Recuperar Senha
Fechar
Entrar

AS SASSARRADAS

Sassá: um jogador folclórico 'censurado' pela nova ordem do futebol

Risos e o jeito descontraído são típicos daquele jogador folclórico, que parece ter vindo de um passado “romântico” do futebol, e de personalidade forte

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Sassá
Sassá está afastado dos treinos na Toca da Raposa II por causa de uma cirurgia no joelho direito, realizada no último sábado
PUBLICADO EM 17/07/17 - 11h45

“Já tinham se passado cinco jogos e nem susto eu estava dando”. Os risos e o jeito descontraído de Sassá, após marcar o primeiro gol pelo Cruzeiro, são típicos daquele jogador folclórico, que parece ter vindo de um passado “romântico” do futebol, e de personalidade forte. Mas numa época “politicamente correta” do esporte, o atacante vem tendo “limada” essa faceta.

Nesta segunda-feira, na Toca II, o avante foi questionado sobre as diferenças entre Jair Ventura, seu treinador dos tempos de Botafogo, e Mano Menezes. A resposta não trouxe a sinceridade de outrora. Muito pelo contrário. A fim de evitar polêmicas, ele preferiu não falar muito a respeito do técnico que o afastou duas vezes no primeiro semestre do ano no Fogão.

“Não vou falar o que quero, se não vai dar trabalho. Tá doido!”, afirmou ele, em meio a risos.

“Trabalhei com o Jair desde a base do Botafogo. Aqui no Cruzeiro é outra história, o Mano tem muito mais bagagem. Vou aprender bastante e espero crescer aqui. Mas não é isso que quero falar, não”, completou.

A “censura” imposta a esse tipo de atleta atingiu também suas redes sociais. “O futebol está chato. Eu sou a prova viva disso. A gente não pode postar nada em rede social, não pode brincar com time adversário. Estou até evitando de postar no Instagram, venho sendo bastante xingado”, afirmou ele, mantendo um sorriso estampado no rosto.

“Eu gosto de brincar, futebol é alegria e brincadeira. Mas agora tem que ser politicamente correto”, completou.

Mesmo assim, ele promete manifestar sua alegria e sua irreverência com muitas “sassarradas no ar”, sua tradicional comemoração, como se deu diante do Flamengo nesse domingo (16).

“Estou ambientado no Cruzeiro e feliz de jogar em um grande time com jogadores de verdade como Thiago Neves e Sóbis. Eu fico brincando com o Neves que ele é de verdade, jogador que não engana”, declarou.

O que achou deste artigo?
Fechar

AS SASSARRADAS

Sassá: um jogador folclórico 'censurado' pela nova ordem do futebol
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter