Recuperar Senha
Fechar
Entrar

PROVOCOU

Edilson diz na chegada: 'saí do maior do Sul para o maior de Minas'

Lateral-direito, que disse estar motivado para ser campeão com a camisa do Cruzeiro, foi apresentado nesta sexta-feira na Toca da Raposa

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Edilson foi apresentado como reforço do Cruzeiro nesta sexta-feira
PUBLICADO EM 12/01/18 - 17h38

O lateral-direito Edilson foi apresentado oficialmente na tarde desta sexta-feira na Toca da Raposa II. Jogador, campeão da Libertadores com o Grêmio, ele chega para ser a solução no setor, que na última temporada foi ocupado por Ezequiel e Romero, o último improvisado, além de Lennon, que sofreu com críticas. Atleta com um histórico vencedor no Tricolor, o jogador comentou o que pode agregar para que a história se repita no Cruzeiro. Em 2016, o Grêmio conquistou a Copa do Brasil e faturou no ano seguinte a Libertadores. A Raposa, com o ex-gremista, pode trilhar o mesmo destino. Por Edilson, o Cruzeiro repassou Alisson e 30% dos direitos econômicos do atleta ao Grêmio. Na Raposa, ele fechou um vínculo por três temporadas.

"Queria agradecer ao presidente o Grêmio, ao Renato (Gaúcho), ao Guerra, que me levou para lá. Tive títulos importantes e ganhei o carinho da torcida. Mas vim para o Cruzeiro por vários motivos. A vontade do Mano, do presidente, do Marcelo, do Itair. Poderia me estacionar nos títulos que conquistei lá, mas preferi vir para cá em função do desafio de estar num grande clube, pelas contratações que estão fazendo, pela base mantida. Tenho certeza que vou brigar por títulos e serei feliz", afirmou o atleta, que também disse o que não pode faltar ao elenco celeste para conquistar as metas estipuladas para 2018.

"Torcida e time, é um barco só. Não tem essa de um correr um para cado lado. Destaco também o trabalho que está sendo feito pelo Mano. Ele pesou para que eu viesse para cá, assim como presidente (Wagner Pires de Sá), o Itair (vice-presidente de futebol), o Marcelo Djian (dirigente), eles que exercem a maior liderança do elenco. O Mano tem um caminho traçado para que possamos conquistar títulos, a presidência e a diretoria toda espera", declarou.

A torcida do Cruzeiro também foi bastante elogiada por Edilson, que se recordou principalmente dos fanáticos celestes na hora do hino nacional e o tradicional: 'a imagem do Cruzeiro resplandece' no Mineirão.

"Dos jogos contra, ano passado a gente jogou uma semifinal contra o Cruzeiro, na hora do hino nacional a massa cruzeirense começou a contar, foi bonito de ver. Histórias de títulos que o Cruzeiro possui. Sem sombra de dúvidas, saí do maior do Sul e estou vindo para o Maior de Minas. Estou feliz. Time muito vitorioso, com muitos títulos. O presidente, o Marcelo, Itair se esforçam ao máximo para aumentar a sala de troféus do clube, com títulos, isso que nos move", concluiu.

RÁPIDA PASSAGEM POR MINAS

Em 2005, Edilson passou por Minas, defendendo o Atlético em apenas cinco jogos. Daquela época para os dias atuais, o jogador celebrou seu amadurecimento. "Passei (pelo Atlético). Quando o cara é mais novo, nem pensa em ganhar títulos. Estou amadurecido. Hoje é diferente. Quero entrar para a história do clube com títulos", avaliou.

"Com uma certa idade, ficamos mais experientes e temos o desejo de conquistas. O que nos sustenta é o dinheiro que o clube nos paga. Mas o que nos move são os títulos que o clube conquista", disse Edilson.

SITUAÇÃO FÍSICA

"Essa semana a mais, entre aspas, foi mais que merecida, porque o jogador precisa descansar. Os campeonatos são longos. Quando vim fazer os exames tinha apenas 15 dias de férias, eles me liberaram mais uma semana para descansar. Além da parte física, esses campeonatos de mata-mata têm que ter muita parte mental. Temos que relaxar muito nas férias. Na negociação não estava conseguindo me concentrar, estava louco para vir. Agora estou tranquilo e espero jogar o mais rápido possível". 

O que achou deste artigo?
Fechar

PROVOCOU

Edilson diz na chegada: 'saí do maior do Sul para o maior de Minas'
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

comentários (1)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter