Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Não encaixou

Cubano Simón compensou queda no bloqueio com parte ofensiva afiada

Central reconhece que seu desempenho não foi o esperado, mas ficou feliz de ter ajudado no tri da Supercopa

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
simon bloqueio
Jogador sabe que poderia ter rendido melhor em um fundamento que é sua especialidade
PUBLICADO EM 11/10/17 - 21h23


Mesmo com uma de suas principais marcas não aparecendo como gostaria, o central Simón, do Sada Cruzeiro, conseguiu dar sua dose de contribuição na final da Supercopa, nesta quarta-feira, contra o EMS Taubaté Funvic-SP, em jogo disputado em Fortaleza (CE).

No triunfo por 3 a 1, que deu o tri do torneio ao Cruzeiro, o cubano tentou compensar no saque e no ataque. A parte ofensiva do meio-de-rede funcionou bem, o que não o deixou totalmente satisfeito com seu rendimento. "Sei que meu bloqueio não entrou hoje, então me restou a jogar pelo time. No ataque fui bem e consegui ajudar nesta vitória", comenta o jogador.

Diante de um Cruzeiro que foi regular, o ponta Lucarelli, do Taubaté, lamentou a irregularidade do seu time, que teve influência no resultado final. "Cometemos erros bobos de marcação e fizemos opções que não deveríamos. O saque também não entrou. Não podemos tirar o mérito deles, que possuem uma grande equipe", reconhece o ponta da seleção.

Até quando? Para parar o Sada, Lucarelli sabe que trata-se de uma missão ingrata. "Eles são muito fortes, mas não são imbatíveis. Contra um time assim, é preciso ser agressivo e ir pra cima. Eles também estão acostumados com momentos decisivos, isso ajuda demais", revela. Os dois times, agora, focam na estreia da Superliga, no próximo sábado. O Cruzeiro vai até São Paulo enfrentar o Corinthians Guarulhos-SP e o Taubaté visita o Sesc-RJ.

O que achou deste artigo?
Fechar

Não encaixou

Cubano Simón compensou queda no bloqueio com parte ofensiva afiada
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter