Recuperar Senha
Fechar
Entrar

SEM ACORDO

Paranaenses se revoltam com Globo e vão transmitir clássico no YouTube

Atlético-PR e Coritiba consideraram absurda a proposta de R$ 1 milhão por um contrato de três anos de transmissão que a emissora fez pelo Estadual

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Atlético-PR e Coritiba
Furacão e Coxa decidiram se unir contra a Globo por baixos valores para transmissão do Estadual
PUBLICADO EM 17/02/17 - 15h51

Insatisfeitos com a proposta dos direitos de transmissão oferecida pela TV Globo, o rivais Atlético-PR e Coritiba decidiram unir forças e promover uma “revolução” na visibilidade do clássico entre eles. No domingo, quando se enfrentarão pela quinta rodada do Campeonato Paranaense, o duelo será transmitido pelo Youtube nos canais dos dois clubes, que contam com cerca de 20 mil inscritos cada.

A medida foi tomada após ambos ficarem inconformados com a “absurda” quantia de R$ 1 milhão que a emissora ofereceu para fechar um contrato de três anos. “Não dava para ver a Globo pagar tanto pelo Gaúchão, Mineiro e outros Estaduais e oferecer o que ofereceram para a gente. Não podemos diminuir a esse ponto, especialmente, se considerarmos que elevaram a fatia para eles e propuseram cortar aqui. Não existe isso”, contesta o vice-presidente do Coritiba, Alceni Guerra, em entrevista ao site ESPN.com.br.

Por isso, eles decidiram inovar no futebol brasileiro e seguir o modelo de transmissão pela internet, que faz sucesso entre os clubes europeus. “É um assunto resolvido. A transmissão será feita e tivemos o cuidado de consultar a federação também antes disso”, declara Guerra.

A iniciativa é inédita no país e apenas detalhes burocráticos precisam ser resolvidos para que o anúncio oficial seja feito. A transmissão terá todos os requisitos de uma partida exibida pela TV: narrador, comentaristas e repórteres em campo para conversar com os jogadores.

“Será, mesmo, via Youtube. É um novo modelo, excelente para cada um dos lados e estaremos fazendo essa experiência no clássico. É uma forma de amadurecer e desenvolver. É um modelo já utilizado com resultados positivos no exterior e que pode vir a ser atraente”, disse o presidente do Atlético-PR, Luiz Sallim Emed, ao site ESPN.com.br.

“Não é um produto exatamente explorado, mas uma tendência. Queremos fazer uma análise do que vai acontecer, a receptividade disso, haverá interatividade com os torcedores dos dois times. Será interessante. Um case a considerar”, completa o dirigente.


Paz de um lado, briga do outro. Enquanto Atlético-PR e Coritiba estão em paz de um lado, se unindo em protesto à TV Globo e para transmitir o clássico de domingo, eles estão em “guerra” do outro. O Furacão, ao invés de ceder os 4.223 mil ingressos acordado entre eles e que correspondem a 10% do total da Arena da Baixada, disponibilizou apenas 2,3 mil. O Coxa promete entrar na Justiça para conseguir a liberação da outra metade.


O que achou deste artigo?
Fechar

SEM ACORDO

Paranaenses se revoltam com Globo e vão transmitir clássico no YouTube
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter