Clique aqui para visualizar os destaques da capa do Portal.
Ok, entendi.
Automobiminas
Quick Comunicação
05 de Fevereiro - Terça-feira - 11:29

Copa SP Light de Kart

Piloto de Belo Horizonte se destacou diante de 32 concorrentes na abertura da Copa SP Light

Teve início no último fim de semana uma das principais competições do kartismo estadual no Brasil, a Copa São Paulo Light de Kart. 150 pilotos de diferentes regiões do país foram até o Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, na zona sul de São Paulo, em busca dos pódios nas 9 categorias que compõe o evento.

Competindo em sua segunda temporada pela categoria Cadete o jovem Lucas Moura (MOBILI), de Belo Horizonte, deu início a uma nova fase em sua carreira que conta agora com o apoio da MOBILI e da fábrica MEGA Kart.

Com o suporte técnico da equipe AS Racing o piloto de 9 anos participou de intensos treinos na Pré-Temporada e chegou à Interlagos disposto a lutar pelas vitórias. Diante de 32 concorrentes inscritos na sua categoria Lucas manteve-se muito focado e, animado, partiu para a tomada de tempos que definiria o grid de largada.

Esta sessão classificatória foi disputada no início da manhã de sábado e, com a marca de 59s964 o jovem mineiro se assegurou na quinta colocação para a primeira largada do dia. Partindo da parte interna do traçado Moura fez bela largada e ganhou uma posição, pulando assim para o quarto lugar. Acontece, porém, que com o passar das voltas o seu kart não acompanhava o ritmo dos primeiros, principalmente nos trechos de reta. Assim, após fechar a primeira volta no terceiro lugar, Lucas foi perdendo espaço volta a volta até chegar ao oitavo posto na metade da corrida. Sem ter o que fazer ele manteve-se na briga pelo pelotão intermediário e, nas duas últimas voltas ainda conseguiu, no braço, recuperar duas posições e receber a bandeirada no sexto lugar.

“Nossa categoria corre com motores sorteados. Não é que o motor era ruim, mas, era um pouco pior nas retas. Vamos trocar e ver se consigo lutar para ganhar na próxima bateria”, comentou o piloto ao fim da primeira prova.

Novamente na terceira fila do grid Lucas seguiu para a segunda prova do dia. Após boa largada o piloto manteve-se por toda a corrida no primeiro pelotão. Apesar do líder ter aberto um pouco em relação aos demais do segundo ao sexto lugar as brigas foram muito intensas e, ao fim das 13 voltas, Moura recebeu a bandeirada na quarta posição.

Pela soma dos resultados das duas provas o piloto somou 12 pontos nesta rodada e foi ao pódio na quarta posição.

“O Light é um Campeonato muito longo e a coisa mais importante para se manter competitivo até o fim do ano é se manter no TOP5 das etapas. Claro que a vitória era o nosso objetivo, mas, a quarta posição foi muito boa e seguiremos confiantes para a próxima etapa”, comentou Rodrigo Castro, pai do piloto.

-> Acesse: www.gomobili.com.br <-

Fotos: Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto Lucas Moura
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

05 de Fevereiro - Terça-feira - 08:56

Copa SP Light de Kart

Kartódromo de Interlagos, em São Paulo, recebeu as disputas

Após quase 60 dias sem competições a Copa São Paulo Light de Kart abriu o seu calendário de 2019 no último sábado (2) com as disputas de sua primeira rodada dupla. Ao todo 150 participantes estiveram no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, que voltou à sediar uma etapa do Campeonato após dois anos afastado.

Como já se tornou uma tradição na Copa São Paulo a programação foi dividia em dois turnos sendo que na parte da manhã competiram as categorias destinadas às crianças e adolescentes e, na parte da tarde, os mais velhos.

15 garotos formaram o grid da Mirim que teve Felipe Vriesman como o nome do dia. O garoto, com muita personalidade, registrou a pole-position e venceu as duas corridas do dia garantindo, assim, a primeira posição do pódio. No segundo lugar ficou Augustus Toniolo e, em terceiro, Igor Silva.

A categoria Cadete alinhou 32 karts para a sua primeira corrida do ano sendo que, liderou o pelotão na primeira largada o brasiliense Gabriel Koenigkan. Em duas corridas extremamente disputadas o piloto soube se manter por todo o tempo na liderança e, mesmo sob forte ataque, se mostrou tranquilo para vencer ambas as baterias. Pedro Lins chegou na segunda posição e Heitor Dall’Agnol, em terceiro.

Com várias caras novas no grid, a maioria delas promovida da categoria Cadete a Júnior Menor agregou 23 pilotos em seu grid que teve na pole-position o piloto Gabriel Bonilha. Nas corridas, porém, mostrando grande domínio de seu kart e principalmente dos nervos o jovem Guilherme Quinteiro foi unânime. Ele venceu a primeira corrida após largar da 13ª posição e, na segunda, mesmo com o grid invertido, entre os cinco primeiros, conseguiu se recuperar novamente e vencer em sua estreia com o chassis Thunder. Em segundo chegou Lucas Mendes e, em terceiro, Breno Moraes.

Assim como terminou a temporada de 2018 pela Júnior Menor o mineiro Lucas Staico provou que, mesmo quando se é promovido de categoria, é possível começar com o pé direito. Em sua primeira corrida como piloto da Academia Shell ele venceu as duas baterias e, com isso, foi ao lugar mais alto do pódio. Na segunda posição recebeu o troféu Gabriel Gomez e, no terceiro posto, Ricardo Gracia.

Concluindo as atividades do período matinal nove pilotos tomaram a pista para as atividades da Sprinter. Matheus Bruno registrou a melhor volta na tomada de tempos, mas, o nome do dia foi o de João Pedro Orban. Com a vitória na primeira corrida e, o quarto lugar na segunda, ele somou ao todo 18 pontos e ficou com o troféu de vencedor. Augusto Dias foi o segundo na premiação e Pedro Marcolin, o terceiro.

Abrindo a programação do período da tarde a categoria Graduado trouxe algumas novidades. Com motores preparados e vários novos pilotos, todos eles vindos da Júnior ou Sprinter, as corridas foram realmente muito emocionantes. Para completar estrelas como André Nicastro e Olin Galli também estiveram na pista brindando ao bom público com um grande espetáculo. Mesmo com os esforços dos “novatos” a briga ficou polarizada entre Nicastro e Galli que, com muita técnica, conseguiu se assegurar com a vitória do dia. Allan Croce ficou com a segunda posição e Nicastro, com o terceiro lugar.

16 pilotos foram para a pista formando um considerável grid no agrupamento das categorias Sênior “A” e “B”. Com chassis Mini o experiente piloto Rodrigo Soares dominou o sábado, mesmo sob forte pressão do antigo rival Alain Sisdelli. Enquanto os dois brigavam outros pilotos também conseguiram se destacar e, por pouco, não roubaram a cena por completo. Pela Sênior “A”, após as duas baterias, Soares acabou vencendo com Alessandro Xavier em segundo e Victor Luz, no terceiro posto. Já na “B”, retornando às pistas após vários anos, Evandro Camargo foi o vencedor seguido por Felipe Pinotti e Antônio Junqueira.

Na Super Sênior, dedicada aos mais experientes pilotos da Copa São Paulo Light, o grid formado por dez pilotos contou com Christiano Matheis largando da primeira posição. O piloto carioca até tentou se destacar, mas, em um fim de semana iluminado Carlos Pereira venceu as duas corridas e comemorou muito a sua vitória no retorno ao Light. Matheis ficou com a segunda posição e Jorge Borelli o terceiro lugar.

Encerrando a programação desta primeira rodada do Light a categoria F4, com suas divisões Graduado e Sênior, também registrou um importante aumento no seu número de pilotos. 17 competidores se alinharam no grid que foi liderado na tomada de tempos pelo campeão de 2018, Giuliano Forcolin. Nas corridas, porém, ninguém teve vida fácil e as disputas foram bastante intensas nas duas baterias. Pela Graduado Rodrigo Dantas venceu com Patrick Pereira em segundo e Forcolin, em terceiro. Já na Sênior o nome do dia foi o de Rodrigo Anzanello seguido por Paulo Faria e Valdemiro Oliveira.

Seguindo seu calendário anual o Light entra agora em recesso e a segunda rodada será depois do carnaval. As disputas acontecerão no Kartódromo Aldeia da Serra, em Barueri, no dia 23 de março.

Foto: Flávio Quick

Assessoria de Comunicação da RBC Motorsport
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

05 de Fevereiro - Terça-feira - 07:49

Copa SP Light de Kart

Lucas Staico, Richard Annunziata e Aurélia Nobels se juntam a Gabriel Crepaldi e reforçam o elenco em 2019

 
Com três estreantes e um “veterano”, a Academia Shell Racing voltou às pistas neste sábado (2), no Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, para a disputa da primeira etapa da Copa SP Light de Kart. Lucas Staico estreou em grande estilo vencendo as duas provas da categoria Júnior.
 
Na primeira bateria, Lucas partiu da quarta posição e logo pulou para terceiro. Em poucas voltas, o piloto do kart #11 já era o segundo colocado, pressionando o líder.  Na metade final da prova, Lucas fez bonita ultrapassagem para assumir a liderança e vencer a primeira do dia.
 
Como o regulamento prevê a inversão das cinco primeiras posições para a largada da segunda corrida, o piloto mineiro largou em quinto lugar e manteve a posição. No fim da segunda volta, o competidor de 14 anos já aparecia no segundo posto disputando a liderança da corrida. Três giros mais tarde, ele faz a ultrapassagem, abre uma boa distância e triunfa mais uma vez.
 
Gabriel Crepaldi, que inicia sua segunda temporada representando a Academia Shell, estreou na categoria Graduados e conquistou dois bons resultados. Após largar em nono na primeira bateria, o paulista de Birigui escalou o pelotão para chegar em um bom quarto lugar. Na disputa seguinte, o piloto de 14 anos partiu do segundo posto e terminou a corrida novamente na quarta posição, consolidando-se como o melhor estreante na categoria Graduados.
 
Richard Annunziata, que também disputa a categoria Graduados, largou no quarto lugar na corrida um, posição que manteve por boa parte da prova. Após ser ultrapassado pelo companheiro de Academia Shell, o piloto de Jundiaí (SP) permaneceu na quinta posição até o fim da prova. Na segunda bateria, o piloto de 17 anos largou na pole, mas acabou envolvido em um acidente e não conseguiu terminar a prova.
 
Aurelia Nobels, primeira mulher a integrar a Academia Shell, também não teve sorte. Após fazer uma boa tomada de tempo e alinhar o kart #107 na sétima posição da categoria Júnior Menor, no total de 23 competidores, a estreante do dia acabou sendo atingida por adversários que disputavam posição logo à sua frente, nas primeiras voltas das duas baterias, ocasionando seu abandono em ambas as disputas.
 
A próxima etapa acontece no dia 23 de março, no Kartódromo Aldeia Serra.
 
O que eles disseram:
 
“Estou muito feliz com minha estreia na Academia Shell, acho que foi positiva. Consegui me adaptar muito bem ao kart e conseguimos achar o acerto ideal para as corridas de hoje. Foram duas provas parecidas, larguei atrás e vim escalando o pelotão, esperando sempre o momento certo para ultrapassar. Foi um dia muito bom, estou feliz.”
Lucas Staico
 
 
“Acho que foi um bom começo, consegui ser o melhor novato da categoria nas duas provas. Na primeira corrida, larguei em nono e logo fui para sétimo, com um bom ritmo. Na sexta volta, assumi a quarta posição, abri em relação ao quinto e comecei a poupar pneu. Na segunda bateria, larguei em segundo e cai pra quarto, posição que mantive até o fim. Quero agradecer a todos da minha equipe e a Academia Shell pelo apoio dedicado.”
Gabriel Crepaldi
 
“Estou muito contente em defender as cores da Shell. Espero fazer uma grande temporada, conquistando muitas vitórias e títulos. Fiz um bom treino e consegui alinhar o kart em quarto lugar para a primeira corrida e terminei em quinto. Senti que meu estilo casou bem com a equipe e isso será muito importante para o restante do ano.”
Richard Annunziata
 
“Consegui ir bem na classificação, fazendo o sétimo melhor tempo. Mas, infelizmente acabei sendo tocada na largada e tive que largar do último lugar na corrida dois e acabei sendo tocada novamente. Tenho ótimas expectativas para essa temporada, estou muito feliz em fazer parte da Academia Shell, é um sonho que estou realizando.” 
Aurelia Nobels
 
“Acho que foi uma grande etapa de estreia, nossos pilotos subiram de categoria e conquistaram bons resultados. Tenho total confiança que esses competidores darão muitas alegrias para a Academia Shell nessa temporada. Começar o ano com vitória é sempre bom e nos da confiança para a temporada. É isso aí."
Onassis de Souza, chefe da equipe
 
 
Confira o perfil de cada piloto:
 
Gabriel Crepaldi
 
14 anos (18/05/2004, em Birigui – SP)
Campeão do Open do Brasileiro de kart, em 2014 (categoria Cadete)
Bi-campeão do Super Kart Brasil SKB, em 2015 (categoria Cadete)
Campeão do torneio classificatório para o Skusa, em 2016 (categoria Júnior Menor)
Campeão Copa SP Light, em 2018 (categoria Júnior)
Campeão Copa KGV, em 2018 (categoria Júnior)
 
Lucas Staico
 
14 anos (11/01/2005, em Belo Horizonte - MG)
Bi campeão sul-americano 2015/2016 (categoria Cadete)
Tri campeão Copa Brasil 2015/2016/2018 (categorias Cadete/Júnior Menor)
Campeão Paulista 2017 (Júnior Menor)
Bi Campeão Copa São Paulo Light 2017/2018 (Júnior Menor)
Tri campeão mineiro 2015/16/18 (categorias Cadete/ Júnior Menor)
Campeão Paranaense 2016 (categoria Cadete)
 
Richard Annunziata
 
17 anos (28/01/02, em Jundiaí- SP)
Campeão Copa Skin Kantan 2016 (categoria Júnior)
Campeão da Copa SP Light 2018 (categoria Novatos)
Campeão da Copa KGV (categoria Novatos) 
Campeão Copa Brasil (categoria Novatos)
 
Aurelia Nobels
 
12 anos (07/01/07, em Boston – EUA)
estreou no kart em 2018
Oitava colocada na Copa SP Light (categoria Júnior Menor)
13ª colocada no Campeonato Brasileiro (categoria Júnior Menor)
31 de Janeiro - Quinta-feira - 20:03

Copa SP Light de Kart

Campeão da Taça Minas de Kart segue na Cadete em 2019

 

Após quase dois meses longe das competições oficiais chegou a hora de tirar a poeira dos equipamentos, fechar a viseira do capacete e voltar a acelerar. Neste fim de semana, dias primeiro e dois de fevereiro, o tradicional Kartódromo Ayrton Senna, em São Paulo, recebe as disputas da primeira rodada dupla da Copa São Paulo Light de Kart.

Em sua segunda temporada pela categoria Cadete o jovem mineiro Lucas Moura (MOBILI) está bastante confiante em buscar as vitórias nas competições em São Paulo, Minas Gerais e, principalmente, nos Campeonatos nacionais. Moura seguirá com o apoio técnico da equipe AS Racing, de Belo Horizonte, que tem seu diretor Adriano Sérgio, ex-piloto, como a grande arma em sua preparação bem como de seu equipamento.

Moura, aproveitando-se do período de férias escolares, conseguiu treinar bastante no Kartódromo RBC Racing, em Vespasiano, local onde a equipe está sediada. Com o apoio de sua equipe e da Mega Kart, uma das principais fábricas de kart do Brasil, o piloto conseguiu desenvolver bastante o ajuste de seu kart e, desta forma, segue confiante para a sua primeira competição oficial do ano.

A programação para esta primeira etapa do Light 2019 começa oficialmente nesta quinta-feira com os treinos oficiais que seguirão amanhã com mais duas sessões livres. No sábado a tomada de tempos abre o cronograma seguida pelas duas corridas. O pódio está previsto para o meio dia.

“Eu gosto muito de correr aqui em Interlagos. A pista é difícil, mas, eu consigo fazer bons tempos. O Adriano me ensinou muitos detalhes e eu tenho certeza que vamos começar o ano andando bem. Vamos torcer para conseguir um motor legal no sorteio e vamos para as corridas em busca de um lugar no pódio”, comentou o garoto de 9 anos.

MOBILI chega com tudo no kartismo nacional

A MOBILI Proteção Veicular começa o ano de 2019 como uma das grandes novidades nas pistas do Brasil. A partir desta temporada eles entram como patrocinadores de Lucas em toda a temporada.

Além dos serviços de proteção veicular a MOBILI é voltada para a causa de mobilidade reduzida. Através do Instituto Go Mobili a empresa desenvolve projetos relacionados ao meio ambiente, esporte e cultura sempre com foco na melhoria da qualidade de vida das pessoas favorecidas pelos associados. A MOBILI também oferece uma grande rede de empresas conveniadas onde os clientes conseguem significativos descontos em diversas modalidades de produtos e serviços. Para finalizar os clientes MOBILI contam ainda com convênio nas principais redes de drogarias onde os descontos podem chegar até 60%. Vale a pena conhecer. Acesse: www.gomobili.com.br

Foto: Flávio Quick | Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto Lucas Moura
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

28 de Janeiro - Segunda-feira - 15:10

Copa SP Light de Kart

Mais de 100 pilotos treinaram no último fim de semana, em Interlagos

Está chegando a hora dos motores voltarem a roncar. No próximo sábado, dia dois de fevereiro, o Kartódromo Ayrton Senna, em Interlagos, abrirá seus portões para as atividades da primeira rodada dupla da Copa São Paulo Light de Kart.

Tradicional Campeonato no estado de São Paulo o Light entra em sua 17ª temporada e, como comemoração, trará algumas novidades e um atrativo pacote de premiações que promete arrebanhar pilotos de todo o país.

De forma individual várias equipes e pilotos lotaram a pista paulistana neste último fim de semana. Mais de 100 pilotos foram até Interlagos para prepararem seus equipamentos e, principalmente, se familiarizarem com o traçado que, desde 2017, não recebe uma competição oficial.

O traçado escolhido pelo Departamento de Kart da FASP para esta rodada é o mais tradicional do Kartódromo. Utilizado no sentido horário a pista passará pela conhecida reta de largada, passando pela esplanada, duplo “S”, reta da arquibancada, curva da balança, reta dos boxes, pico de pato, curva da vitória e, novamente, reta dos boxes. Ao todo são 1.150 metros que exigem extrema atenção e muita técnica dos pilotos independente de suas categorias.

No decorrer desta segunda e terça-feira a pista passará por pequenos reparos e ajustes de infraestrutura para abrigar os quase 150 competidores esperados para esta rodada inaugural. Vale ressaltar que esta será a primeira competição de kart oficial em 2019 e, com isso, os organizadores estão esperando um expressivo número de competidores.

A programação oficial, já no traçado definido para a prova, será aberta na quinta-feira, com duas sessões de treinos para cada categoria, mesmo cronograma que será seguido na sexta. Cabe salientar que, na sexta-feira, os motores já serão aqueles sorteados pela RBC Motorsport. Por fim, no sábado, as tomadas de tempos começam as 8 da manhã e as corridas da manhã 9 horas. Na parte da tarde as provas recomeçam às 14 horas.

Os horários oficiais, bem como o regulamento do Light poderão ser acessados no Website da RBC Motorsport em www.rbcpreparacoes.com.br

Imagem: Traçado oficial da etapa

Assessoria de Comunicação da RBC Motorsport
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

28 de Janeiro - Segunda-feira - 12:35

Sul-Americano de Kart 2019

Representantes do país foram os mais bem classificados na Copa Brasil de Kart 2018

Conforme anunciado no último mês de dezembro o Campeonato Sul-Americano de Kart voltará ao Brasil em 2019. As disputas acontecerão no Kartódromo Velopark, no Rio Grande do Sul, entre os dias 28 de maio e 1º de junho.

Assim como no ano passado a competição terá suas inscrições limitadas à pilotos classificados em cada um dos países que compõe a CODASUR elevando, cada vez mais, o nível da competição. Em 2018 participaram 113 pilotos sendo 63 estrangeiros.

O regulamento da competição está disponibilizado no site da Confederação Brasileira de Automobilismo – CBA (cba.org.br) onde são determinadas as categorias e a quantidade de vagas subsidiadas por país. Farão parte do Sul-Americano as categorias Cadete, Codasur Junior e Codasur as quais o Brasil tem direito a oito vagas em cada uma delas. Além destas também contemplará o evento a categoria Sênior, porém, sem a limitação de vagas.

Para deixar o processo de indicação mais simples e transparente a CBA definiu que os indicados do Brasil para o Sul-Americano serão os pilotos melhores classificados na Copa Brasil de Kart de 2018, levando-se em conta a limitação de idade para o ano de 2019.

Diante deste critério a categoria Codasur Junior não reuniu os oito pilotos brasileiros a serem indicados restando ainda duas vagas subsidiadas. Desta forma, essas vagas remanescentes serão destinadas aos dois primeiros colocados do Open do Sul-Americano, com cédula desportiva do Brasil, que ainda não tenham conquistado suas vagas para o evento. O Open será disputado no Velopark, entre os dias 26 e 27 de abril, e será válido também como primeira rodada do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart.

As inscrições para o Campeonato Sul-Americano de Kart 2019 serão abertas para os pilotos classificados a partir do dia 1º de abril, com link específico encaminhado por e-mail para cada um. A partir do dia 25 de abril as inscrições serão abertas para todos os interessados, diretamente no site da CBA, lembrando que o Sul-Americano tem limitação de 54 inscritos por categoria. Todos os pilotos interessados poderão se inscrever, porém, os subsídios de isenção de aluguel de motor e fornecimento de pneus gratuito é restrito aos 36 indicados de cada categoria.

Confira abaixo os pilotos classificados do Brasil:

Campeonato Sul-Americano de Kart 2019

Vagas para os pilotos brasileiros

Cadete
1 - Heitor Dall Agnol Farias
2 - Gabriel Dantas Koenigkan
3 - Alfredinho V. Ibiapina Filho
4 - Dimas Mota
5 - Miguel Piovan Leonardi
6 - Miguel M. A. Pinto Coelho
7 - Pedro H. R. Menezes Lins
8 - Wagner E. O. Santilli

CODASUR:
1 - Gabriel Paturle e Silva
2 - Lucas Faria Nogueira
3 - Olin Vieira Galli
4 - Andre Nicastro
5 - Joaquim Junqueira
6 - Sergio Crispim Filho
7 - Pedro Goulart
8 - Lucas Behague

CODASUR JR:
1 - Lucas Staico
2 - Nicolas D B Fabris
3 - João Pedro T. S Souza Lima
4 - Lucas E. Porto Schaly
5 - Samuel Cruz
6 - Mayke Naderer
7 - Campeão do Open
8 - Vice-Campeão do Open

Imagem: Logomarca do Campeonato

Assessoria de Comunicação da CBA | KART
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

 

24 de Janeiro - Quinta-feira - 13:22

Sul-Brasileiro de Kart

Competição será aberta em abril, no Velopark, como Open do Sul-Americano

Na manhã desta quinta-feira, dia 24, a Comissão Nacional de Kart divulgou as datas do Campeonato Sul-Brasileiro de Kart. A competição, que em 2019 terá a sua 22ª edição, chega com formato renovado voltando ao que foi realizado em suas primeiras temporadas.

O 22º Campeonato Sul-Brasileiro e Kart será realizado em três etapas sendo a primeira delas no Rio Grande do Sul, em abril; a segunda em Santa Catarina, em junho e, a terceira e última no Paraná, no fim de agosto.

A organização do Campeonato seguirá sob a responsabilidade das três federações estaduais e, a supervisão geral será da Comissão Nacional de Kart. Cabe ressaltar que o evento de abertura será disputado no Kartódromo Velopark, na região metropolitana de Porto Alegre, e será considerado como um Open para o Campeonato Sul-Americano de Kart.

O regulamento completo da competição, bem como os horários e demais detalhes serão divulgados nos próximos dias no site da CBA acessível pelo endereço www.cba.org.br.

Confira o calendário abaixo:

Campeonato Sul-Brasileiro de Kart 2019

1ª Etapa - Rio Grande do Sul
25 à 27 de Abril
Velopark

2ª Etapa - Santa Catarina
20 à 22 de junho
Local à definir

3ª Etapa – Paraná
29 à 31 de agosto
Local à definir

“Estamos muito satisfeitos e felizes em anunciar o retorno do Campeonato Sul-Brasileiro ao seu formato original de três eventos anuais. A região, levando-se em conta os três estados, é a que reúne o maior número de kartistas no Brasil e, com isso, o potencial para grandes provas durante o ano é enorme. Fora isso, há de ser levado em conta também o grande número de kartódromos com boa infraestrutura que existe na região. Deste modo acreditamos que o 22º Sul-Brasileiro já começa como uma das boas novidades da temporada”, comentou Pedro Sereno, presidente de Comissão Nacional de Kart.

Imagem: Logomarca do Campeonato

Assessoria de Comunicação da CBA | KART
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

23 de Janeiro - Quarta-feira - 19:05

Escola Brasileira de Kart

Kartódromo de Várzea Grande, na grande Cuiabá, terá primeira turma em fevereiro

Implantada no início de 2017 a Escola Brasileira de Kart – EBK é um dos grandes projetos da atual gestão do presidente Waldner Bernardo na presidência da Confederação Brasileira de Automobilismo. Mesmo diante das dificuldades econômicas em que o país atravessa o plano de expansão das unidades tem seguido à risca o seu cronograma sob a coordenação direta da Comissão Nacional de Kart.

Inicialmente aberta em Minas Gerais, Santa Catarina e São Paulo a EBK expandiu seus horizontes e, no decorrer do ano de 2018, seguiu para a Bahia e Maranhão. Agora, no início de 2019, a Federação de Automobilismo do Mato Grosso acabou de receber a sua unidade. No Kartódromo de Várzea Grande, na região metropolitana de Cuiabá, os novos amantes da velocidade poderão aprender os primeiros passos nessa emocionante carreira no automobilismo.

Assim como em todas as cinco unidades já implantadas a EBK de Mato Grosso recebeu cinco karts novos, material didático para pilotos, material de instrução para monitores e todo o equipamento de segurança para os alunos seguirem sua trajetória nos quatro módulos que compõe o curso.

TREINAMENTO DOS INSTRUTORES FOI UM SUCESSO

Responsável acadêmico pela EBK em todo o Brasil o engenheiro Ricardo Molina, de São Paulo, esteve no último fim de semana na entrega da unidade de Várzea Grande e, como último item da entrega, fez o treinamento presencial com os monitores que ficarão responsáveis pela formação dos novos pilotos.

Rafael Soares, Ivan Ângelo e Alessandro Schuab receberam todas as instruções para a recepção dos novos alunos, bem como, a ordem e sistema de ensino que devem seguir ao lecionarem os quatro módulos de ensino da EBK, ou seja, Primeiro Volante, Volante de Bronze, Volante de Prata e, finalmente, Volante de Ouro.

Mesmo sob o forte calor que têm assolado a região vários exercícios foram realizados com a ajuda de um jovem piloto da região para simular todas as práticas. Ao final do dia Molina deixou o Mato Grosso bastante satisfeito e entusiasmado com o trabalho realizado.

“Participo do Projeto EBK desde que fomos buscar a inspiração lá na França, há três anos. A cada nova unidade nos deparamos com situações muito particulares, porém, que nos permitem manter a mesma didática e, sobretudo, utilizar o mesmo sistema de ensino de todas as unidades. Notei em Várzea Grande a premente necessidade de renovação no esporte visto que, dentre os vários pilotos que vi treinando na pista, a faixa etária era superior aos 40 anos. Procurei passar todo o meu conhecimento ao novos instrutores e, para finalizar, incluí os três em um grupo de discussão que temos de todas as unidades da EBK no Brasil onde trocamos experiências e buscamos aprimorar o nosso sistema de ensino a cada dia”, concluiu Molina.

Fotos: Divulgação | Quick Comunicação

Assessoria de Comunicação da CBA | KART
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

23 de Janeiro - Quarta-feira - 17:59

Competições Internacionais

Testes começaram na última semana em Ádria, na Itália

Começou na semana passada a preparação do piloto brasileiro Matheus Morgatto (Tony Kart) para a temporada 2019 do kartismo internacional. Após ter vencido várias provas na categoria Júnior em 2018, quando disputou as provas na Europa e nos Estados Unidos, neste ano o piloto foi promovido para a categoria Senior e irá competir representando as cores da Tony Kart Racing Team.

Sob os cuidados de um dos mais vitoriosos times do kartismo internacional, o piloto de 15 anos terá pela frente uma extensa agenda que será completamente coordenada pela equipe. Os treinos foram realizados no Kartódromo de Ádria e, nesta semana, terão vez no Kartódromo South Garda, em Lonato, no norte da Itália. Mesmo com muito frio os pilotos estão acelerando forte em busca de se prepararem e ajustarem os equipamentos para o ano que será repleto de compromissos.

“Estou extremamente feliz em iniciar o trabalho com a Tony Kart. Todas as pessoas são muito profissionais e me acolherem como se eu já corresse com eles há vários anos. O kart é muito bom de guiar e tenho certeza que poderei conseguir excelentes resultados ao longo do ano”, comentou o piloto.

Confira abaixo a agenda completa de competições de Matheus em 2019:

WSK Super Master Series
01 – 03/fevereiro | Adria (ITA) – 1ª Etapa
22 – 24/fevereiro | Lonato (ITA) – 2ª Etapa
08 – 10/março | La Conca (ITA) – 3ª Etapa
22 – 24/março | Sarno (ITA) – 4ª Etapa

Winter Cup
13 – 17/fevereiro | Lonato (ITA)

WSK Euro Series
29 – 31/março | Sarno (ITA) – 1ª Etapa
26 – 28/abril | Angerville (FRA) – 2ª Etapa
22 – 23/junho | Lonato (ITA) – 3ª Etapa
27 – 30/junho | Adria (ITA) – 4ª Etapa

Campeonato Europeu CIK/FIA
17 – 22/abril | Angerville (FRA) – 1ª Etapa
15 – 19/maio | Genk (BEL) – 2ª Etapa
29/maio – 02/junho | Kristianstad (SUE) – 3ª Etapa
17 – 21/julho | Le Mans (FRA) – 4ª Etapa

Campeonato Mundial CIK/FIA
04 – 08/setembro | Alaharma (FIN)

WSK Open Cup
25 – 27/outubro | Lontao (ITA) – 1ª Etapa
08 – 10/novembro | Castelletto (ITA) – 2ª Etapa

WSK Final Cup
14 – 17/novembro | Adria (ITA)

Macao Grand Prix
06 – 08/dezembro | Macao (CHI)

Foto: Divulgação

Assessoria de Comunicação do piloto Matheus Morgatto
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick

23 de Janeiro - Quarta-feira - 16:49

Copa SP Light de Kart

17ª temporada da Copa São Paulo começa dia 02 de fevereiro, em Interlagos

Há exatos 10 dias para o início da temporada 2019 a Copa São Paulo Light de Kart apresenta um atrativo pacote de prêmios que irá beneficiar muito aos competidores desse que é um dos mais tradicionais campeonatos de kart do país.

Categorias MIRIM | CADETE

Os dois pilotos melhores classificados de cada classe após os cinco primeiros eventos do ano receberão da organização do Light a isenção da taxa de inscrição e do aluguel de motores para o 54º Brasileiro de Kart. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da rodada tripla de junho. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos quatro dos cinco eventos.

Categoria JÚNIOR MENOR

Levando-se em conta a pontuação das oito primeiras corridas (baterias) do Campeonato o piloto melhor classificado receberá da organização do Light a vaga para se inscrever no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR Júnior. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da última corrida de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos três dos quatro eventos.

Categoria JÚNIOR

Levando-se em conta a pontuação das oito primeiras corridas (baterias) do Campeonato o piloto melhor classificado receberá da organização do Light a vaga para se inscrever no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR Júnior. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da última corrida de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos três dos quatro eventos.

Categoria SPRINTER

Levando-se em conta a pontuação das oito primeiras corridas (baterias) do Campeonato o piloto melhor classificado receberá da organização do Light a vaga para se inscrever no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da última corrida de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos três dos quatro eventos.

Categoria GRADUADO

Levando-se em conta a pontuação das oito primeiras corridas (baterias) do Campeonato o piloto melhor classificado receberá da organização do Light a vaga para se inscrever no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da última corrida de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos três dos quatro eventos.

Categorias SÊNIOR “A” | SÊNIOR “B” | SUPER SÊNIOR

Levando-se em conta a pontuação do Campeonato após a quinta rodada os pilotos melhores colocados de cada uma das classes receberão da organização do Light os benefícios descritos abaixo. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da rodada tripla de junho. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos quatro dos cinco eventos.

a) Um jogo de pneus MG (Vermelho) por rodada a ser sorteado entre todos os participantes do grid agrupado.

b) Campeão da Sênior "B" e, também, campeão da Super Sênior terão o fornecimento de motor gratuito para o 54º Campeonato Brasileiro de Kart oferecido pela RBC Motorsport.

c) Campeão da Sênior "B" e, também, campeão da Super Sênior terão a isenção da taxa de inscrição em todas as rodadas do segundo semestre da Copa São Paulo Light 2019.

d) Dentre todos os participantes em no mínimo 3 (três) rodadas do primeiro semestre será sorteada a isenção da taxa de aluguel de motor para todas as corridas do segundo semestre sendo uma isenção para a Sênior "A", uma para a Sênior "B" e uma para a Super Sênior.

Categorias F4 GRADUADO | F4 SÊNIOR

Levando-se em conta a pontuação do Campeonato após a quinta rodada do Campeonato os pilotos melhores colocados de cada uma das classes receberão da organização do Light a isenção da taxa do aluguel de motor para o 54º Brasileiro de Kart. Deverá ser observado o critério de descarte do pior resultado e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da rodada tripla de junho. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa e, o piloto campeão, deverá ter participado de pelo menos quatro dos cinco eventos.

Categoria CODASUR JÚNIOR

Levando-se em conta a pontuação do Campeonato após a soma da terceira e quarta rodadas, eventos que abrigarão esta categoria, os dois pilotos melhores classificados receberão da organização do Light as vagas para se inscreverem no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR Júnior. Em caso de empate prevalecerá o resultado da rodada de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa.

Categoria CODASUR

Levando-se em conta a pontuação do Campeonato após a soma da terceira e quarta rodadas, eventos que abrigarão esta categoria, os dois pilotos melhores classificados receberão da organização do Light as vagas para se inscreverem no 54º Brasileiro de Kart – Categoria CODASUR. Em caso de empate prevalecerá o resultado da rodada de maio. Para ter direito ao prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por etapa.

SKUSA SUPERNATIONALS – A cereja do bolo

-> Categorias JÚNIOR MENOR e JÚNIOR <-

Levando-se em conta a pontuação das sete primeiras etapas do Campeonato os pilotos melhores classificados nas categorias Júnior Menor e Júnior receberão da organização do Light o “KIT de kart / motor / equipe” para participação no XXIII SKUSA – Supernationals, a ser disputado em Las Vegas, nos Estados Unidos, entre 20 e 24 de novembro. As rodadas de junho (tripla) e de setembro (dulpa) terão sua pontuação multiplicada por 1,5. Deverá ainda ser observado o critério de descarte da pior rodada e, em caso de empate, prevalecerá o resultado da última corrida de setembro. Nos próximos dias a organização do Light irá divulgar um regulamento específico para este prêmio. Para fazer jus a estes dois prêmios prêmio deverá ser levada em conta a participação mínima de 10 competidores por categoria, por etapa e, os pilotos campeões, deverão ter participado de pelo menos seis dos sete eventos.

“Para a RBC, nossos parceiros comerciais e o Departamento de Kart da FASP é um grande prazer anunciar um pacote de benefícios tão grande que irá prestigiar os pilotos de todas as categorias. Estamos direcionando grande parte dos prêmios para o Campeonato Brasileiro, competição em que a maioria dos pilotos está focada no primeiro semestre. Fora isso, levaremos dois pilotos para correrem o SKUSA, nos Estados Unidos, de graça. Acreditamos que os grids estarão muito movimentados e, com isso, as provas seguirão cada vez mais emocionantes”, comentou Rafael Cançado, diretor da RBC.

Assessoria de Comunicação da RBC Motorsport
Quick Comunicação e Marketing
Jornalista Responsável: Flávio Quick