Recuperar Senha
Fechar
Entrar
14 de Setembro - Sexta-feira - 14:45

As startups interessadas em participar do “Varejo Inteligente” podem se inscrever até o dia 20 de setembro

Nesta edição do “Varejo Inteligente”, 20 startups serão selecionadas para dez intensas semanas de pré-aceleração.

 

 Para fomentar o varejo da capital, a Câmara de Dirigentes Lojistas de Belo Horizonte (CDL/BH) e o Sebrae promovem a 3ª edição do “Varejo Inteligente”. O lançamento do Programa, que visa o desenvolvimento de 20 startups que tenham soluções para os setores de comércio e serviços, será realizado na próxima segunda-feira, dia 17, às 19h, no Sebrae (Av. Barão Homem de Melo, 329 - Nova Granada). Durante o evento, será apresentado o formato e as novidades da 3ª Edição do “Varejo Inteligente”. Na programação, também está prevista a participação de startups e empresários que participaram da última edição do “Varejo Inteligente”, para falarem sobre suas experiências com o Programa.

Um dos destaques do “Varejo Inteligente” neste ano é que, além da aceleração das startups, o Programa contará com a etapa "Inova Varejo", uma iniciativa voltada para os varejistas que desejam levar a inovação para dentro dos seus negócios. Ao todo 20 empresários de micro e pequenas empresas, que representem o varejo de Belo Horizonte, receberão consultorias, palestras e workshops que irão contribuir com o desenvolvimento de seus negócios.

 

O presidente da CDL/BH, Bruno Falci, explica que o objetivo do Programa é facilitar a interação das startups com os desafios enfrentados pelos empresários no dia a dia de seus negócios. Ele ressalta também a importância do Programa para empresas e startups. “O “Varejo Inteligente” cria oportunidades para que os empresários inovem, melhorem suas operações, reduzam custos e ampliem suas perspectivas de negócio, por meio do contato com produtos e soluções inovadoras. Assim, poderão se diferenciar de seus concorrentes ou se tornarem mais competitivos dentro do mercado no qual estão inseridos”, afirma. “Para as startups, é a grande chance de alavancarem seus negócios e empreenderem, tendo seus projetos facilitados e difundidos”, conclui Falci.

O programa – Nesta edição do “Varejo Inteligente”, 20 startups serão selecionadas para dez intensas semanas de pré-aceleração. O Programa oferecerá aos participantes diagnóstico de maturidade, consultoria individual e personalizada para as necessidades do seu negócio, momentos de contato com empresários do setor do varejo, acesso a especialistas do setor, apoio para a validação do produto no mercado, visibilidade e contato com o ecossistema empreendedor de Belo Horizonte. As startups interessadas em participar do “Varejo Inteligente” podem se inscrever até o dia 20 de setembro pelo site varejointeligente.cdlbh.com.br.

A seleção das startups inscritas será em duas etapas: na primeira, serão selecionadas 30 startups por meio da inscrição online. As 30 finalistas participarão de uma apresentação presencial, quando serão escolhidas as 20 que irão ingressar no Programa. Ao final das 10 semanas de pré-aceleração, serão selecionadas cinco startups como destaque do Programa, elas irão apresentar seu pitch no evento de encerramento desta edição do “Varejo Inteligente”. Os pitchs serão avaliados por uma banca de jurados e os três melhores serão premiados com os valores de R$ 15 mil, R$ 6 mil e R$ 3 mil, respectivamente.

Números Varejo Inteligente 2016 e 2017 - Com o objetivo de fomentar a economia e a inovação, a CDL/BH, em parceria com o Sebrae criou, em 2016, o “Varejo Inteligente”. O Programa busca soluções para os principais desafios das empresas varejistas, por meio da aceleração e desenvolvimento de startups e pela articulação com o ecossistema de empreendedorismo e inovação. No ano passado, 65 startups se inscreveram para participar do programa e 20 foram selecionadas para a fase de pré-aceleração, que as preparou para atuarem junto ao comércio varejista. Durante três meses, as 20 startups tiveram seus modelos de negócios desenvolvidos. Foram dez semanas de trabalho, com 400 horas de reuniões individuais, 20 horas de reuniões coletivas, quatro meetups (encontros de negócios com empresários), quatro sessões de feedbacks. As startups fizeram contato com 620 empresários, que geraram 56 conexões. Além disso, elas receberam mentorias, treinamentos e participaram de momentos de troca de experiência com os demais participantes, especialistas do varejo e empreendedores.

Na edição de 2016, o Programa contou com 91 startups inscritas em seis áreas de atuação diferentes, sendo que 40 foram selecionadas. Das startups selecionadas, 19 entraram com propostas e ideias, e 14 concluíram testando sua respectiva solução com potenciais clientes. Foram 560 horas de reuniões individuais, gerando 900 interações com empresários do varejo.

Abertura do “Varejo Inteligente 2018”

Data: 17 de setembro

Horário: 19h

Local: Sebrae

Endereço: Av. Barão Homem de Melo, 329 - Nova Granada, Belo Horizonte

Inscrições: https://bit.ly/2QdPYL7

 

13 de Setembro - Quinta-feira - 16:39

Empresa investiu US$ 140 milhões na ampliação que vai gerar mais de 1.200 empregos diretos e indiretos na região.

O Google Cloud anunciou a expansão do seu data center em Quilicura, no Chile, um dos 15 centros de dados da empresa no mundo

O Google Cloud anuncia nesta quarta-feira, 12, a expansão do seu data center em Quilicura, Chile, um dos 15 centros de dados da empresa no mundo e o único na América Latina. Foram realizadas obras que triplicaram o tamanho do local, que agora passa a ocupar um total de 11,2 hectares. A ampliação deve gerar mais de 1.200 empregos diretos e indiretos na região. 

O Google investiu US$ 140 milhões na ampliação, que acontece seis anos após a empresa divulgar o plano de construir o data center no Chile e reforça o esforço da companhia em melhorar sua infraestrutura global e o compromisso com a região, além de assegurar que todos os usuários possam ter acesso às ferramentas-chave de maneira rápida e confiável.

“Os sistemas de Google Cloud são projetados para oferecer segurança e confiabilidade em escala global. Nos últimos três anos, investimos cerca de US$ 30 bilhões em infraestrutura em todo o mundo, pois este é um dos principais ponto de interesse dos clientes quando nos escolhem como fornecedores de serviços de nuvem”, diz João Bolonha, diretor de vendas de Google Cloud na América Latina. “Grande parte da infraestrutura do próprio Google, que é responsável por oito aplicativos com mais de 1 bilhão de usuários, também usa a infraestrutura do Google Cloud.”

O investimento para a expansão do data center no Chile acontece poucos meses após o anúncio, feito em janeiro deste ano, do primeiro cabo submarino privado que conecta Chile e Califórnia (EUA).

 

Promovendo energias renováveis

 

O desenvolvimento de uma infraestrutura que garanta uma nuvem segura, rápida e confiável usa muita energia. De acordo com o compromisso do Google de trabalhar totalmente com energias 100% renováveis, todas as operações da empresa no Chile têm sido alimentadas pela energia limpa que o país produz em regiões de deserto.

Para isso, foi adquirida energia solar produzida na usina fotovoltaica em El Romero, localizada na região do Atacama, mantendo, assim, a posição do Google como a maior empresa consumidora de energia renovável.

Esta expansão reforça o compromisso do Google em continuar contribuindo para o fortalecimento de uma nuvem. 

 

Fonte: Google

20 de Agosto - Segunda-feira - 17:11

O BS2, evolução do Banco Bonsucesso, dá início a um concurso em suas redes sociais para selecionar uma empreendedora digital de Belo Horizonte

Empreendedoras mineiras concorrem a vaga para Startup Weekend Fintech Women

 O BS2, evolução do Banco Bonsucesso, dá início a um concurso em suas redes sociais para selecionar uma empreendedora digital de Belo Horizonte para participar do Startup Weekend Fintech Women em São Paulo entre os dias 24 e 26 de agosto.Para concorrer, basta gravar um vídeo marcando os perfis do BS2pool e o BS2hub no Instagram contando os motivos pelos quais a instituição financeira deverá selecionar a candidata. A vencedora irá participar do evento com passagem e hospedagem pagas pelo banco.

“A ideia nasceu a partir da vocação do BS2 em apoiar e incentivar o ecossistema de inovação no setor financeiro em Belo Horizonte. Como um banco mineiro, queremos levar as fintechs da região para o mundo. Dar luz aos talentos femininos e demonstrar a força criativa que temos em nossa cidade é nosso principal motivador”, conta a diretora executiva do BS2, Juliana Pentagna Guimarães.

Com patrocínio do BS2, o evento segue a metodologia da TechStars, aceleradora do Google, para viabilização de projetos em 54 horas ao unir diferentes profissionais que ainda não se conhecem. Pela primeira vez no mundo o evento terá como foco mulheres no ambiente financeiro, estimulando o público feminino a direcionar sua criatividade à resolução de problemas financeiros e na criação de novas fintechs.

 Líderes femininas do BS2 de diversas áreas como produtos, meios de pagamento, investimentos e câmbio estarão presentes no Weekend Fintech Women para conceder mentoria especializada aos grupos. A tradição e experiência acumulada em 2anos do banco irão cooperar para que os projetos estejam aderentes às necessidades e preceitos do mercado financeiro brasileiro.

 O resultado será divulgado em 21 de agosto.

Sobre o BS2

O BS2, evolução do Banco Bonsucesso, é uma instituição financeira com sólidos antecedentes que atua nos segmentos de crédito e serviços (câmbio, investimentos e meios de pagamento) e lança este mês sua plataforma digital. A nova marca vem acompanhada de um processo de modernização da instituição, que traz a mercado um novo conceito de conectividade entre pessoas e empresas. BS2 é uma sigla fácil e moderna, inspirada na linguagem digital, que representa a proximidade entre o banco e seus clientes e parceiros (S2).

08 de Agosto - Quarta-feira - 15:41

O programa já pré-acelerou 60 startups, contando com a participação de mais de 240 pessoas.

Nesta edição serão selecionadas até 30 equipes para participarem de dois meses de pré-aceleração, onde os participantes terão acesso ao coworking, palestras e workshop sobre ecossistema de inovação e mercado.

 O COTEMIG STARTUPS é um programa de pré-aceleração para transformar ideias inovadoras em negócios. Em parceria com diversas instituições de referência em inovação, o programa promove o empreendedorismo no contexto acadêmico, conectando estudantes, empresários e investidores. O programa já pré-acelerou 60 startups, contando com a participação de mais de 240 pessoas. Além disso, levou oito startups para a FINIT e entregou mais de R$ 800.000 em investimentos durante o programa.

Nesta edição serão selecionadas até 30 equipes para participarem de dois meses de pré-aceleração, onde os participantes terão acesso ao coworking do Cotemig Startups, palestras e workshop sobre ecossistema de inovação e mercado, além de contato com diversos mentores em inovação. O programa será composto de quatro etapas, envolvendo os participantes em um ambiente dinâmico, onde suas habilidades e experiências serão fundamentais para gerar resultados em um curto espaço de tempo.

1. Dor de Mercado e Modelos de Negócios – As ideias começam a sair do papel e se concretizar. As equipes selecionadas trabalharão na validação da dor do mercado e em métodos para solucionar problemas – e começam a planejar tudo a ser feito.

2. MVP – As equipes terão apoio de mentores para desenvolvimento de protótipo ou negócio. Seguindo as premissas da Startup Enxuta, o protótipo deverá ser utilizado para permitir o aprendizado cíclico junto aos segmentos de clientes.

3. Mercado e Marketing – As equipes farão a análise de mercado e suas projeções financeiras visando o investimento. Serão disponibilizadas palestras e mentorias para auxiliar os participantes, que receberão dicas valiosas sobre a viabilidade da proposta apresentada.

4. FINIT – Etapa final do Programa. Além da premiação em investimento, as startups finalistas poderão apresentar seu projeto na FINIT, em um stand exclusivo do Cotemig Startups. Durante as etapas as equipes terão apoio dos Agentes de Aceleração para auxiliarem no desenvolvimento da Startups e nas entregas da semana. Ao final do programa as três melhores startups receberão até R$50.000,00 em investimentos.

As inscrições para o programa vão até o dia 17/08/2018. A imersão terá início no dia 31/08/2018. Para quem tem dúvidas sobre o programa ou gostaria de conversar com um mentor sobre sua ideia antes de se inscrever, o Programa realizará um Meetup no dia 10 de Agosto de 2018 às 18:30 no Cotemig Unidade Floresta (Rua Itajubá, 223. Bairro Floresta – BH/MG. CEP: 30.150-380), com o objetivo de realizar conexões e tirar todas as dúvidas sobre o programa.

Informações sobre o Meetup: https://www.sympla.com.br/meetup-cotemig-startups__325278

Mais informações: INSCRIÇÕES PARA O PROGRAMA: ​http://startups.cotemig.com.br/ Facebook:

https://www.facebook.com/programastartups/ Instagram: @cotemigstartups Sympla: https://www.sympla.com.br/programastartups https://www.youtube.com/channel/UCLuL97vcUqltzbQszqe25XQ

07 de Agosto - Terça-feira - 17:04

Na ocasião, as participantes realizarão pitchs, que são breves apresentações com o intuito de expor seus projetos

As startups que passaram pelo programa de aceleração SindSeg Insurtech Connection tem data marcada para apresentar soluções criativas e inovadoras que desenvolveram durante o projeto.

 As startups que passaram pelo programa de aceleração SindSeg Insurtech Connection tem data marcada para apresentar soluções criativas e inovadoras que desenvolveram durante o projeto. 

 No dia 7 de agosto, no auditório do SindSeg MG/GO/MT/DF (Avenida Afonso Pena 726, 22º andar) acontece o Demoday, a última etapa do processo que desenvolveu produtos, serviços e ferramentas para a promoção e otimização de gestão de seguradoras. Na ocasião, as startups participantes realizarão pitchs, que são breves apresentações com o intuito de expor seus projetos, e os empreendedores poderão discutir sobre como grandes empresas podem interagir e aderir à novas propostas.

 Augusto Federico Costa Rosa de Matos, presidente do Sindicato, comenta o movimento do mercado de buscar suporte na tecnologia e na inovação para alavancar o crescimento do setor e celebra a iniciativa do SindSeg. “Aliando a inovação e ideias modernas com o potencial do setor, o mercado de seguros fortalecerá ainda mais o seu segmento. Estamos muito satisfeitos com a primeira edição do SindSeg Insurtech Connection e esperamos poder aproveitar essas conexões em outras oportunidades”, ressalta.

 

18 de Julho - Quarta-feira - 14:49

Especialização pretende atualizar e preparar os profissionais para o presente e para o futuro, com disciplinas que conectam o Direito à Tecnologia e vice-versa

O curso de que já está com as inscrições abertas é o primeiro nesse formato na cidade, uma antiga demanda dos profissionais da área

De acordo com a necessidade do atual mercado jurídico que vem sendo influenciado pelas novas tecnologias que impactam diretamente o dia a dia do profissional que atua neste meio, é lançada, em parceria entre o Instituto de Ensino, Pesquisa e Extensão - INSEPE e a Faculdade Arnaldo, a tão esperada pós-graduação em Direito e Tecnologia.Segundo a coordenadora do curso, Lorena Muniz e Castro Lage, o que se propõe com essa pós-graduação é ampliar os conhecimentos do profissional para além do teórico, combinando o Direito e a Tecnologia também na prática.

Para a coordenadora, no moderno e atual cenário jurídico é extremamente comum visualizar as influências da Tecnologia no Direito, bem como os impactos e embates nas relações entre humanos e a máquina, advindas dessas influências, havendo a real necessidade do profissional que atua na área estar atualizado para saber lidar.

Ao contrário de várias outras áreas de estudo do Direito, o estudo da aplicação da Tecnologia nesta área tão tradicional carece de profissionais especializados e que entendam da temática envolvida; desta forma, a pós-graduação proposta abre portas para um mundo não tão explorado pelo meio jurídico, mas que possui muito espaçoOs profissionais do Direito e da Tecnologia precisam conectar os seus conhecimentos de modo a permitir e explorar as soluções disponíveis para os seus respectivos mercados, bem como a forma através da qual a outra área agrega e permite a expansão das áreas de atuação.

Direcionado a profissionais do Direito, da Tecnologia e a empreendedores do ecossistema de Minas Gerais, essa especialização pretende atualizar e preparar os profissionais para o presente e para o futuro.Com disciplinas que conectam o Direito à Tecnologia e vice-versa, tais como “Contratos, documentos e assinaturas eletrônicas”, “Limites e perspectivas legais da informação nas redes sociais”, “Introdução à programação”, “Proteção de dados”, “Crimes cibernéticos”, “Criptografia, ataques cibernéticos e perícia forense”, “Blockchain e criptomoedas”, “Empreendedorismo e inovação no Direito: legal e lawtechs”, “Direito do trabalho 4.0”, “Acesso à justiça, inteligência artificial e governamentalidade algorítimica”, dentre tantas outras, o curso irá permitir a qualificação de profissionais por meio do desenvolvimento, do aprofundamento e da atualização dos conhecimentos nesta área para que os egressos possam atuar de forma prática e eficiente no meio.

Para mais informações acesse o site da Faculdade Arnaldo: http://faculdadearnaldo.com.br/cursos/direito-e-tecnologia/

13 de Julho - Sexta-feira - 11:13

erão 30 horas de maratona, no qual as equipes contarão com mentoria de profissionais do mercado e executivos para o desenvolvimento dos projetos.

Nova marca do banco Bonsucesso, promove o Hackathon BS2 durante os dias 20 e 21 de julho, no Exchange, evento do Sebrae Minas com foco em inovação.

 O BS2, nova marca do banco Bonsucesso, promove o Hackathon BS2 durante os dias 20 e 21 de julho, no Exchange, evento do Sebrae Minas com foco em inovação. Com o intuito de atrair pessoas, das mais diversas áreas como TI, designers, negócios e finanças, a competição trará um desafio voltado para idealização e construção de novas soluções em produtos financeiros.

Para o BS2, a ação faz parte de um dos maiores propósitos da instituição na região: o apoio e o incentivo ao ecossistema de inovação no setor financeiro. “Minas já é o segundo estado brasileiro em quantidade de startups no Brasil, queremos encorajar que cada vez mais este cenário seja fortalecido, principalmente para desenvolver soluções que facilitem a experiência bancária e vida financeira das pessoas”, conta Juliana Petagna Guimarães, diretora-executiva do banco.

Serão 30 horas de maratona, no qual as equipes contarão com mentoria de profissionais do mercado e executivos do BS2 para o desenvolvimento dos projetos. O Hackathon BS2 irá premiar as equipes vencedores com R$ 10 mil, R$ 5 mil e R$ 500, respectivamente para os três primeiros lugares, em uma conta digital no BS2.

As inscrições para o hackathon BS2 estão abertas e para participar basta se cadastrar diretamente neste link: https://www.sympla.com.br/hackathon-bs2__307527. Logo em seguida a equipe do BS2 entrará em contato com os participantes para efetivar o ingresso permanente. Para consultar o edital e mais informações acesse o site: http://hackathonbs2.com.br/.

Sobre o BS2

O BS2, evolução do Banco Bonsucesso, é uma instituição financeira com sólidos antecedentes que atua nos segmentos de crédito e serviços (câmbio, investimentos e meios de pagamento) e lança este mês sua plataforma digital. A nova marca vem acompanhada de um processo de modernização da instituição, que traz a mercado um novo conceito de conectividade entre pessoas e empresas. BS2 é uma sigla fácil e moderna, inspirada na linguagem digital, que representa a proximidade entre o banco e seus clientes e parceiros (S2).

04 de Julho - Quarta-feira - 10:48

Técnicas inovadoras do Vale do Silício são apresentadas na capital

Mulheres de referência no Brasil e nos E.U.A se juntam, amanhã, em BH, para falar sobre vivências e técnicas de aprimoramento

  

 O programa ‘She’s Tech’, idealizado e conduzido por Ciranda de Morais, realiza amanhã, dia 05 de julho, mais um evento de grande porte e pertinente conteúdo para quem se interessa por vivências internacionais e ações de empreendedorismo, principalmente para mulheres. Será na Faculdade Izabela Hendrix, localizada na Rua da Bahia, 2020, no bairro de Lourdes, região Centro-Sul de Belo Horizonte.

Neste primeiro horário, será iniciado o Meetup She’sTech – Conexões Vale do Silício (Califórnia – Estados Unidos). Nesta oportunidade, Morais contará como foram seus 20 dias de imersão no maior ecossistema de inovação e tecnologia do mundo e as experiências de buscar resultados e oportunidades internacionais.

Em seguida, acontecerá uma palestra e workshop da gerente de produto da Lunna, Thaisa Fernandes, que nessa passagem pelo Brasil também vai falar de suas vivências no Silicon Valley.

Ainda, a palestra intitulada “Produtividade e multitarefa: andam juntas?” dá continuidade ao evento. Na pauta, uma pesquisa realizada na Universidade de Stanford que descobriu que a multitarefa é menos produtiva do que fazer uma única coisa de cada vez. “Ao contrário do que costumamos pensar, o pesquisadoras e pesquisadores descobriram que as pessoas bombardeadas com várias informações não prestam atenção, não lembram de informações importantes ou até mesmo não conseguem mudar de uma tarefa para outra tão bem como aquelas que concluem uma tarefa de cada vez”, revela a criadora do ‘She’s Tech’.

Técnicas que podem ser utilizadas por empreendedores no dia a dia para aumentar a produtividade e manter a mente funcionando bem durante o processo de criação e trabalho executivo,  sem a necessidade de ter que acumular multitarefas.

Na sequência, haverá um painel com a própria Ciranda de Morais, com participação de Andrea Motta, da BeerOrCofee, Valéria França, da WTM/GDG BH e Flávia Reis, da FR Consultoria. Na ocasião, as quatro empreendedoras vão falar sobre a Conferência Google I/O, o Tech Super Women Summit, e, também, sobre as conexões e networking nos dias de imersão no Vale do Silício!

KABAN

Para encerrar as atividades do evento, Thaisa Fernandes volta ao palco como uma proposta da She'sTech Academy, uma braço do projeto macro de Ciranda de Morais. A executiva conduzirá o ‘Workshop kaban -  Como aplicar Lean Kanban em projetos.

Morais explica Kanban é uma palavra japonesa que significa algo como outdoor ou placa. “O Kanban é, basicamente, um limitador de fila e evita a sobrecarga de sistemas. Um dos principais benefícios de sua utilização  é estabelecer um limite máximo para o fluxo de trabalho em andamento. Ou seja, você precisa concluir uma tarefa/iteração de cada vez, em vez de fazer diferentes tarefas/iterações ao mesmo tempo”, diz Morais.

No workshop, a criadora do She’s Tech afirma que todos vão poder entender e aprender sobre o framework ( em livro tradução, Trabalho de Moldura) e também fazer um exercício que mostra como a multitarefa é menos produtiva do que fazer uma única coisa de cada vez. “Vamos ver diversos exemplos de como aplicar o Kanban na sua organização ou até em projetos pessoais diários. Vamos falar sobre priorização e gerenciamento de tempo”, conta e empreendedora.

INTERESSE PÚBLICO

Para mais informações e inscrições, gratuitas, deve-se acessar o shestech.org  As diversas atividades começam a partir das 17h:30.



26 de Junho - Terça-feira - 14:57

Evento apresenta novas tecnologias e soluções diferenciadas

Projeto quer gerar negócios entre produtores rurais, executivos do campo, entidades representativas, influenciadores e startups

 

Entre 250 e 300 pessoas são esperadas hoje, a partir da 18 horas, no espaço BeGreen Farm, localizado no Boulevard Shopping, bairro Santa Efigênia, região Centro-Sul da capital. É lá que será realizada a 1ª edição do “Agro Conecta”, projeto idealizado pela FAEMG, por meio do programa Novo Agro, com apoio, organização e participação do HUB MINAS DIGITAL (HMD).

Com presença confirmada de seis startups, um palestrante, 100 participantes diretos além de  influenciadores e diretores de empresas ligadas aos negócios do campo e produtores rurais, o evento tem como objetivo apresentar o que existe de mais moderno e eficiente em tecnologias para o ecossistema deste segmentado de mercado, responsável por cerca de 24% de todo o PIB do Brasil.

“É um acontecimento relevante e pertinente para este importante nicho de nossa economia. Estamos certos de que esta reunião de pessoas, que entendem e vivem o dia a dia rural, vai resultar em bons negócios para todas as partes envolvidas. E buscando torná-lo mais atraente, criamos um formato de movimentação e conexão rápidas, em que as pessoas vão se conhecer, as startups vão se apresentar, já com perspectiva de negócios e depois vão confraternizar, continuando as boas conversas”, explica Cayano Cougo, desenvolvedor de metodologias ágeis e agente de conexões e inovação do HMD.

Cougo afirma que o “Agro Conecta” inicia uma série de eventos com este formato “rápido” e que eles (eventos) passarão a ser uma constante em BH e, possivelmente, no interior do estado. “O HUB MINAS DIGITAL nasceu com a proposta de conectar médias e grandes empresas com startups que têm soluções adequadas para elas. Este propósito já se mostrou assertivo e está consolidado. Contudo, percebemos que há espaço para estes eventos que podem abranger empresas menores e que também precisam de soluções. Por isso, surgiu este formato, que torna o HUB mais amplo e democrático”, pontua.

Ainda de acordo com agente governamental, vários outros eventos já estão sendo desenvolvidos pela equipe do HMD. “Não posso adiantar muita coisa ainda, exatamente pelo fato de estarmos estudando nichos de mercado, empresas e startups para formatarmos os melhores produtos de conexão e inovação aberta. Apenas posso informar que o próximo será muito em breve e voltado para o segmento do turismo”, revela Cougo.

O Agro Conecta é o segundo evento com este modelo em que há participação do HUB MINAS DIGITAL. O primeiro, realizado no mês passado e totalmente idealizado pela equipe do HMD, foi o “HUB CONECTA CDL”. Voltado para conectar startups com empresas do varejo da capital e do interior, o projeto reuniu, aproximadamente, 250 pessoas na sede do HUB MINAS DIGITAL, situada no pós-modernista prédio conhecido como Rainha da Sucata, na Praça da Liberdade.

   

14 de Junho - Quinta-feira - 14:28

O MY Team está disponível grátis para download nas versões Android e iOS pelo link: http://onelink.to/myteam

Depois de alcançar mais de 18 mil downloads em cerca de um ano de funcionamento, o app que estava tinha apenas nas versões Atlético e Cruzeiro ganha agora a modo Seleção Brasileira para os jogos do Brasil na Copa.

 A equipe de do aplicativo de entretenimento My Team se prepara para conquistar novos campos. Depois de alcançar mais de 18 mil downloads em cerca de um ano de funcionamento, o app que estava tinha apenas nas versões Atlético e Cruzeiro ganha agora a modo Seleção Brasileira para os jogos do Brasil na Copa.

Para quem não conhece, o My Team trata-se de um aplicativo em que todas as rodadas  o torcedor dá a escalação do time, o placar do jogo e aponta os jogadores do seu time que irão fazer os gols. Assim, pontua em toda as rodas e ganha prêmios também. Isso porque, o aplicativo premia com uma camisa oficial do clube de coração todo mês quem mais pontuar, além de outros prêmios até mesmo por rodada. Agora para Copa, apenas na primeira fase serão 3 camisas oficiais da Seleção Brasileira. Uma por sorteio para quem estiver cadastrado, outra para quem pontuar mais na primeira fase, e outra para quem mais indicar amigos (essa pessoa recebe um código para convidar) até o término da primeira fase da Copa.

“O brasileiro tem o futebol como uma das suas maiores paixão. Vimos isso, já com os clubes Atlético e Cruzeiro. Não poderíamos deixar de fora a Copa do Mundo, quando o País praticamente para”, observa Téo Scalioni um dos sócios do My Team.   Segundo ele, no Brasil as pessoas acham que entende mais de futebol do que a outra, e com o aplicativo é a hora de tirar a prova e ver quem realmente mais pontua. “Acaba que acontece aquela disputa saudável e bacana com os amigos, e ainda com a enorme possibilidade de ganhar prêmios”, reforça.

Além da possibilidade de jogar com a Seleção, a novidade também fica por conta do My Team Parceiros. Nele, os estabelecimentos como bares e restaurantes podem lançar suas promoções, se divulgarem e ao mesmo tempo, privilegiar os usuários da ferramenta e permitir que ganhem vantagens nesses lugares conveniados. “O bar lança uma promoção de quem acertar o placar por exemplo ganha um tira-gosto. Os usuários vão para lá, assistem o jogo, consomem e ainda levam mais gente. Bom para o estabelecimento que vende mais e bom para o usuário que tem o prêmio benefícios”, explica Téo, reforçando que para participar da promoção o estabelecimento também não paga nada não, basta disponibilizar o prêmio promocional.

MY Team está disponível grátis para download nas versões Android e iOS pelo link: http://onelink.to/myteam