejo está em expansão. Os clientes que comprarem nos e-commerces das lojas Casas Bahia e Pontofrio já podem retirar os produtos em armários de autoatendimento disponíveis em postos de combustível e em agências dos Correios. Em Belo Horizonte, o serviço já está em dez agências de Correios. “Hoje, um a cada quatro pedidos por minuto comercializado nos nossos e-commerces é retirado nas lojas físicas, o que totaliza mais de 200 mil vendas por mês”, comemora Flavio Salles, diretor de multicanalidade da Via Varejo.

FOTO: Via Varejo/divulgação

Flavio Salles, diretor de multicanalidade da Via Varejo está ampliando os serviços da empresa

Demografia

As áreas de interesse dos investidores estrangeiros no Brasil são aquelas para investimentos ligados à demografia. “Temos um mercado interno de consumo, as empresas de varejo estão indo muito bem”, atesta Rubens Menin. O executivo conta que o investidor é aquele do mercado de capitais, que compra ações de empresas e investe em títulos e o interesse deles é em relação a todas as empresas ligadas ao mercado de consumo. Animadíssimo, Menin também conta que a mineira MRV vai continuar crescendo e manter projetos em 2018. 

Dotz em Minas

A Dotz, programa de fidelidade, fez oito anos de operação em Minas Gerais com cerca de 2,5 milhões de clientes, 40 parceiros e presença em mais de 25 cidades do Estado. “Somente em Minas Gerais vamos alcançar em 2018 mais varejos nas áreas atuais, além da expansão para o Norte de Minas, Triângulo Mineiro e Zona da Mata. Nosso propósito é mudar o comportamento do cliente de forma rentável para a empresa e para o cliente. A oferta certa, para o cliente certo. E esta entrega de valor ao cliente e ao varejista nos levará a um crescimento de 35% comparado ao ano anterior, em Minas Gerais”, diz Cláudia Campolina, diretora regional da Dotz. 

FOTO: Fly-in Vilagge Escarpas Internacional/divulgação

Com pista de pouso de 1.200 m², o condomínio Fly-in Vilagge Escarpas Internacional passa pelos arremates finais da obra que está 95% concluída em Escarpas do Lago

Mercado de luxo

Com projeto de Gustavo Penna e paisagismo de Carla Pimentel, o Fly-in Vilagge Escarpas Internacional está com 75% dos lotes comercializados. O preço médio é de R$ 1,5 milhão, mas, tem desconto, de acordo com o sócio da MPA Empreendimentos que é dona do Fly-in, Alexandre Penido. “Todos os lotes de marina, mesmo com a baixa da represa, continuam tendo água na frente”, garante o executivo. Com quatro quadras de tênis, quadra de futebol, duas beach tênis, espaço gourmet, área para academia e área de piscina com raia, Penido conta que o público comprador é formado por mineiros e paulistas. 

Clima de otimismo

O presidente da Associação de Dirigentes Cristãos de Empresa (ADCE-MG), Sérgio Frade, garante que existe um clima de otimismo no mercado em função da retomada do crescimento, ainda que modesta. Para o fundador da corretora mineira Solutions Gestão de Seguros, a prevalência da autoridade do judiciário como no julgamento do ex-presidente Lula reforça a confiança nas instituições e aumenta o grau de confiança dos investidores. Mas Frade diz que não será um ano fácil em função das eleições. “A demanda de obras para infraestrutura é gigante, o governo precisa se atentar para isso, inclusive para gerar empregos e girar a economia. Mas logo vem o período de proibição dos investimentos devido ao período das eleições e o atraso”, lamenta. 

Veotex

Nascida em Belo Horizonte, a Veotex, empresa de fornecimento de soluções em segurança eletrônica, fez acordo de cooperação operacional com a norte-americana Honeywell. “Teremos toda a assessoria técnica e acesso ao catálogo de equipamentos e soluções da Honeywell, que serão disponibilizados pela Veotex a todos os seus clientes. A Honeywell é a líder mundial em sistemas de detecção e combate a incêndios. Uniremos a expertise da Veotex no desenvolvimento e integração de sistemas de segurança, com a altíssima qualidade e enorme experiência operacional da Honeywell”, explica Claudio Gaspari, diretor-presidente da Veotex.

FOTO: Kátia Lombardi/Veotex

Claudio Gaspari, diretor-presidente da Veotex, faz parceria para aumentar o leque de atuação

Mais lojas

Em 2018 a Via Varejo irá abrir entre 70 e 80 lojas no formato smart no Brasil, e Minas Gerais também receberá essa novidade. Atualmente, a empresa tem 108 lojas em Minas divididas nas bandeiras Casas Bahia e Pontofrio, empregando 4.995 colaboradores no Estado.

O que achou deste artigo?
Fechar

Bola da vez
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter