Recuperar Senha
Fechar
Entrar

CHUVA

Destelhado e alagado, hospital de Neves é interditado parcialmente

Demandas médicas serão direcionadas para a UPA Justinópolis e demais hospitais da região metropolitana de Belo Horizonte

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
JULIANA_GONTIJO_19.jpg
Hospital São Judas Tadeu foi parcialmente interditado pelo Corpo de Bombeiros
PUBLICADO EM 05/12/17 - 20h45

A Prefeitura de Ribeirão das Neves informou nesta terça-feira (5) que o Hospital São Judas Tadeu, o único da cidade, foi parcialmente interditado pelo Corpo de Bombeiros por causa dos estragos causados pelas chuvas. O terceiro andar foi fechado e os pacientes foram transferidos para outras alas da unidade de saúde.

Mais cedo a prefeitura afirmou, em nota, que todo o hospital tinha sido fechado. Entretanto, a assessoria de comunicação de Ribeirão das Neves voltou atrás e disse que, na verdade, apenas o terceiro andar foi fechado. 

Contudo, o Corpo de Bombeiros está no hospital na noite desta terça para fazer uma vistoria mais detalhada do prédio. A prefeitura ressaltou que se novos problemas forem constatados, os bombeiros e a Defesa Civil de Ribeirão das Neves podem decidir pelo fechamento completo da unidade nesta quarta-feira (6).

Segundo a prefeitura, o prédio foi destelhado em vários locais provocando alagamento em todas enfermarias, no setor de raios x e outros ambientes. Novos pacientes que chegam ao hospital são encaminhados para a UPA Justinópolis ou outras unidades médicas da região metropolitana de Belo Horizonte.

Devido aos estragos provocados pelos temporais na cidade, o governo federal reconheceu a situação de emergência do município. Com isso será possível a liberação de verbas para a realização de ações de assistência e reconstrução das áreas danificadas.

Atualizada às 21h44

O que achou deste artigo?
Fechar

CHUVA

Destelhado e alagado, hospital de Neves é interditado parcialmente
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (4)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter