Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Panelaço

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 26/06/11 - 20h31

RISCO DE DENGUE
Estou com um problema na  rua José do Nascimento, no bairro São Benedito, em Santa Luzia. A prefeitura vive pedindo para não deixarmos água parada e lixo espalhado por causa da dengue, mas o próprio órgão não faz sua parte. Vocês têm que ver a quantidade de lixo e água parada nessa rua em frente ao número 372. Já cansei de reclamar junto à prefeitura e nada. Quero providências.

Ricardo Gabrich

RESPOSTA
A Prefeitura de Santa Luzia foi contatada pelo Jornal Super Notícia, mas não respondeu ao questionamento do leitor.

SEM ÁGUA NO LOTE
Tenho um lote na rua Oslo, nº 75, no bairro Trevo, em Belo Horizonte. Depois de fixar o  número 75, que me foi concedido pela prefeitura, após atender todas as exigências, entrei em contato com a Copasa solicitando uma nova ligação de água em meu lote. Para minha surpresa, tive meu pedido recusado porque alegaram que na rua já havia uma ligação no número 75. Meu pedido foi recusado por falha e irresponsabilidade da Copasa que fez uma ligação na casa de minha vizinha usando o meu número. Preciso que a água seja ligada urgentemente, porque tenho que construir o muro em meu lote, caso contrário serei multada pelo Superintendência de Limpeza Urbana (SLU) por não atender a solicitação de fazer o muro. Como cliente da Copasa vi meus direitos de consumidora serem desrespeitados, e estou sendo prejudicada por um erro da empresa. Segundo o atendente, tenho que aguardar uma vistoria no endereço, uma alteração no cadastro da minha vizinha e só depois disso terei que refazer meu pedido. Estou indignada com o atendimento, a empresa está me sacrificando por erro que ela mesmo cometeu.

Italúcia Oliveira

RESPOSTA
A Copasa foi contactada pelo Jornal Super Notícia, mas não respondeu ao questionamento da leitora.


IPTU
Tomei um susto ao receber o IPTU da minha residência, localizada em Nova Serrana, no Centro-Oeste de Minas Gerais. Agora a prefeitura está cobrando no IPTU R$ 10 de imposto pelo poste de iluminação pública. Já pagamos mensalmente a taxa de iluminação embutida na conta de energia e agora temos que pagar mais imposto pelo poste? No meu caso, onde moro, na avenida Espírito Santo, no bairro Planalto, é de mão dupla e possui um canteiro central, o que faz com que o poste de energia fique longe da minha casa e não ilumine direito. O mais interessante é que a prefeitura informou que a cobrança é legal. Mas como? IPTU é Imposto Predial e Territorial Urbano, poste de energia agora se enquadra nessa categoria? Infraestrutura, educação, saneamento básico de qualidade a cidade não tem, mas fazer cobranças mirabolantes dos cidadãos ela sabe. Se usassem esse dinheiro do IPTU para fazer algo bom, como por exemplo, acabar com o lixão, que fica em uma região de mata e nascentes, e fazer um aterro sanitário.

Ana

RESPOSTA
A Prefeitura de Nova Serrana foi contatada pelo Jornal Super Notícia, mas não respondeu ao questionamento da leitora.

O que achou deste artigo?
Fechar

Panelaço
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter