Recuperar Senha
Fechar
Entrar

SOFRIDO!

Com gol de Ricardo Oliveira, Galo vence URT, no apagar da luzes

Atlético marca aos 45 min do segundo tempo e garante vitória magra, por 1 a 0, em Patos de Minas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
galo
PUBLICADO EM 04/02/18 - 21h27

Líder, invicto e com 100% de aproveitamento. Era essa a campanha que o torcedor do Galo esperava de seu time, passadas cinco rodadas de Campeonato Mineiro. A realidade, no entanto, é outra. A equipe aparece atrás dos rivais Cruzeiro e América, na terceira posição. E ainda pode ser considerado lucro. Se não fosse o passe açucarado de Otero e o primeiro gol de Ricardo Oliveira com a camisa preta e branca, o da vitória por 1 a 0 sobre a URT, neste domingo, aos 45 min do segundo tempo, no Zama Maciel, a situação beiraria o pífio.

Até os 44 min da etapa final, a equipe alvinegra ocupava o oitavo lugar, com seis pontos. Só que, ao balançar as redes do adversário no minuto seguinte, o atacante da camisa 9 tirou o Atlético do sufoco e da parte debaixo da tabela e o colocou no terceiro posto da classificação, com oito pontos.

Após a partida, o avante destacava a alegria de seu primeiro gol pelo alvinegro, depois de passar em branco diante de Democrata-GV e Patrocinense.

“No lance do gol, o Otero fez um passe perfeito. Sensação também de alívio. Terceiro jogo meu aqui. Como centroavante, a gente se sente na obrigação de marcar. Agradeço a Deus pelo gol, mas ressalto o trabalho coletivo. Agora é pensar no jogo de quarta-feira”, ressaltou Ricardo Oliveira, referindo-se também ao próximo duelo do Galo, com o Atlético-AC, na quarta-feira, na Arena da Floresta, em Rio Branco, pela primeira fase da Copa do Brasil.

“Temos que ser bastante inteligentes, certamente vamos enfrentar dificuldades lá (no Acre). Já falei que time vai dar liga. É só o terceiro jogo juntos (com o time titular). Hoje, conseguimos vencer em um jogo difícil”, completou.

O jogo. Para quem esperava um Atlético ofensivo e criando várias possibilidades de gol, viu uma equipe com extrema dificuldade no ataque e também no combate no primeiro tempo. A URT, porém, não conseguiu converter nenhuma das chances que teve.

Na segunda etapa, os entraves continuaram, até as entradas de Luan e Marco Túlio nos lugares de, respectivamente Cazares e Róger Guedes. Foi quando o alvinegro melhorou. Mas foi Ricardo Oliveira, depois da assistência de Otero, quem definiu o jogo: 1 a 0 para o Galo, que segue em débito com a Massa.

O que achou deste artigo?
Fechar

SOFRIDO!

Com gol de Ricardo Oliveira, Galo vence URT, no apagar da luzes
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (6)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter