Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pra manter o nível

Ananda é garantia de qualidade nas inversões do Praia Clube

Mesmo sendo reserva, levantadora levou pra casa troféu de destaque de dois jogos do turno, mostrando que o time mineiro está bem servido na posição

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
praia clube
Bom desempenho do time de Uberlândia passa pelas opções na sua armação
PUBLICADO EM 29/12/17 - 14h28

 

Mesmo com uma levantadora considerada titular e outra reserva no elenco, a torcida do Dentil-Praia Clube pode agradecer aos céus pelas duas opções que possui na sua armação. Poucos times contam com qualidade similar nas alternativas dentro e fora de quadra. Prova disso é que a jogadora considerada reserva, Ananda, soma dois troféus de melhor da partida, algo não muito comum para quem tem menos tempo de quadra do que sua concorrente Claudinha.

Contra o BRB-Brasília-DF e também diante do Hinode Barueri-SP, Ananda foi reconhecida pela boa atuação, mesmo tendo começado os jogos no banco de reservas. Ciente da qualidade da atleta, o técnico Paulo Coco não pensou duas vezes antes de acioná-la para tentar mudar o panorama da partida, logrando êxito na opção.

Por mais que tenha Claudinha como uma forte concorrente, Ananda segue na busca de ter mais espaço. Antes mesmo de fechar contrato com o atual líder da Superliga feminina (são 13 vitórias em 13 jogos), a levantadora sabia como seria complicada a missão de seguir ativa dentro de quadra. Após boa temporada pelo Pinheiros, ela despertou o interesse de várias equipes, mas acabou optando pelo Praia Clube por alguns motivos. "Foi uma decisão pensando na minha carreira. Sabia que seria um desafio grande. Há muitas temporadas seguidas eu vinha jogando como titular e agora a situação é diferente. Algo que me motivou foi a vontade de ser campeã da Superliga, isso teve uma grande influência", conta a jogadora.

Ananda já defendeu as cores do Praia Clube há seis temporadas, quando apenas começava sua carreira. Foram dois anos no Praia e, em um deles, tinha Claudinha como companheira de posição, situação que se repete novamente. Agora, ela está de volta ao time do Triângulo em outro patamar na carreira, vendo sua evolução ser reconhecida por muitos, que sabem do seu potencial para crescer ainda mais. "Não tenho frustração nenhuma de não jogar como gostaria. Torço para que todas joguem bem e o time vá longe. A disputa é dentro de quadra, com trabalho diário. Só penso nas vitórias e títulos, o objetivo de todas é o mesmo", afirma.

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Pra manter o nível

Ananda é garantia de qualidade nas inversões do Praia Clube
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter