Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Cruzeiro

Confira trechos da entrevista com o presidente eleito Wágner Pires

Dirigente confirmou a venda do lateral Diogo Barbosa para o Palmeiras

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
DSC_5025.jpg
ESPORTES . BELO HORIZONTE , MG SUPER 91,7O presidente eleito do Cruzeiro , Wagner Pires , nos estudios do Jornal O Tempo
PUBLICADO EM 14/11/17 - 21h32

Presidente eleito do Cruzeiro para os próximos três anos, Wagner Pires de Sá concedeu uma entrevista exclusiva à Rádio Super Notícia na noite desta terça-feira (14), quando confirmou em primeira mão a venda do lateral-esquerdo Diogo Barbosa ao Palmeiras por seis milhões de euros. De acordo com o novo mandatário, que só tomará posse no dia primeiro de janeiro de 2018, a decisão, que desagradou bastante a torcida cruzeirense, é exclusiva do presidente em exercício Gilvan de Pinho Tavares. O dirigente confirmou também que está negociando com dois jogadores argentinos, mas evitou falar nomes para não atrapalhar as investigações.

Confira os principais trechos da entrevista de Wagner Pires de Sá

Venda de Diogo Barbosa

Desde o início, a primeira medida foi preservar o elenco do Cruzeiro, considerado um dos melhores do país. Fechamos com o maestro dessa orquestra que é o técnico Mano Menezes e contratamos o Marcelo Djian, conhecido mundialmente, além de manter a nossa equipe técnica e todo nosso elenco. Infelizmente estamos perdendo jogador que é importante no cenário brasileiro e para o Cruzeiro. Tentamos uma engenharia para manter o Diogo e trazer novos jogadores. A gente tinha conversado com investidores, mas a presidência ainda permanece com o Dr. Gilvan até o fim de dezembro. A caneta está com ele, ele deve ter recebido alguma boa proposta e fez o negócio. A inflação está corroendo o mercado esportivo. Acredito que o Dr. Gilvan, pelo momento crítico, tenha optado pela venda.

A prosta

Tivemos uma primeira proposta que era de quatro milhões e meio de euros. A gente conversou durante a tarde e ia conversar sobre isso para exercer nossa opção de comprar mais 25 % dos direitos do jogador e ficou nisso. Ele (Gilvan) fez a opção de vender e parece que vendeu por 6 milhões de euros. A gente devia umas três prestações que entraram na negociação. Infelizmente não podemos falar que ficamos satisfeitos porque nossa equipe técnica queria a permanência dele e vai sentir muito a falta desse grande jogador que é o Diogo Barbosa.

Traído por Gilvan?

Tivemos a conversa na hora do almoço e falamos sobre esse problema. Ele disse que estava estudando a possibilidade de melhorar a proposta. Colocamos a ele que tínhamos condição de poder cobrir a proposta para ele ficar. Ele fez a opção de vendê-lo. Ele tem os problemas dele e acha que os recursos vão melhorar a situação do Cruzeiro. A nossa gestão ficou triste, um pouco decepcionados talvez.

Relação com Gilvan

Temos características diferentes. Eles me apoiaram e me deram a mão, mas não me abriram totalmente o clube. O Gilvan disse que as coisas importantes nós já estamos tomando conta. Coisa importante para mim é ganhar jogos e títulos. Onde eu pude tomar conta, que era a situação do maestro e os que vão comandar o futebol em 2018 eu tomei. Foi a única decisão positiva que eu tomei. Ainda não entrei na área administrativa e financeira. Ainda não pude entrar dentro da gestão do clube. Ele me deu a abertura de ir à Toca tratar de coisas que considero importantes. Consegui manter a base do nosso elenco com o maestro e com toda a comissão técnica que vão levar esse clube a ganhar a Libertadores e o Mundial, que é o único troféu que o Cruzeiro ainda não tem. Hoje ele tomou uma decisão que foi dele. Me deixou triste é o que eu posso falar.

Desmanche

A primeira coisa que falamos era preservar nossos atletas, nosso plantel, que é excelente porque temos longa caminhada em 2018. Não acredito que o Dr. Gilvan que tem poder de negociar até 31 de dezembro vá fazer um desmanche. Ele deve ter feito para saldar alguma dívida e por isso fez a opção por vender o Diogo Barbosa e assim o fez. Era um contrato complexo, parecia um tabuleiro de xadrez, com muitas cláusulas. De uma certa forma ele preferiu vender o Diogo Barbosa e acho que ele não vai fazer outras vendas sem nos consultar. Hoje dissemos a ele que a gente teria condições de manter o Diogo Barbosa, mas cada um tem que pensar nas preocupações do dia a dia. A gente poderia perder até 300 mil euros em uma venda futura e talvez por isso ele optou por vender. Dr Gilvan é um homem muito sério. Deve ter posto na balança e teve que vender.

Reverter a venda de Diogo Barbosa

Um escritor cubano disse que aprendeu com um índio que na vida nada é impossível.

Plano B

Futebol você tem que ter plano B, C, D, e F. Como conversamos antes, eu preferia dar uma boa notícia um pouco mais adiante quando nós estivermos na mão os contratos mais firmes e assinados. Só de falar um nome que a gente gostou o preço sobe. Então tenho que falar mal de jogador para o preço cair.

Investimentos em reforços em tempos de crise

Como administrador e empresário, nós temos uma meta de equilibrar as finanças do Cruzeiro a partir do ano que vem. Vamos captar recursos fora do futebol, contratamos o Marco Antônio Lage. Temos problemas para captar recursos extra para o futebol, temos que usar imaginação e procurar parceiros investidores, temos diversos que já que estamos conversando “namorando”. Os recursos que vamos captar para fazer um grande clube e para trazer reforços pontuais já estamos encaminhando junto com investidores. O torcedor pode ficar tranquilo que vem coisa boa por aí.

Barcos e Ricardo Oliveira

Esses nomes eu sou humilde demais para falar que eu vou decidir sozinho. Tudo entra num contexto junto com a comissão técnica, com o técnico. De forma nenhuma eu vou decidir centralizando as negociações. O Itair Machado é nosso vice-presidente de futebol. Ele vai participar de tudo isso com a comissão técnica.

Sonho

Eu vou te falar a verdade. Temos bons jogadores inclusive na base. O Raniel é um bom jogador. Gosto do Henrique Dourado, gosto do Lucas Pratto, gosto muito de dois jogadores argentinos que estamos conversando. O leque é grande. O Ricardo Goulart, o Marcelo Moreno, o Fred jogou muito bem aqui. O maior sonho mesmo que eu tenho foi o Tostão.

Ações na Fifa

Qualquer dívida atrapalha qualquer gestão. Cabe a nós que vamos administrar o Cruzeiro tentar sanar essa dívida. Minha missão é sanar a dívida do Cruzeiro, independentemente de quem a fez. Vou procurar recursos aonde for para o Cruzeiro sair dessa dificuldade. Temos projetos para captar recursos fora do futebol. Se conseguirmos esses recursos podemos negociar essas dívidas. Acredito muito na minha capacidade como gestor. Aumentar receita e diminuir despesa. Isso é básico.

Reta final de temporada

O próprio Mano já deu várias entrevistas falando do empenho do time mesmo após o título da Copa do Brasil. O time está ligando, parece ser uma grande família. Todo mundo dando a mão para melhorar a posição do Cruzeiro. O Mano já disse que o Cruzeiro não está desmaiado. O empenho está tranquilo. Todos os jogadores estão motivamos. Cada posição que nos tomarmos teremos melhor remuneração, os jogadores sabem disso.

Relação com Zeze Perrela, presidente do conselho deliberativo

Nós no Cruzeiro sempre nos unimos, sentamos nos mesmos lugares, o Cruzeiro é uma grande família. Como presidente eleito, tentei fazer uma campanha para nos mantermos unidos. Meu relacionamento com o Zeze Perrella será proveitoso. Se ele puder nos ajudar vou aceitar o que ele puder fazer, dentro dos limites do executivo e legislativo, assim dizendo. Temos amizade grande. Vai ser bom convívio.

Estádio próprio

O América tem o seu estádio, o Atlético vai construir o seu. O Mineirão sempre foi o estádio do Cruzeiro. Momentaneamente pode ter havido alguns desacertos com a atual gestão do estádio, mas vamos conversar porque eles são nossos parceiros. Vou procurar a Minas Arena porque temos planos para que o Mineirão seja como sempre foi a Toca III. Lá ganhamos nossos maiores títulos. O Mineirão é nosso estádio. Não temos que procurar chifre na cabeça de cavalo. Temos que nos unir.

Reforços para 2018

A torcida do Cruzeiro pode ficar tranquila que vai receber boas notícias até o Papai Noel chegar. Os reforços são pontuais, um lateral. Agora vamos precisar de mais um lateral-direito e um homem de área. O Mano é um homem muito ponderado. Se ele pedir naturalmente nós vamos conseguir.

O que achou deste artigo?
Fechar

Cruzeiro

Confira trechos da entrevista com o presidente eleito Wágner Pires
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter