Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Raquel Faria

Nasce o Bloco S/A

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM Sun Feb 11 03:00:00 BRST 2018

Nasce o Bloco S/A

Desfilarão pelas ruas de BH este ano cerca de 500 blocos cadastrados pela Belotur, arrastando um público estimado em milhões. E gerir esses blocos, literalmente colocá-los nas ruas, exige trabalho e organização. Na maioria das vezes, todo o serviço é voluntário, feito pelos próprios ‘bloqueiros’. Mas alguns já assumem feição profissional, verdadeiras empresas, como é o caso do maior bloco de Minas, o Baianas Ozadas, que colocou mais de 500 mil foliões nas ruas do centro da capital no ano passado.

Atrás vêm outros

Não se conhece o faturamento do Baianas Ozadas. Mas algumas cifras dão ideia de valores. O cortejo que sairá nesta segunda de Carnaval tem custo previsto em mais de R$ 100 mil. Um bloco de sucesso se sustenta em visão empreendedora e gestão empresarial: essa é a lição que a experiência do Baianas Ozadas está passando aos ‘bloqueiros’ mineiros. E muitos tentarão esse caminho. Há espaço para crescer: só em patrocínios de marcas como Uber e Ambev, o mercado dos blocos girou R$ 9 milhões este ano em BH.

Troca de posto

O atual presidente Olavo Machado não participará da nova diretoria. Ele será vice-presidente na entidade nacional da indústria, CNI.

FOTO: Anna Castelo Branco/Rede Fotonovela/divulgação

Ivson Andrade, Dhyenyffer Teixeira, Alex Furtado, Clara Fleury e Rafael Furtado 

Comitiva x Custo

A viagem de Pimentel não tem ônus para o Estado. A instituição norte-americana está bancando todos os custos, que são limitados: o governador levou, além da mulher, apenas dois ajudantes de ordem. Uma equipe que contrasta com o staff de 40 pessoas mobilizado com dinheiro público para acompanhar o presidente Temer em viagem a Marambaia para descanso no Carnaval.

Máquina da folia

O Baianas Ozadas foi fundado pelo músico baiano Geo Cardoso em 2012. Três anos depois já tinha o CNPJ. Hoje, o bloco ocupa no mínimo 50 pessoas ao longo do ano; contrata serviços de produção de shows, assessorias de imprensa e jurídica e social mídia. Para movimentar essa máquina, o bloco-empresa bem diversificando as suas fontes de receita, para muito além das verbas da Belotur (R$ 3.000 a R$ 10 mil por bloco). Capta-se dinheiro com shows, ensaios abertos e patrocínios. Este ano, o bloco-empresa abriu uma loja no shopping Oiapoque para venda de camisas, roupas e assessórios.

Boca do forno

A montagem da chapa de unidade para a diretoria da Fiemg está bastante avançada; os principais cargos já foram preenchidos. A expectativa é que os últimos acertos sejam concluídos nos próximos dias, em tempo para que a chapa seja registrada no dia 21 deste mês.

Melhor noticia

O acordo celebrado nesta semana entre os grupos Ternium e Nippom em torno do controle da Usiminas coloca fim nas hostilidades entre os sócios e dá estabilidade à gestão de uma das maiores empresas do Estado. Ainda tira uma pilha de cinco processos da pauta e do tempo precioso dos desembargadores do TJ. O desfecho não poderia ser melhor para Minas.

Alta tribuna

Pimentel vai proferir amanhã uma palestra sobre federalismo e democracia na Georgetown University, prestigioso centro de estudos que tem entre os seus ex-alunos o ex-presidente Bill Clinton, deputados, senadores, membros da diplomacia e da Suprema Corte dos EUA. O governador viaja acompanhado da primeira-dama Carolina Oliveira.

O que achou deste artigo?
Fechar

Nasce o Bloco S/A
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter