Recuperar Senha
Fechar
Entrar

MÚSICA

Coladinho no forró pé de serra 

Celebrando o forró, festival Rootstock Brasil apresenta atrações como Elba Ramalho, Chama Chuva, Trio Lampião, edição homenageia a rainha do xaxado Marinês

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
jyggf
Elba Ramalho é um dos destaques em festival de forró
PUBLICADO EM 07/10/17 - 03h00

 

Estilo de música e de dança tipicamente brasileiro, e mais ainda nordestino, o forró continua admirado e exaltado por um grande público – ainda que já tenha vivido dias de mais prestígio. Prova dessa força é o festival Rootstock Brasil, que chega a sua 15ª edição, a primeira sediada em Belo Horizonte, nos dias 12, 13 e 14 (anteriormente, ocorria em São Paulo).
 
Entre os artistas, estão nomes nacionais e mineiros, como Elba Ramalho, Chama Chuva, Trio Lampião e Chambinho do Acordeon, que interpretou Luiz Gonzaga no cinema. Ao todo, são mais de 30 bandas ou cantores, além de 18 DJs especializados na musicalidade nordestina. Há, ainda, lançamentos de livros, oficinas e palestras sobre a cultura do forró pé de serra. 
 
“Juntando a experiência com a vontade de crescer e de fazer algo inédito, planejamos a migração do evento para a capital mineira, que a cada dia nos prova ser o melhor lugar pra receber o festival. A infraestrutura é muito boa e a localização central, se pensarmos que público virá de todo o Brasil e também do exterior”, diz um dos organizadores, Ivan Dias. 
 
Nos últimos dez anos, as edições do Rootstock tiveram, em média, 1.500 pessoas por dia, mas, desta vez, a organização estima público de 4.000 pessoas por dia. “Na época da criação do evento, a intenção era resgatar e celebrar o forró pé de serra. Com o tempo, ele consolidou-se como um ponto de encontro dos aficionados pelo segmento”, explica Dias.
 
Dessa forma, os artistas convidados para formar o line-up são aqueles que lutam por essa forma de expressão artística. “Desde a musa Elba Ramalho, conhecida em todo o país, passando por talentos do cenário até trios e bandas locais que sustentam a cena musical no dia a dia, fazendo o povo dançar. Sendo assim, eles têm em comum o amor e a batalha que travam em prol da música brasileira e nordestina”, explica o organizador.
 
Mulheres
 
Grande destaque da programação, Elba integra o festival pela primeira vez, e volta a BH em show solo após ter estado aqui, em agosto, ao lado de Geraldo Azevedo e Alceu Valença. Sua apresentação será na próxima sexta (13). “Desta vez, vou tentar mostrar um pouquinho da minha trajetória ao longo de quase 40 anos de carreira. Os sucessos também farão parte do show, mas a prioridade é o forró”, explica ela. “O forró tem uma relação de muita identidade com Minas. O público mineiro é maravilhoso, acho que existe um orgulho pelas suas raízes, assim como os nordestinos também”.
 
O Rootstock homenageia, nesta edição, outra mulher relevante no cenário musical: a “rainha do xaxado”, Marinês, que faleceu há uma década. Durante o evento, estará disponível, diretamente do Museu de Arte Popular da Paraíba, em Campina Grande (MS), a “Exposição Marinês”, com artigos pessoais e objetos utilizados em sua carreira.
 
Na opinião de Elba, a homenagem é relevante, dada a influência de Marinês na música brasileira.
“Ela é um ícone. É o nosso ‘Luiz de Gonzaga de saias’, tamanha a importância dela na MPB. Tive o prazer de produzir um disco de Marinês em 1990, para comemorar os seus 50 anos de carreira. É um álbum belíssimo. Também tenho com ela um vínculo afetivo: o filho de Marinês, o maestro Marcos Farias, já fez parte da minha banda, produziu meus discos e é uma pessoa muito querida”, revela.
 
“Festival Rootstock Brasil”
Serraria Souza Pinto (av. Assis Chateaubriand, 809, centro). Dias 12, 13 e 14 de outubro, das 10h às 5h. R$ 230 (para os três dias). Confir a programação completa em www.festivalrootstock.com

O que achou deste artigo?
Fechar

MÚSICA

Coladinho no forró pé de serra 
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter