Recuperar Senha
Fechar
Entrar

FALTA UM MÊS

Se no Brasil foi sucesso, Copa das Confederações 2017 pode fracassar

Torneio preparatório para o Mundial do ano que vem enfrenta problemas que vão desde a falta de estrelas ao desinteresse do público

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Copa das Confederações
Fifa já colocou em pauta até mesmo o fim da Copa das Confederações
PUBLICADO EM 18/05/17 - 11h21

No próximo dia 17 de junho, a bola vai rolar na Rússia para o início da Copa das Confederações. O torneio preparatório para o Mundial do ano que vem convive com incertezas, principalmente quanto ao público e também em relação à qualidade técnica do evento, uma vez que as principais seleções - casos de Alemanha e Portugal - deverão levar times alternativos para o certame.

Torneio esvaziado

FOTO: Alex de Jesus – 15.6.2014
Joachim Löw
Joachim Löw vai colocar 'time B' na Copa das Confederações 

No caso da Alemanha, isto já é um fato. Nesta semana, o técnico Joachim Löw divulgou a pré-lista de convocados para o certame e chamou apenas um jogador considerado estrela - Julian Draxler, do PSG. A medida, inclusive, seria uma retaliação da Federação Alemã à obrigatoriedade da disputa da competição mesmo contra a vontade dos dirigentes e também da comissão técnica. O título mundial garantiu a presença alemã na Copa das Confederações deste ano.

Sem Cristiano? 

 

FOTO: DICULGAÇÃO/UEFA/TWITTER
Cristiano Ronaldo
Cristiano Ronaldo levou Portugal ao inédito título da Eurocopa 

Quanto a Portugal, a grande dúvida é quanto a presença de Cristiano Ronaldo. O astro do futebol mundial seria um grande chamariz para a competição. No entanto, a imprensa espanhola especula uma possível ausência de CR7, que ganharia então um período de férias maior para encarar a puxada próxima temporada que o espera.

Em contrapartida, o México, outro participante, ao menos, tende a levar sua principal força. O técnico Juan Carlos Osorio divulgou a pré-lista de convocados com os principais nomes do país, como Chicharito Hernández, Carlos Vela, Raúl Jiménez, Herrera, Giovanni dos Santos e Rafa Márquez.

Participam do torneio ainda a anfitriã Rússia, Chile, Camarões, Austrália e Nova Zelândia.

Ingressos encalhados

O público também é um dos temores dos organizadores. Até o momento, segundo o último balanço, 300 mil dos 695 mil bilhetes disponíveis para a Copa das Confederações foram vendidos. Vale lembrar que no Brasil, os jogos do torneio em 2013 tiveram média de público superior a 50 mil pessoas. Na época, o país atravessava uma instabilidade política por conta dos protestos que sacudiram as principais cidades brasileiras e colocaram em dúvida a realização do Mundial no ano seguinte.

O mais barato ingresso para a Copa das Confederações da Rússia custa 960 rublos (R$ 52,37). Os estrangeiros mais empolgados quanto ao evento são os chilenos, que adquiriram aproximadamente 7 mil ingressos para a disputa.

Política 

O presidente russo Vladimir Putin e sua administração seguem às voltas com problemas relacionados à condução da política externa do país. A Rússia vive tensões diárias com os conflitos na Síria, além de divergir dos EUA, por exemplo, no combate ao Estado Islâmico.  Preocupações com a segurança durante o evento também rondam a Rússia, mas o governo promete rigor máximo para combater o terrorismo e também possíveis atos de hooliganismo.

Direitos de TV não foram negociados 

Se no Brasil os direitos de TV da Copa das Confederações foram vendidos com oito anos de antecedência, na Rússia, faltando um mês para a disputa, nenhum contrato foi firmado com a Fifa. A entidade pede pede US$ 120 milhões (R$ 372,64 milhões) para permitir a transmissão das 16 partidas.

Fim da Copa das Confederações  

FOTO: REPRODUÇÃO/FACEBOOK
troféu copa das confederações
Troféu da Copa das Confederações exibido no Mineirão em 2013

Esta, muito provavelmente, deverá ser a última Copa das Confederações. Em reunião da Fifa, realizada no ano passado, a cúpula colocou em pauta a extinção do torneio, que não traria nenhum lucro sequer à entidade. A Copa das Confederações é disputada desde 1997. 

O que achou deste artigo?
Fechar

FALTA UM MÊS

Se no Brasil foi sucesso, Copa das Confederações 2017 pode fracassar
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter