Recuperar Senha
Fechar
Entrar

CAMPEONATO MINEIRO

Atlético é mais eficiente, vence Uberlândia e garante classificação

Gols de Ricardo Oliveira e Luan colocam o Galo em terceiro na tabela, garantindo o clube no mata-mata do Estadual

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
38889000620_b2a9b808b8_k.jpg
Atlético venceu o Uberlândia por 2 a 0
PUBLICADO EM 08/03/18 - 21h13

O Atlético encontrou dificuldades, levou alguns sustos, mas conseguiu vencer e se classificar, com uma rodada de antecedência, para a fase final do Campeonato Mineiro. Com gols de Ricardo Oliveira e Luan, o Galo derrotou o Uberlândia por 2 a 0, na noite desta quinta-feira, no Parque do Sabiá, pela penúltima rodada da primeira fase do Estadual.

O resultado coloca o alvinegro na terceira posição, com 15 pontos, local máximo que o clube pode alcançar na tabela. Mesmo que vença o Tombense, na última rodada, no Independência, o clube já tem a sua pior campanha desde que o torneio ganhou o formato atual, em 2004.

Já o Uberlândia, que teve um gol mal anulado quando o jogo estava 0 a 0, permanece na lanterna, com nove pontos. Além de vencer a Caldense, fora de casa, na última rodada, precisa torcer contra os rivais para se salvar da degola.

O JOGO. O Atlético começou com uma blitz: marcação alta e pressão na saída de bola dos donos da casa. O time tocava a bola, buscava as triangulações, mas encontrava poucos espaços ou pecava no último passe. Quando tinha a bola, o Uberlândia não tinha pressa, saía com mais cautela para não dar o contra-ataque ao rival. A estratégia funcionou e a equipe do Triângulo só não saiu à frente do placar por conta de um erro de arbitragem. Aos 09 min, Daniel Pereira, livre na pequena área, marcou de cabeça, mas o assistente assinalou o impedimento de forma errada. O volante estava em posição legal.

A partir de então, o duelo seguiu o mesmo roteiro: o alvinegro com a posse de bola e com dificuldades para encontrar os espaços. Já o alviverde seguia bem postado na defesa e sem se expor quando tinha a bola. Nas duas vezes em que o Galo conseguiu levar perigo para a meta rival, eles pararam no goleiro Roni. Aos 21 min, Elias entrou na área e soltou uma bomba, mas o arqueiro espalmou. Aos 35 min, ele fez duas defesas seguidas. Primeiro, defendeu com as pernas um chute de Erik. No rebote, saiu nos pés de Fábio Santos e segurou firme, salvando o Periquito e mantendo a igualdade no placar.

Na saída para o intervalo, o atacante Ricardo Oliveira disse que seguiria saindo da área para abrir espaço para os atleticanos que viessem de trás, já que o alviverde estava muito fechado. E em uma de suas primeiras movimentações no segundo tempo, ele conseguiu dominar, virou o corpo e não perdoou. De fora da área, o camisa nove soltou uma bomba e abriu o placar para o Atlético.

O Uberlândia quase empatou em um vacilo do zagueiro Gabriel, que chutou em cima de Ricardinho. A bola sobrou para o camisa 10 do time da casa, ele invadiu a área e chutou na rede pelo lado de fora. Com o gol alvinegro, o Periquito saiu para o jogo e passou a dar mais espaços na defesa.

Com jogadores rápidos no ataque, o Galo passou a jogar melhor, saindo sempre com velocidade nos contra-ataques e levando muito perigo. Aos 19 min, Luan, que entrou no lugar de Róger Guedes, recebeu um belo passe de Cazares e chutou na saída de Roni, que pegou com o pé direito.

Depois de Ricardo Oliveira e Tomás Andrade desperdiçarem grandes chances, Luan não perdoou. Ele pegou o rebote do goleiro e garantiu o resultado para a equipe atleticana. 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

CAMPEONATO MINEIRO

Atlético é mais eficiente, vence Uberlândia e garante classificação
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (5)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter