Recuperar Senha
Fechar
Entrar

MOEDAS ENTERRADAS

Tesouro no quintal

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Fonte Normal
PUBLICADO EM 19/10/10 - 00h23

Um operador de máquinas estava cavando o quintal de casa quando encontrou um tesouro. A história aconteceu com um morador de Campo Grande, no Mato Grosso do Sul. César Assis pensou que havia encontrado uma fortuna. "Nós achamos que estávamos ricos", disse César.

O operador de empilhadeira achou as moedas quando capinava o mato no quintal, nos fundos de casa. O primo ajudou a desenterrar. "Achamos um tambor de cabeça para baixo quase partido. Estava cheio de moedas", conta Elizeu Santana, comerciante.

O achado atraiu a atenção de colecionadores. São 8.352 moedas em reis, cruzado, cruzeiros. O valor é histórico. Economicamente, as moedas não valem nada, já que saíram de circulação.

Inglaterra
Um caçador de tesouros inglês chamado Dave Crisp viveu uma história parecida, mas pode lucrar com o fato. Ele encontrou 52,5 mil moedas do Império Romano avaliadas em R$ 8,9 milhões.

Em entrevista à rede de televisão "BBC", Crisp disse que levou um detector de metais para um campo no Sudoeste da Inglaterra e começou a vasculhar a área. Num certo momento, o aparelho começou a apitar, o caçador cavou o local e as moedas foram emergindo. Ele cavou mais um pouco e descobriu um grande jarro de 160 kg, enterrado a 30 cm de profundidade. Crisp buscou especialistas em arqueologia para terminarem as escavações.

Instituições interessadas em comprar o tesouro poderão fazer suas ofertas às autoridades inglesas.

O que achou deste artigo?
Fechar

MOEDAS ENTERRADAS

Tesouro no quintal
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter