Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Custo de vida

Inflação na Grande BH fecha 2016 em 6,6%, acima da média nacional

Os produtos com maiores variações ao longo do ano passado foram feijão carioca (50,05%), banana prata (46,23%) e fubá (32,57%)

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
FEIJAO
Ao longo do ano o quilo do feijão aproximou-se de dois dígitos
PUBLICADO EM 11/01/17 - 16h26

A inflação na Grande BH superou o valor apurado nacionalmente, segundo o IBGE. Na região metropolitana de Belo Horizonte, o Índice de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) medido entre janeiro e dezembro de 2016 foi de 6,6%, enquanto o indicador brasileiro foi de 6,29%. O teto da meta do Banco Central é de 6,5%.

O indicador da Grande BH é o sétimo maior entre as 13 regiões pesquisadas, a frente de Curitiba (4,43%), Vitória (5,11%), Goiânia (5,25%), Brasília (5,62%), São Paulo (6,13%) e Rio de Janeiro (6,33%). Em 2015, o IPCA da Grande BH foi de 9,22%.

O grupo com variação de preços mais elevada no ano passado na RMBH foi saúde e cuidados pessoais (10,75%), seguido por alimentação e bebidas (9,69%) e educação (9,66%).

Em um ano, o feijão carioca acumulou alta de 50,05%. A lista de maiores variações por produtos tem ainda a banana prata (46,23%), fubá de milho (32,57%) e laranja (31,26%).

O que achou deste artigo?
Fechar

Custo de vida

Inflação na Grande BH fecha 2016 em 6,6%, acima da média nacional
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter