Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pra virar a página

Campanha faz diretoria do MOC mostrar descontentamento em nota

Comunicado assinado pelo gestor Andrey Souza reconhece desempenho sofrível de boa parte do elenco, que está longe da zona de classificação da Superliga

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
moc volei comemora ponto
MOC venceu apenas dois dos 12 jogos disputados até aqui
PUBLICADO EM 28/12/17 - 13h02

Fazendo uma campanha para ser esquecida na Superliga masculina, o Montes Claros Vôlei, por meio de sua diretoria, resolveu aproveitar o final de ano para divulgar um balanço recente do desempenho. Em longo comunicado, foram avaliados pontos positivos e negativos do projeto, que chegou para os atuais responsáveis em 2014.

Na nota, assinada pelo gestor Andrey Souza, são lembradas as dificuldades do projeto, que seguem até o momento. Superando as barreiras e precisando conviver com outras, o Montes Claros seguiu na elite do vôlei nacional. Mas depois de anos seguidos chegando aos play-offs, cumprindo a meta inicial, o time vê ameaçado o objetivo para a atual temporada.

Depois de 12 jogos, foram apenas duas vitórias, o que coloca o time fora da zona de classificação, a nove pontos do oitavo colocado. Resultados inesperados como o penúltimo de 2017, perdendo em casa para Ponta Grossa Caramuru-PR, um dos times de menor investimento na competição, fez o sinal de alerta aparecer em nível máximo. Antes disso, o time já havia caído no turno e returno para o Lebes Canoas-RS, adversário direto na briga pela classificação.

No texto, Andrey mostra as tentativas que foram buscadas e reconhece os méritos de quem tem atendido as expectativas. "Trouxemos Lorena, o maior ídolo da história do vôlei profissional de Montes Claros. Trouxemos, pela primeira vez, um atleta cubano com história na seleção do seu país", referindo-se ao central Mesa. As duas contratações, até aqui, não vingaram. Lorena não vem jogando como o esperado e chegou a perder a posição em boa parte do turno. "Trouxemos um ponteiro argentino com passagem recente na seleção do seu país. Esse sim vem demonstrando vontade e qualidade para nos representar.  Trouxemos um dos melhores levantadores do voleibol brasileiro, que também vem correspondendo a nossa expectativa", completa o gestor.

Andrey não escondeu a insatisfação com o rendimento de alguns atletas, efeito que tem feito o time brigar pelas últimas posições, algo longe do esperado. "Ninguém mais que nós está tão decepcionado com o rendimento da equipe nesta temporada. Todos os ônus são nossos, atletas que não vêm correspondendo e até atletas que não merecem nos representar. Tenham certeza que qualquer um que não nos representa será acionado e medidas serão tomadas, jamais seremos omissos", destaca.

Andrey aproveita, ainda, para pedir ajuda da torcida, que costuma se aproveitar de cortesias em benefício próprio. "Quantos e quantos torcedores que se dizem torcedores compram ingressos na mão de cambistas que pegam as cortesias distribuídas e vendem de forma descarada na nossa portaria? Alguns tentam se defender. Tenham a certeza o quanto isso nos ajudaria", pontua.

Para finalizar, o gestor enaltece o papel dos apoiadores e garante que a luta seguirá ativa para fazer o Montes Claros se reerguer na competição. "Queremos pedir desculpas aos empresários. Estes sim merecem nossa consideração e agradecimentos. Quanto mais dificuldade, mais trabalhamos para mudar a nossa realidade. Tenho certeza que mudará, nem que fique somente o número mínimo de atletas. Essa postura será alterada, em respeito à cidade e principalmente aos patrocinadores, pois somente em função deles este projeto existe", conclui. O MOC volta a jogar pela Superliga no dia 13, fora de casa, contra o JF Vôlei. Em fevereiro, o time será, pela segundo ano seguido, anfitrião do Sul-Americano de clubes. 

 

 

O que achou deste artigo?
Fechar

Pra virar a página

Campanha faz diretoria do MOC mostrar descontentamento em nota
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter