Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Todos atrás

Cruzeiro pega Democrata para se isolar na ponta do Estadual

Equipe terá novidades no jogo da noite desta sexta-feira marcado para o interior mineiro; sequência reserva breve folga nos trabalhos

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
cruzeiro treino
Time celeste segue os trabalhos em preparação para o duelo com o Campinense
PUBLICADO EM 09/02/18 - 13h24

O bloco do Cruzeiro chega a Valadares pronto para manter a liderança absoluta do Campeonato Mineiro. A sexta-feira é véspera de carnaval, mas para os atletas da Raposa, a folia pode esperar um pouco. "Nós somos profissionais e devemos cumprir com o nosso dever", disse o zagueiro Digão, que é um dos cotados para iniciar o duelo com o Democrata-GV hoje, às 21h30, no estádio José Mammoud Abbas, pela sexta rodada do Estadual. 

Digão disputa vaga com Manoel, mas o time já possui ao menos a certeza da entrada do lateral-esquerdo Marcelo Hermes na vaga de Egídio. O jogador, de 23 anos, é um dos únicos reforços que ainda não fez a sua estreia na temporada ao lado do atacante David, que ainda se recupera de uma lesão muscular. E se depender da vontade de Hermes, Mano pode ficar tranquilo. O nível apresentado por Egídio no setor não vai cair.

"Eu vim aqui para acrescentar, para ajudar o Cruzeiro, vai ser uma briga sadia como toda a disputa por posição está sendo. Falei que eu vou dar uma dor de cabeça para o Mano e quando tiver uma oportunidade vou demonstrar da melhor maneira possível isso. Quero fazer de tudo para ser essa dor de cabeça", analisou o lateral-esquerdo.

Hermes não estará sozinho neste rodízio proposto por Mano. O argentino Mancuello, que entrou por pouco mais de cinco minutos contra o América, deve fazer sua primeira aparição entre os 11 titulares, justamente na vaga do compatriota Ariel Cabral.

Independentemente de quem entre em campo, a responsabilidade de representar a camisa estrelada em um dia atípico para o futebol é grande, ainda mais em condições adversas como as esperadas no Mamudão, em Valadares. O campo acanhado, o gramado, e o clima abafado de Valadares estão na lista de superações. Mas os jogadores não querem usar nada disso como desculpa.

"A gente pegou jogos difíceis fora de casa contra a Caldense e o Tombense. Jogar no interior é sempre complicado, gramado, início de pré-temporada, mas a gente quer ir para lá para continuar nossa sequência de jogos com vitórias", destaca Marcelo Hermes.

E claro, com a vitória na mala, é só partir para a folia. Aquela folga merecida antes de retomar a sequência puxada da temporada. "Muitos torcedores estarão 'fantasiados' no carnaval com a camisa do Cruzeiro. Com a gente é igual, vamos fazer nosso trabalho da melhor maneira possível, 'fantasiados' com esse manto maravilhoso. E depois, sim, teremos dois ou três dias de folga, aí dá para curtir com a família e quem quiser viajar vai", encerra o lateral-direito Edilson.

RETROSPECTO

Este será o jogo de número 60 entre Democrata-GV e Cruzeiro na história. Nas 59 partidas disputadas até o momento, o Cruzeiro venceu 39 jogos, enquanto a Pantera venceu em seis oportunidades. Outros 15 duelos terminaram empatados. A Raposa marcou 126 vezes, enquanto o time de Valadares fez 39 gols.

Em Valadares, os times se enfrentaram 34 vezes. Mesmo na cidade do Vale do Aço, foram 20 vitórias do Cruzeiro, nove empates e cinco triunfos do time da casa.

O que achou deste artigo?
Fechar

Todos atrás

Cruzeiro pega Democrata para se isolar na ponta do Estadual
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter