Recuperar Senha
Fechar
Entrar

PROBLEMA

Fifa intima Cruzeiro por dívida com Huracán; empresário fala em saída

Entidade máxima do futebol cobrou que a Raposa pague os R$ 4,5 milhões que deve ao clube argentino por 50% dos direitos econômicos do centroavante

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Ábila
Ábila fala em deixar o Cruzeiro no meio do ano para clube pagar dívida ao Huracán
PUBLICADO EM 20/04/17 - 14h43

O imbróglio envolvendo Cruzeiro, Ramón Ábila e Huracán ganhou novo capítulo nesta quinta-feira. A Fifa intimou a diretoria da Raposa de forma oficial. Os documentos da cobrança da instituição foram revelados pela direção do clube argentino.

"A Fifa intimou ao Cruzeiro por falta de pagamento ao Huracán pelos direitos econômicos de Ramón Ábila", escreveu o Huracán no Twitter.

Na intimação, a Fifa afirma que o Cruzeiro precisa pagar o valor devido ao Huracán pela compra dos 50% dos direitos econômicos de Ábila, no meio da temporada passada. Caso o pagamento não ocorra, o clube celeste poderá ser punido.

 

O Cruzeiro deve mais de R$ 4.5 milhões ao Huracán pela aquisição dos 50% dos direitos econômicos de Ábila, contratado na temporada passada.

A compra do centroavante custou mais de R$ 12 milhões, o clube celeste pagou até então pouco mais de R$ 7.5 milhões. O restante, segue atrasado há mais de seis meses.

O empresário do atacante, hoje reserva no Cruzeiro, afirmou, em entrevista à Rádio La Red, que Ábila poderá ser negociado pela Raposa no meio da temporada, na abertura da janela de transferência internacional. "Ábila pretende ser vendido em junho para que o Cruzeiro pague a dívida ao Huracán", afirmou Adrián Ruocco.

Procurado pela reportagem, o Cruzeiro disse que fará a sua defesa na Fifa. "O Cruzeiro encaminhou proposta de refinanciamento do valor, estávamos aguardando resposta do Huracán, eles não nos responderam e hoje recebemos esta notícia da ação da Fifa. Cabe agora ao Cruzeiro fazer a sua defesa. Mas é um processo demorado, que normalmente demora muitos anos para se ter uma resposta. Mas se eles optaram por este caminho, o Cruzeiro vai se defender", disse o diretor de comunicação Guilherme Mendes.

O que achou deste artigo?
Fechar

PROBLEMA

Fifa intima Cruzeiro por dívida com Huracán; empresário fala em saída
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (4)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter