Recuperar Senha
Fechar
Entrar

MÚSICA

Rumo à temporada 2018 

Confira a programação da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais para o próximo ano

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
ghj
Mechetti em ação: Em fevereiro, a orquestra completa dez anos de atividades
PUBLICADO EM 02/12/17 - 04h00

Atrações cujo interesse por parte do público belo-horizontino é líquido e certo não faltarão. Caso do pianista mineiro (de Boa Esperança) Nelson Freire ou do celista Daniel Müller-Schott. Mas a programação 2018 da Orquestra Filarmônica de Minas Gerais também reserva espaço para receber solistas que desembarcam pela primeira vez na capital mineira. “Caso das irmãs Christina e Michelle Naughton (justamente na abertura da temporada, dias 22 e 23 de fevereiro), do conjunto de violões Quaternaglia, o último vencedor do Concurso Tchaikovsky de piano, Dmitry Masleev e outros”, aponta o maestro Fabio Mechetti.

“Mas, talvez, em termos de ineditismo, salientaria a presença da maior percussionista da atualidade, Evelyn Glennie, e do Festival Bernstein, três concertos em três séries diferentes celebrando os 100 anos de Leonard Bernstein”, acrescenta ele.

Tem mais. Dentro desta efeméride específica, Mechetti também destaca a apresentação de uma ópera em forma de concerto (“Trouble in Tahiti”), “com um elenco internacional de primeira linha, encabeçado pelo celebrado Paulo Szot”.

A temporada 2018 comemora, ainda, os 200 anos do compositor francês Charles Gounod e os 150 do brasileiro Francisco Braga, assim como os 150 anos da morte do italiano Gioacchino Rossini e o centenário do falecimento de Claude Debussy.

Combos

Independentemente do compositor em foco, as assinaturas para a temporada 2018 já estão abertas (seguem até o dia 27 de janeiro), após o período tradicionalmente reservado para os já assinantes procederem à renovação de seus pacotes. As assinaturas são, na verdade, combos de ingressos vendidos antecipadamente e, por isso, com valores inferiores aos preços dos avulsos vendidos ao longo do ano.

São cinco as séries disponíveis para venda antecipada: “Allegro”, “Vivace”, “Presto” e “Veloce”, que são realizadas às quintas e sextas-feiras, e “Fora de Série”, aos sábados. O preço varia de acordo com a quantidade de concertos e do lugar escolhido na Sala Minas Gerais, indo de R$ 203 (meia-entrada, nove concertos, balcão palco) a R$ 2.226 (inteira, 24 concertos, balcão principal).

Quando lançado, em 2009, o Programa de Assinaturas oferecia 705 pacotes. Hoje, são 3.437 assinaturas. “A cada ano (e temos grande expectativa de que neste não será diferente) batemos recorde de vendas. Um fenômeno raríssimo em nível internacional; as orquestras têm tido dificuldades em manter seu público, mais ainda aumentá-lo”, pondera o regente.

 

Assine
 
Pela internet Através do site filarmonica.art.br/assinaturas
Pessoalmente Na bilheteria da Sala Minas Gerais (rua Tenente Brito Melo, 1.090, Barro Preto), de terça a sexta, das 12h às 21h, e sábados, das 12h às 18h (exceto feriados). Em janeiro poderá haver alteração do horário da bilheteria. Verifique no site e redes sociais.

 

O que achou deste artigo?
Fechar

MÚSICA

Rumo à temporada 2018 
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter