Recuperar Senha
Fechar
Entrar

FALA,PRESIDENTE!

Elenco, mercado e permanência na elite: Salum traça 2018 do Coelho

Dirigente concedeu entrevista coletiva à imprensa na manhã desta quarta-feira

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
ESPORTES - BELO HORIZONTE - MG . CAMPEONATO MINEIRO . AMERICA APRESENTA NOVO PRESIDENTE E REFORCOS PARA A NOVA TEMPORADA DO CAMPEONATO MINEIRO .  NA FOTO RAFAEL MOURA FAZ EXAMES NO CLUBE DO AMERICA .  FOTO MOISES SILVA / O TEMPO 2.1.2018
Marcus Salum teve participação efetiva nas conversas com jogadores durante a campanha da Série B
PUBLICADO EM 03/01/18 - 15h23

Presente na reapresentação dos jogadores do América nesta quarta-feira, no CT Lanna Drumond, o integrante do Conselho de Administração, Marcus Salum, concedeu entrevista coletiva à imprensa para falar do planejamento do clube para 2018. Veja abaixo os principais temas abordados com o dirigente:

MONTAGEM DO ELENCO

“Deste grupo que escolhemos, importante a torcida do América saber, o único jogador que nos preteriu e assinou com outro clube foi o Ernandes. Ele tinha acertado com a gente, acabou fazendo um leilão e foi para o Ceará. Os demais, todos renovaram. Fernando Leal, Norberto, Giovanni, David, Magrão, Renan Oliveira, Luan. O Ruy, que quer ficar, por força de contrato foi obrigado a voltar para o Coritiba. Mas, nós não desistimos dele ainda. Esta foi a base que nós montamos para o ano. O restante era contratar jogadores para as posições que nós tínhamos carência.

BASE CAMPEÃ

“Conseguimos manter uma base de um ano para o outro. Estamos falando de Messias e Rafael Lima na zaga, de dois laterais, de um goleiro, de dois volantes que foram muito bem. Estamos falando do Luan, da vinda do Rafael Moura. Nós temos um time cascudo. Trouxemos o Aylon, o Matheus Sales, o zagueiro que vai chegar (Matheus Ferraz) e está faltando pouco para o acerto. Se você acertar 60, 70% na contratação de jogadores, foi bem demais. Se você traz 12 jogadores, e se quatro não derem certo você foi muito bem. Esta é a regra do futebol. Manter a base é muito importante e essa cultura foi vencedora no América. No ano passado, eu vivi intensamente a relação com os jogadores e treinador. Conversei com atletas várias vezes, participei sessões de vídeo e nunca vi um grupo tão convicto da forma de jogar que o Enderson Moreira utilizava. A cultura de jogo foi absolvida. Se conseguirmos manter isto para esta temporada, teremos condições de atingir o patamar que nós queremos.

BUSCA NO MERCADO

“Temos um projeto de montar a equipe o mais rápido possível. Só que mercado tem variações. Nós trouxemos os jogadores necessários para formar a base e ainda temos necessidades em algumas posições. O que encontramos no mercado dentro da nossa possibilidade ainda não nos atende e estamos querendo esperar melhores condições de contratação. Mas, se o jogador aparecer, ele vai ser contratado imediatamente. Como princípio temos um elenco muito forte. Ele tem a base do ano passado, com alguns reforços pontuais nas posições que nós perdemos e com alguns jogadores que vão agregar em relação aos que saíram. Eu acho ainda que não temos a quantidade necessária de jogadores para temporada inteira, mas o mercado fechou e a gente trabalhou muito na véspera de Natal e virada de ano, conversando com todo mundo para que a gente pudesse montar este primeiro grupo que está aqui. O primeiro projeto era uma base de trabalho para o início do ano, e ao longo do primeiro semestre nós vamos completar o plantel. Não existe a mínima necessidade esperar acabar o Campeonato Mineiro para trazer novos reforços. O que existe e achar o jogador que nós queremos, disponível no mercado e em condições de contratar”

MANUTENÇÃO NA ELITE DO BRASILEIRO

“O maior anseio da torcida do América é a manutenção da equipe na Série A. Estou vendo as dificuldades dos outros clubes, estou vendo a nossa organização, os nossos projetos, a nossa união de diretoria e sinto o clube bem mais preparado para esta competição. Este é o nosso objetivo principal. Logicamente que o trabalho passa pelo Campeonato Mineiro e a Copa do Brasil, mas se você me perguntar qual o meu desejo principal, eu gostaria da manutenção na Série A.

RAFAEL MOURA

“Todo mundo sabe da identificação do Rafael Moura com o Atlético, da paixão de família, mas eu quero deixar bem claro que eu conversei pessoalmente com ele e disse que só queria que ele viesse se quisesse mesmo jogar no América e achar que isso seria importante para a sua carreira. Ele me disse que teve uma proposta melhor do que a que o América estava fazendo, mas que queria jogar aqui. A partir dai, nós começamos a trabalhar uma proposta para que ele viesse.  O Rafael Moura é um jogador experiente, assim como o Luan e o Bill, que disputaram campeonatos da Série A. Acho que eles vão dar um pouco mais de corpo para o elenco. Eu estou muito feliz com a contratação do Rafael Moura e acho que ele vai dar certo. Juntamente com os que já vieram e os que ainda vão vir, ele vai dar muitas alegrias para o América.

RETORNO À PRESIDÊNCIA

“No final do Campeonato Mineiro do ano passado houve uma reunião do Conselho e o presidente Alencar da Silveira Júnior falou que precisava de mim no futebol. Eu respondi que iria pensar. Naquele período, o Ricardo Drubscky (diretor de futebol) teve um problema de saúde e o Paulo Assis me falou que não daria tempo para pensar. Ali nós começamos um projeto que deu muito certo. A volta à presidência foi contingência, porque estamos formando novos dirigentes e temos grandes revelações aqui que vão nos ajudar a dirigir o clube. O coração é volúvel quando se fala em cuidar do futebol do América e acabei vencendo até os obstáculos profissionais e familiares para poder voltar. Estou muito feliz, porque temos muitos planos para o América. Vamos lançar projeto ainda este ano de uma reforma que pretendemos fazer no CT. Eu tenho um comichão para melhorar a estrutura do América e vamos fazer muita coisa boa, mas sem perder o olhar para o futebol. Futebol é a parte mais difícil, a parte mais nervosa do clube e vamos ver se a gente tem sucesso”

DIFERENÇA FINANCEIRA E DE ESTRUTURA NA SÉRIE A

“Eu não vou reclamar da diferença de dinheiro. Só registro. Um time igual América, Ceará, Paraná, Sport, Coritiba, Atlético-PR, Vitória, Bahia vai disputar em piores condições do que os outros. O campeonato da Série A para estes clubes é muito mais difícil. É complicado permanecer na Série A. O Sport, com a estrutura toda que tem, no ano passado não caiu na última rodada. Todo mundo vai falar, e a Chapecoense. A Chapecoense é um capítulo a parte. Uma cidade em torno de um clube. Foram competentes, tem que elogiar o trabalho. Eles conseguiram montar um bom time. Assim como grandes clubes que tinham uma cidade duraram muito tempo, como São Caetano e o Ipatinga aqui em Minas Gerais. A cidade em torno do clube facilita muito. Isso é bem diferente diferente de eu ser o terceiro clube da cidade. Eu tenho muito mais dificuldade. Sabemos que é difícil, mas eu estou com muita convicção de que vamos fazer um trabalho muito bom este ano”

ESTRUTURA DO AMÉRICA

“Ai precisamos elogiar todos os trabalhos anteriores. Eu encontrei uma estrutura administrativa bastante sólida. Os problemas de dinheiro são sempre os mesmos. Falta um pouco de dinheiro, a gente arrecada, mas o América é muito equilibrado. O clube paga em dia, faz as coisas dentro do normal, mas os recursos não cabem dentro do ano. Eu diria que a estrutura hoje é mais sólida”

SAÍDAS E CHEGADAS

“Saída e chega de jogadores são inevitáveis. A maioria dos jogadores que saíram atuava pouco. Quem jogava muito, está tudo ai. Então, isso mexe pouco com o grupo e a expectativa de alguns jogadores que estão chegando melhorar muito o astral do time. Logicamente não se ganha campeonato sem um grupo grande, precisamos reforçar o grupo é muito pesado. Este ano vantagem estar nas oitavas de final da Copa do Brasil e não temos aqueles dois, três jogos sai lá para cima do Brasil e acabamos saindo. Este ano já oitavas de final e vamos dar trabalho, pode escrever isso”

O que achou deste artigo?
Fechar

FALA,PRESIDENTE!

Elenco, mercado e permanência na elite: Salum traça 2018 do Coelho
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter