Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Perto de casa

Ciclista suíço radicado em Minas parte para maior desafio da carreira

Lukas Kaufmann disputará etapa único do Mundial de Maratona, na Alemanha, em percurso já conhecido pelo atleta

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
lukas kaufmann ciclismo MTB
Alto nível dos competidores exigirá muito de Kaufmann na prova alemã
PUBLICADO EM 05/06/17 - 07h30

Nome forte das principais competições que disputa dentro do Brasil, o suíço radicado em Minas Gerais, Lukas Kaufmann, irá vivenciar uma situação um pouco diferente no dia 24 de junho, quando vai competir na única etapa do Mundial de Maratona de Mountain Bike na cidade alemã de Singen.

Lukas terá pela frente alguns dos maiores nomes do mundo. Só este fato é suficiente para ele saber das dificuldades que aparecerão. "Ficar ansioso é normal em qualquer prova. Mas participar de um evento deste porte é realmente muito especial, afinal é a prova mais importante do calendário. Os melhores atletas do mundo estarão lá, na sua melhor forma", comenta o atleta da Overthetop Consultoria Esportiva (OCE). A equipe, após detectar o talento do ciclista, não pensou duas vezes para, em 2013, trazê-lo para morar em Belo Horizonte.

Mesmo acostumado com provas de cross-country (percursos de 4km ou 5km em que os atletas dão várias voltas), a maratona parece estar no sangue de Lukas. "Comecei minha carreira competindo no cross-country olímpico. Até 2011 o foco era a Copa do Mundo desta modalidade. Meu melhor resultado foi no campeonato europeu de 2009, quando ganhei a medalha de bronze na categoria Sub-23. Mas, gradualmente fui me interessando por provas mais longas. Corri o Brasil Ride, uma das ultramaratonas mais importantes das Américas. No Brasil, especialmente em Minas Gerais, a cultura da maratona é muito mais forte que a de cross-country olímpico, então, fui me adaptando e me especializando neste tipo de prova, mas sem perder as qualidades para provas mais curtas", salienta.

Conhece bem

Apesar de estar no Brasil de forma definitiva há quatro anos, Lukas não esqueceu das trilhas que fizeram parte da sua formação como ciclista e que agora estarão em seu caminho novamente. "Conheço bem a região onde será o trajeto. Será uma prova mais física do que técnica, com subidas curtas, e isso me favorece, porque sou um atleta grande, então produzo muita potência, o que é muito bom nesse tipo de percurso. Além disso, hoje em dia, a tecnologia permite acompanhar treinos e provas dos outros competidores e eu venho fazendo isso como parte da estratégia", detalha.

As atenções de Lukas com esta prova começaram pra valer em novembro de 2016. Desde então, ele vem treinando pensando somente na disputa na Alemanha, que promete ser a mais desafiadora de toda sua carreira profissional. "Atletas do mundo inteiro acumulam pontos para o ranking oficial para poder competir no mundial. Então, só os melhores participam de competições com classificação CM (Campeonato Mundial). Vai ser um marco muito importante na minha carreira", comemora.

Uma semana antes, Lukas disputará uma prova de 70km em Brasília, que dará um carro ao vencedor. O atleta acumula dois prêmios similares em sua trajetória. Em setembro, será a vez de estar em casa. Lukas irá disputar a Swiss Epic, uma prova nos alpes suíços com duração de seis dias.

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Perto de casa

Ciclista suíço radicado em Minas parte para maior desafio da carreira
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter