Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Espaço aberto

Momento de pressão faz disputa por posições crescer no Atlético

Jogadores revelam necessidade do time tomar nova atitude para fazer torcedores estarem ao lado do clube novamente

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
samuel xavier lateral atletico
Samuel Xavier não começou bem a temporada na Cidade do Galo
PUBLICADO EM 12/02/18 - 16h55

 

O começo de temporada turbulento que o Atlético atravessa faz a pressão crescer, a cada rodada, não só coletivamente. Com o time ocupando somente a quarta posição no Campeonato Mineiro, com duas vitórias em seis jogos, aumenta as chances de que rodagens no elenco aconteçam, assim como a briga por posições. Na derrota em casa para a Caldense, no sábado, cinco novidades foram vistas no time. Uma delas apareceu na lateral-direita, posição na qual os torcedores nunca tiveram dúvidas sobre o dono da posição, quando Marcos Rocha era parte integrante do elenco.

Com sua saída, Samuel Xavier, contratado junto ao Sport (PE), foi o titular nas primeiras rodadas de 2018. Como samuel não conseguiu mostrar serviço nas oportunidades, uma chance apareceu para Carlos César, um dos dois que estavam na fila - a outra opção, Patric, nem chegou a ser relacionado na última rodada.

Fazendo apenas seu primeiro jogo como titular na temporada, Carlos César não teve uma tarde final, assim como todo time. A disputa pela posição promete ser acirrada em um futuro próximo e uma indefinição deve aparecer na hora de escalar o lateral-direito que começará o jogo contra o América, no domingo. "Temos que mostrar algo além do que estamos apresentando. Começamos bem o jogo, controlando a partida e disputando as bolas, mas caímos e precisamos de uma outra atitude", comenta Carlos César, que espera ter novas oportunidades em busca de uma sequência, algo importante para qualquer jogador. 

Para ele, a falta de confiança que aparece nas arquibancadas é uma das prioridades para um novo cenário. "Queremos que o torcedor volte a ter aquele brilho nos olhos quando vê o Atlético jogar. Podemos não conquistar tudo, mas temos que mostrar uma outra atitude para conseguir os resultados e tirar esse momento ruim que vivemos com a torcida. A cada treino será uma importante de dar um passo para mudarmos tudo em campo. Temos que assumir a responsabilidade e trabalhar bem. Acredito que podemos entrar muito diferente e fazer a torcida ver um outro time em ação", analisa.

Dúvida. Enquanto o novo treinador não é conhecido, os jogadores precisam ter a mesma paciência da torcida para que um comandante chegue para tentar mudar o panorama. "Demissões sempre são ruim, fica essa indefinição e temos que saber lidar com essa pressão. O time tem jogadores experientes, o jeito é trabalhar em cima disso", comenta Samuel Xavier, que espera um outro cenário em breve. "Quando as vitórias apareceram, a confiança estará retomada e a torcida voltará a estar do nosso lado. Vamos em busca disso. A pressão aparece quando não se vence, queremos novas vitórias para dar uma melhor continuidade no trabalho", projeta o defensor. 

O que achou deste artigo?
Fechar

Espaço aberto

Momento de pressão faz disputa por posições crescer no Atlético
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (4)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter