Clique aqui para visualizar os destaques da capa do Portal.
Ok, entendi.
08 de Março - Sexta-feira - 16:47

Durante dois dias, os participantes viverão uma verdadeira imersão no mercado de empreendedorismo digital.

Os sete primeiros convidados do Hangar Monetizze 2019 foram divulgados; evento vai reunir grandes nomes nos dias 12 e 13 de abril, em São Paulo.

 

Com a proposta de promover interatividade, conexões, encontros e relacionamentos para a geração de novos negócios, a Monetizze realiza a terceira edição do Hangar Monetizze nos dias 12 e 13 de abril, em São Paulo. O evento, que é um dos mais aguardados pelos profissionais do mercado de afiliados e produtores, terá um time de palestrantes formado por grandes profissionais.


 Os primeiros nomes confirmados para o evento são:


- Márcio Motta, fundador e CEO da Monetizze;

- Rafael Rez, fundador da Web Estratégia;

- Alberto André, diretor de search engine marketing e fundador do Sem Dúvida;

- Pedro Quintanilha, fundador da Mentalidade Empreendedora;

- Thiago Miguel, gestor de tráfego da Start Digital;

- João Pedro, especialista em negócios digitais e fundador do Programa Novos Ricos;

- Marcelo Ostia, empreendedor


Nos próximos dias novos palestrantes serão anunciados.


O idealizador do evento, Márcio Motta, conta que a Monetizze convidou profissionais de destaque em diversas áreas de atuação para proporcionar uma experiência enriquecedora para os participantes. “Escalamos um time de peso para o evento deste ano. A proposta é oferecer ao público conhecimento e informação com grandes profissionais do mercado. Vamos debater empreendedorismo, gestão, marketing e muitos outros temas. Nos próximos dias vamos divulgar os demais palestrantes”, diz Motta.

Durante dois dias, os participantes viverão uma verdadeira imersão no mercado de empreendedorismo digital. Os ingressos para a terceira edição do Hangar Monetizze já estão à venda. O primeiro lote custa R$ 797,00 e as inscrições podem ser realizadas em hangar.monetizze.com.br.

 Outra novidade pra este ano é a parceria entre o Hangar Monetizze e o Afiliados Brasil. Ao comprar um ingresso para o Hangar você ganha um ingresso para o Afiliados, o maior evento de marketing de afiliados do Brasil. Todos que comprarem o ingresso para o Hangar Monetizze vão receber um link cortesia do Afiliados Brasil por e-mail no dia 15 de abril.

 Grupo Monetizze

Formado pela ViaNet e Monetizze, o Grupo Monetizze conta com as seguintes soluções: Fantástiko Marketplace Imobiliário, que atua no desenvolvimento de soluções para uma imobiliária, desde o desenvolvimento de site até os sistemas de gestão. E a Monetizze, solução para pagamento online, seja para produtos físicos ou digitais.


 A empresa Monetizze é referência no mercado de afiliados e produtores digitais. Por dois anos consecutivos, 2017 e 2018, a empresa foi eleita a melhor plataforma de infoprodutos do país. A premiação foi realizada no maior congresso de Marketing de Afiliados da América Latina, o Afiliados Brasil.


Serviço

Hangar Monetizze 2019

Data: 12 e 13 de abril, sexta e sábado

Local: São Paulo

Palestrantes: Márcio Motta, Rafael Rez, Alberto André, Pedro Quintanilha, Thiago Miguel, João Pedro e Marcelo Ostia

 

 

21 de Fevereiro - Quinta-feira - 08:31

Big Data já é utilizado na análise de talentos e perfil dos candidatos

Big Data já é utilizo no marketing. Agora também, esse armazenamento de dados e suas respectivas análises também estão sendo usados para contratação de pessoal.

 Big Data é o armazenamento, análise e a interpretação de enormes volumes de dados de grande variedade, sejam estruturados ou não estruturados. No marketing e nas vendas é usado para reunir e analisar dados de clientes e prospects, e essa é também a regra quando se trata de selecionar candidatos a vagas de emprego: “Com Big Data já se armazena e analisa dados de empregados atuais e potenciais da empresa”, destaca Bruno Vieira Zago, diretor da Cedro Technologies, empresa provedora de soluções em consultoria, serviços de tecnologia e software.

Segundo ele, o objetivo, na maioria dos casos, é otimizar os processos de recrutamento e seleção e ainda otimizar os investimentos que a companhia tem com seus funcionários para saber, por exemplo, se o investimento feito está valendo a pena. “Essas e muitas outras perguntas podem ser respondidas com a tecnologia. As respostas podem ser utilizadas para aprimorar diversos processos na gestão dos talentos humanos. Acontece muita coisa ao mesmo tempo, precisamos armazenar tudo e depois com tempo vamos analisando”, enfatiza Zago.
 
Ele explica que muitas empresas que procuram por novos colaboradores podem cruzar os dados fornecidos pelos candidatos com os dos sites de empregos, além de mídias sociais como Facebook, Instagram e LinkedIn. “Tudo isso possibilita encontrar pessoas com as qualificações pretendidas, em rápido espaço de tempo e gerando uma forte economia”, exemplifica.
 
Uma das tarefas mais difíceis do RH talvez seja aumentar a retenção dos funcionários. As empresas com taxas de rotatividade altas acabam gastando um dinheiro precioso em colaboradores que não ficam muito tempo no quadro, desperdiçando recursos. “Com o Big Data, os profissionais de RH podem obter uma imagem mais precisa dos funcionários que estão deixando a empresa, dos motivos e se há algum padrão entre eles. Ao mesmo tempo, é possível identificar padrões entre as pessoas que optam por ficar na organização e chegar a um modelo que exalte esses pontos e possa corrigir as dificuldades em comum do primeiro grupo. Isso já é uma realidade”, afirma Zago.
 
Por meio de um Big Data bem implantado na área de RH, na prática, é possível descobrir se as pessoas têm experiência de trabalho relevante ou se são ou não mais inclinadas a ficar na empresa no longo prazo. Ou mesmo, se a duração das experiências anteriores impacta no desempenho do empregado na atual função. “A tecnologia pode ajudar ainda na avaliação de desempenho, com mais precisão, determinando, por exemplo, em quais períodos do dia a empresa produz mais. Ainda é possível usá-la para identificar os funcionários com melhor desempenho, inclusive atribuindo outros fatores na avaliação. Por exemplo: em um banco o Big Data pode ser usado para verificar quem atende mais clientes, como também quem presta um serviço de melhor qualidade, evitando desgastes com clientes”, enfatiza Zago.
 
Não apenas o Big Data, mas o Analytics, Inteligência Artificial, a Transformação Digital, o Agile e até Blockchain. Há uma nova geração de tecnologias, processos e metodologias surgindo no setor de RH, com aplicativos sendo desenvolvidos que completam a transformação digital. “Uma delas é a utilização de chatbots para ajudar na automação do setor. Com o uso de chatbots, o time de RH ganha tempo fazer interação humanizada e personalizada em situações mais necessárias, ao passo que questões mais simples são respondidas pelo robô. Dentre as vantagens que o atendimento automatizado do RH pode garantir, estão redução de custos, auxiliar os colaboradores em questões do dia-a-dia da organização e mais tempo livre para a equipe se dedicar a tarefas estratégicas. Além disso, gera alto nível de satisfação e atendimento em tempo integral. São novidades que vieram pra ficar”, finaliza Zago.
 
 
Sobre a Cedro Technologies:
 
 
A Cedro Technologies é uma provedora de soluções em consultoria, serviços de tecnologia e software. Fundada em 2005, por estudantes da Universidade Federal de Uberlândia, a empresa nasceu para desenvolver soluções para corretoras de valores. Atualmente, a empresa tem um portfólio completo e expertise, para negócios digitais e para a indústria financeira na criação de produtos e serviços customizados, envolvendo todo o ciclo de negócios voltado a investimentos, mercado de capitais, câmbio, empréstimos, cartões, renda fixa e variável, internet banking e mobile Banking. Com objetivo de transformar o mundo através de pessoas e tecnologias, com atuação global e sustentável, a empresa atende usuários nacionais e internacionais, somando 13 anos de mercado e 450 clientes ativos.
30 de Janeiro - Quarta-feira - 14:48

O MBA Liderança para o Futuro vem para transformar os estudantes e profissionais em líderes, mostrando como percorrer o caminho para chegar a liderança.

Desenvolvido pela mLearn em 2016, startup focada em aprendizagem móvel, o aplicativo QUALIFICA se inova no mercado e traz uma nova versão contendo o primeiro MBA do Brasil totalmente mobile, a partir de R$ 14,90 por mês.

 As modalidades de ensino mobile learning e educação a distância têm crescido consideravelmente no Brasil e já são alternativas de capacitação para quem deseja se aperfeiçoar, mas não tem a possibilidade de frequentar uma instituição física, seja por falta de tempo ou condição financeira. De acordo com dados do governo federal, 97% dos brasileiros têm smartphone, o que comprova que o modelo de aprendizagem mobile pode transformar o sistema de educação. Desenvolvido pela mLearn em 2016, startup focada em aprendizagem móvel, o aplicativo QUALIFICA se inova no mercado e traz uma nova versão contendo o primeiro MBA do Brasil totalmente mobile, a partir de R$ 14,90 por mês.

MBA Liderança para o Futuro vem para transformar os estudantes e profissionais em  líderes, mostrando como percorrer o caminho para chegar a liderança. Mostrando técnicas sobre como liderar pessoas, processos e comunicação em toda a empresa. A ementa privilegia disciplinas que são tendências no mercado, como Técnicas de Comunicação para Líderes, A Liderança e as Relações Interpessoais no Ambiente de Trabalho, Gestão de Projetos, entre outras.

O MBA Liderança para o Futuro é mais uma novidade no mercado. A plataforma chega no meio educativo, como o primeiro MBA totalmente online do Brasil com o endosso da Faculdade Arnaldo,  conhecida pela sua tradição e qualidade no mercado de educação de Minas Gerais.”, comenta Ricardo Drummond.

De acordo com o Professor Marcus Caetano, coordenador de pós graduação da Faculdade Arnaldo, “Como o celular é quase uma extensão da mão, a ideia é utilizar o mecanismo “celular” para o aprendizado, assistir uma aula, ler um texto e até mesmo fazer uma prova.”

Para Ricardo Drummond, CEO da mLearn, o MBA  . “Este curso vem para suprir um gap de liderança presente hoje na grande maioria das empresas brasileiras, trazendo skills totalmente novos  .

Além do MBA online, a nova versão do aplicativo QUALIFICA também disponibiliza clube de benefícios e carteirinha de estudanteQuem assina o QUALIFICA tem acesso ao clube de benefícios, podendo solicitar diversos tipos de voucher, como descontos em cursos, faculdades, cinema, lojas, farmácias, entre outros. Entre os principais parceiros estão: Cinemark, Wizard, Estácio, Netshoes e Saraiva.

Os alunos também possuem o direito de solicitar a carteirinha de estudante online, para usufruir de todos os benefícios previstos em lei. Uma novidade que possibilita aos usuários ampliar ainda mais a cultura visitando museus, teatros e cinemas.

Drummond explica que o QUALIFICA funciona como um sistema complementar voltado para pessoas que estão iniciando a vida profissional, para quem deseja se aperfeiçoar em determinada área, em busca de uma nova colocação no mercado de trabalho, um emprego melhor ou para quem simplesmente deseja aprender a tirar fotos incríveis com seu smartphone.

Com mais de 600 aulas disponíveis e um plano acessível (R$14,90 mensal), o QUALIFICA disponibiliza cursos diversos para seus usuários. Entre eles: Preparatório para o Enem, Inglês, Colocação no Mercado de Trabalho, Empreendedorismo, Controle seu Dinheiro, entre outras opções. 

Para fazer os cursos do QUALIFICA os alunos terão acesso a um sistema simples e didático que pode ser disponibilizado no smartphone, tablet ou computador. O dispositivo possui diversas funcionalidades: cursos, provas, certificados, artigos e exercícios e não há necessidade de estar conectado a internet para acessar os conteúdos. Basta fazer o download das lições, estudar e se qualificar.

Entre os diferenciais do QUALIFICA estão: a acessibilidade aos conteúdos, possibilidade de estudar o que mais lhe agrada, ter a oportunidade de cursar o primeiro MBA do Brasil totalmente online, carteirinha de estudante, fazer parte do clube de benefícios, além de uma equipe de desenvolvimento de conteúdos e suporte técnico disponível todos os dias.

 

SOBRE MLEARN

Criada em 2013, a mLearn é uma empresa focada em aprendizagem móvel que possibilita para instituições educacionais e empresas a entrega de programas educacionais via smartphones, usando gamification e ferramentas de aprendizagem social. Em 2014 a empresa teve o seu plano de negócios destacado pelo programa de Inovação e Empreendedorismo da Universidade de Standford, na Califórnia. A empresa já capacitou mais de quatro milhões de pessoas com cursos rápidos nas quatro operadoras do país, e conta com um sistema de distribuição de cursos prontos direcionados para áreas diversas.

SOBRE A FACULDADE ARNALDO

A Instituição, criada há 18 anos pela Congregação do Verbo Divino, carrega consigo os valores, a qualidade e a competência para atuar na área da educação herdados de uma instituição centenária presente em 67 países e 5 continentes. Além de ser uma Instituição comprometida em sua qualidade de ensino, a Faculdade Arnaldo preza por manter valores como respeito e ajuda ao próximo, investindo em ações que buscam promover os alunos e entidades sociais.

 

SOBRE RICARDO DRUMMOND

Formado em engenharia, com mestrado em administração e MBA em gestão de negócios, Ricardo Drummond sempre empreendeu. Acumula experiências em diversas áreas: é cofundador da Conta.MOBI, teve lojas de autopeças, investiu em mudas de café e teve uma empresa de eventos. Agora, atua na startup mLearn como sócio-fundador e CEO.

24 de Janeiro - Quinta-feira - 09:58

Para esse segundo ciclo do programa, diversas áreas da Oi elaboraram desafios que vão orientar a escolha das propostas

Hub de empreendedorismo e inovação da Oi localizado no Rio de Janeiro, estará em Belo Horizonte entre os dias 29 e 31 de janeiro para apresentar a empreendedores locais o novo edital de seleção

 O time do Oito, o hub de empreendedorismo e inovação da Oi localizado no Rio de Janeiro, estará em Belo Horizonte entre os dias 29 e 31 de janeiro para apresentar a empreendedores locais o novo edital de seleção de startups para o programa de aceleração da companhia. Para esse segundo ciclo do programa, diversas áreas da Oi elaboraram desafios que vão orientar a escolha das propostas, com foco em temas operacionais, financeiros e de negócio. Há também uma categoria “Open Telecom”. O regulamento está disponível no site do Oito (www.oito.net.br), onde devem ser feitas as inscrições para a seleção. Empreendedores que tenham interesse em agendar reunião em Belo Horizonte com o time do Oito podem fazer contato através do email contato@oito.net.br. 

 
10 de Janeiro - Quinta-feira - 09:52

Com a missão de empoderar mulheres na sociedade e no trabalho, Carine Roos e Amanda Gomes fundaram a ELAS(Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria)

Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.Com a missão de empoderar mulheres na sociedade e no trabalho, Carine Roos e Amanda Gomes fundaram a ELAS(Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria).

 Mesmo em maior número nas universidades, mulheres recebem salários 23,51% menores que os homens, exercendo as mesmas funções. Nos cargos de gerência, apenas 39,1% são ocupados por profissionais do gênero feminino, de acordo com a última pesquisa realizada pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). A preocupação com essa realidade despertou o interesse das empreendedoras Carine Roos e Amanda Gomes, que, juntas, criaram a primeira escola de liderança feminina do Brasil, a ELAS.

Com pouco mais de um ano, a escola oferece mentorias, workshops, palestras e cursos e, até o final de 2018, terão impactado 2.500 mulheres e certificado mais de 180 alunas. O objetivo das iniciativas é tornar as participantes mais seguras, confiantes, autossuficientes e empoderadas. Com uma metodologia própria, experiência em equidade de gênero e desenvolvimento comportamental, Carine e Amanda formam mulheres que desejam assumir posições de destaque no mundo corporativo e na sociedade.

"Nós sempre vimos muitas iniciativas de apoio, mas poucas ações práticas capazes de transformar esse cenário", diz Carine.

No Programa ELAS, que possui 54 horas de duração distribuídas em três módulos, as mulheres trabalham o autoconhecimento, forças e fraquezas e técnicas de negociação e de influência, alinhados aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas Empresas, defendidos pela ONU.

Neste período, as cofundadoras diagnosticam as participantes em três dimensões que podem ser analisados no término do Programa, mapeando o desenvolvimento e a evolução de cada uma dentro de determinadas competências. "Nós identificamos que nossas alunas finalizam o curso mais ambiciosas para conquistar espaços no mercado de trabalho e cientes de seus valores como pessoa e mulher", explica Amanda.

Em uma turma de cem mulheres certificadas, a ELAS constatou que 30% delas receberam aumento salarial ou foram promovidas após participarem do curso. Entre outras conquistas e avanços, as alunas destacam melhora na produtividade, no foco, na comunicação e no desenvolvimento pessoal, fatores imprescindíveis em ambientes profissionais cada vez mais competitivos. 

 Sobre a ELAS:

Criado em agosto de 2017 e alinhado aos Sete Princípios do Empoderamento das Mulheres nas empresas defendida pela ONU, a ELAS (Exercendo Liderança com Assertividade e Sabedoria) é a primeira Escola de Liderança e Desenvolvimento voltada para mulheres que buscam assumir posições de destaque nas empresas ou na sociedade. Além de oferecer workshops, palestras e mentorias, a Escola se destaca por um curso exclusivo chamado Programa ELAS, sendo a formação mais completa e intensa da Escola de Liderança.

A Escola nasceu para promover mudanças rápidas e concretas na vida das pessoas e nos resultados das empresas, tendo como missão ser referência no desenvolvimento de mulheres no Brasil. A ELAS respeita a essência e o talento de cada aluna, garantindo uma medição do desempenho e da evolução pessoal promovido pelo treinamento.

 

18 de Dezembro - Terça-feira - 09:05

Empresas de todo o Brasil e do exterior podem enviar propostas que atendam a desafios apresentados pela companhia

Programa do espaço de inovação e empreendedorismo da Oi, no Rio de Janeiro, começará em março e terá duração de 9 meses

 Estão abertas até o dia 16 de janeiro de 2019 as inscrições para startups interessadas em participar do programa de incubação do Oito, o espaço de inovação e empreendedorismo da companhia, localizado em Ipanema, no Rio de Janeiro. As propostas devem atender a desafios apresentados pela companhia e serão recebidas pelo site do Oito (www.oito.net.br) . O resultado será divulgado em fevereiro, após a realização de apresentações presenciais (pitch), e o programa terá início em março, com duração de 9 meses. Startups de todo o Brasil e do exterior podem participar do programa. O número de selecionadas será definido de acordo com a adequação das propostas enviadas aos desafios definidos no edital, elaborados com a contribuição de diferentes áreas da companhia. A seleção das startups será conduzida pela Oi com apoio da Associação Brasileira de Startups.

 
O Oito busca contribuir para o desenvolvimento de produtos e serviços de base tecnológica com capacidade de aumentar a eficiência operacional da Oi ou de gerar novas oportunidades de negócios para a companhia ou seus parceiros. Para isso, as startups selecionadas terão acesso a mentorias, apoio nas áreas gerencial, jurídica, financeira e de comunicação, e acesso facilitado a produtos e serviços de empresas parceiras, como Oracle, IBM e Amazon Web Services. As incubadas também terão à disposição até três posições de trabalho no espaço de coworking do Oito e poderão receber aporte financeiro para investimento no desenvolvimento do projeto proposto, em condições e valores a serem acordados entre as partes, incluindo ou não a possibilidade de participação do Oito no seu capital social.
 
Os desafios que deverão ser atendidos pelas propostas das startups foram divididos em três temas (operacionais, financeiros e negócios) e cada um tem objetivos específicos, relacionados a áreas estratégicas da Oi e com potencial de aplicação em diversos segmentos de atuação de clientes atuais e potenciais da companhia.
 
 
Critérios de seleção
 
O Comitê Interno de Seleção das startups será composto por executivos da Oi. Além da aderência aos desafios, os critérios de seleção serão a maturidade do projeto e da empresa, a viabilidade técnica e econômica do empreendimento, a consistência entre o modelo de negócio e a estratégia de entrada no mercado, a base tecnológica e grau de inovação e competitividade da solução, potencial de sinergia da startup com as demais incubadas, e a qualificação dos proponentes e da equipe. 
 
Atualmente, sete startups participam do primeiro ciclo de aceleração do Oito: Energy2go (https://www.energy2go.com.br/), Everywhere Analytics (http://www.everywherebi.com.br/), Genesis Training (http://genesistraining.com.br/), Holmes, Nearbee (http://www.nearbee.com.br/), Top2You (http://top2you.net/) e Gamer Trials (https://www.gamertrials.com/). O Oito também abriga startups residentes, que alugam posições de trabalho no espaço de coworking, e mantém uma agenda de eventos para fomentar o desenvolvimento do ecossistema de inovação no Rio de Janeiro e no Brasil.
 
 Entre os parceiros do Oito estão Nokia, IBM, Oracle, Amazon Web Services, CPqD, Instituto Nacional de Telecomunicações (Inatel), Senai, escritório Montaury Pimenta, Machado & Vieira Mello e o Oi Futuro, instituto de inovação e criatividade da Oi.
 
 
11 de Dezembro - Terça-feira - 14:58

A CCXP18 terminou neste domingo, 9, e se reafirmou como o maior festival de cultura pop do mundo

Evento bate recorde de visitantes e recebe 262 mil pessoas.A rede Oi registrou mais de 460 mil conexões nos 4 dias da Comic Con. Tráfego total da rede equivale a 1,98 milhão de fotos em alta resolução, 3 mil horas de streaming de vídeo, 350 mil horas de jogo de futebol online

 

A CCXP18 terminou neste domingo, 9, e se reafirmou como o maior festival de cultura pop do mundo ao receber um total de 262 mil visitantes. Deste número, 50% corresponde a São Paulo e o restante está distribuído pelos demais 26 estados e o Distrito Federal. Quem passou pelo evento veio preparado para garantir lançamentos de produtos e itens desejados pelos amantes deste universo, o que trouxe a CCXP um ticket médio de compras de R$300.

Outro dado que chama atenção é a presença feminina no cenário geek. Somente nesta edição, do total de público presente, 55% correspondeu a homens e 45% foi feminino. Sendo que, se analisarmos o fator idade, até os 25 anos as mulheres compareceram em maioria em relação ao sexo oposto.

Falando em conteúdo, a CCXP18 trouxe a meca do cinema internacional, a partir de lançamentos e surpresas promovidas pelos estúdios para quem estava nos Auditórios do evento, com participações internacionais de Jake Gyllenhaal, Sandra Bullock, Zachary Levi, Tom Holland, Brie Larson, Ellen Page, Michael B. Jordan, Sebastian Stan, Ellen Page e Tom Holland, entre outros. Estiveram presentes 42 delegações de Hollywood, um recorde do festival.

“Não foi por acaso que nos tornamos o centro das atenções do mundo quando do estamos falando em lançamentos de cultura pop. A CCXP cresceu e hoje estamos inclusive chegando a outro continente. Queremos que o mundo conheça a qualidade de entrega do Brasil quando o assunto é o universo do entretenimento. Todos os estúdios estão aqui nos prestigiando e trazendo seus conteúdos ainda não vistos por outros países”, afirma Pierre Mantovani, CEO da Omelete Company.

CCXP: um festival de experiências para todas as idades

As 103 marcas presentes na CCXP18 produziram ativações especiais para receber um público bastante exigente. Destas, cinco eram patrocinadoras e oito apoiadoras. Da beleza da cenografia à qualidade da programação, os visitantes tiveram experiências que iam desde uma simulação da série Casa do Papel, de NETFLIX; a fotos em cenografias de filmes da Disney/Pixar como Alladin, Toy Story 4 e Dumbo; até a vivência de realidade virtual para pouso de helicóptero promovida pela Globoplay, que trouxe a série a “Ilha de Ferro” para o seu espaço. O robô Bumblebee, que tem sua estreia na tela grande em 25 de dezembro, marcou presença na área da Hasbro.

O público que buscou produtos exclusivos pode aproveitar os lançamentos dos colecionáveis da Iron Studios e ainda os Fine Arts da Disney também trazidos pela empresa.

Outra área do evento que recebeu inúmeros fãs foi a Artists’ Alley, com um total 530 quadrinistas que levaram sua expressão para a CCXP. Já o Creators Stage, novo espaço do festival foi uma aposta de sucesso. O local surpreendeu os visitantes ao receber mais de 120 nomes entre celebridades da TV e criadores de conteúdo para uma programação diversificada que ia desde aulas de gastronomia, talks show, apresentações musicais e outras atividades.   

De acordo com a organização do evento, a estimativa é que, somados, o faturamento das marcas, chegue a R$ 50 milhões. Ainda em números, a CCXP18 gerou um total de 10 mil empregos, entre diretos e indiretos.

“Além da geração de emprego, que é de grande importância para a nossa economia local, trazemos um outro número extremamente relevante, que é o de turistas. O impacto econômico que causamos é estimado em R$ 100 milhões. Para o próximo ano, já estamos trabalhando para ampliarmos ainda mais as entregas tanto para o público quanto para os nossos parceiros nesse evento épico. Todos podem se preparar”, afirma Mantovani contando em primeira mão que a CCXP 2019 acontecerá de 5 a 8 de dezembro.

Transmissão da CCXP18 chega a 55 países

Foram quatro dias de evento, com um total de 41 horas de programação ininterrupta, o que significa que as equipe de redes do Omelete não pararam um segundo sequer. Foram produzidas 120 horas de live para o canal do Youtube Omeleteve, com um alcance potencial de 100 milhões de pessoas.

“Para alcançarmos este número estrondoso, utilizamos a mesma tecnologia de grandes eventos, como Copa do Mundo e Jogos Olímpicos. Uma unidade móvel ficou dedicada ao Omelete para garantir toda a qualidade que precisávamos. Assim, conseguimos levar conteúdo produzido no Brasil, diretamente da CCXP18, para nada menos que 55 países. Estou realmente comemorando este alcance”, garante Roberto Fabri, CCO da Omelete Company.

Último dia da CCXP18, 9, tem Michael B. Jordan, Sandra Bullock e crianças de Stranger Things

A CCXP18 se despede do público em um domingo épico, como os organizadores dizem. O último dia de Auditório Thunder Cinemark XD começou com um verdadeiro espetáculo da Warner, que levou à loucura os fãs de Michael B. Jordan, Tessa Thompson e Florian Munteanu. Os três falaram sobre a continuação da franquia Rocky Balboa, Creed II, cuja pré-estreia aconteceu no festival. Outra estrela do painel foi Zachary Levi, que interpreta Shazam. O ator se diz emocionado por entrar para o universo da DC Comics: “Shazam! é sobre a criança interior, um menino que se descobre um super-herói. É um filme muito divertido, com um protagonista bastante espirituoso”. Já a Netflix brindou o público com a exibição de “Caixa de pássaros”, que estreia na plataforma dia 21 de dezembro. O estúdio trouxe também Sandra Bullock, uma das estrelas mais aguardadas do evento, e parte do elenco da série Stranger Things.

No último dia do festival, o público também pode conhecer o vencedor o melhor Cosplayer do Brasil. Júlio César Shirou, cosplay do personagem Link, da série de games The Legend of Zelda, levou o título e também um Ford Ka Sedan SE Plus 1.0 Zero km.  O Auditório Prime recebeu os consagrados artistas Lee Weeks e Peter Milligan para masterclasses. Mike Deodato Jr. também esteve presente no espaço e se emocionou ao ser questionado por um fã se continuaria a trabalhar com o personagem Flama, criado por ele.

A Game Arena recebeu a final do Torneio Universitário de eSports do jogo CS: GO. O time da PUC-SP enfrentou a equipe da UTFPR, que se consagrou a campeã. Já no Auditório Ultra o painel mais disputado foi a homenagem ao legado de Stan Lee. Os convidados, Marcio Takara, Mike Deodato, Leonardo Romero, RB Silva e Adriano Di Benedetto, contaram sobre os títulos que estão trabalhando atualmente e quais foram seus primeiros contatos com o universo do icônico gênio da Marvel Comics.

Sobre a CCXP 

A CCXP reúne fãs, profissionais e empresas em uma grande celebração, repleta de novidades do universo geek e da cultura pop. Em 2018, o evento chega à sua quinta edição e vai comemorar os 80 anos do Superman com atividades oficiais da DC Comics, que incluem painéis com artistas nacionais e internacionais. Em 2017, a CCXP – maior  festival de cultura pop do planeta – recebeu 227 mil pessoas e abrigou o maior Artists’ Alley do Hemisfério Sul – com 515 ilustradores e quadrinistas de 15 países. O evento é realizado pela Omelete Company, Chiaroscuro Studios e PiziiToys. Para saber mais, acesse: www.ccxp.com.br. 


 

 REDE DA OI NA CCXP REGISTRA 7 TERABYTES (TB)  DE DADOS TRAFEGADOS E MAIS DE 460 MIL CONEXÕES À REDE Oi WiFi

 A Oi registrou mais de 460 mil conexões à rede Oi WiFi nos 4 dias da Comic Con Experience 2018, que terminou neste domingo, em São PauloEssas conexões geraram mais de 7 Terabytes (TB) de dados trafegados – volume 1,22 maior do que foi registrado na final da Copa do Mundo de 2014, em que a Oi também foi a fornecedora de soluções de telecom. O tráfego total da rede da Oi na CCXP equivale a 1,98 milhão de fotos em alta resolução, 3 mil horas de streaming de vídeo, 350 mil horas de jogo de futebol online e 175 mil horas de jogo de guerra online.

Este foi o segundo ano da Oi como patrocinadora do evento que reuniu os amantes da cultura geek. Além de ter montado um estande com 2 andares na CCXP, a empresa ofereceu Oi WiFi em algumas áreas do evento, além de uma infraestrutura de 8 km de fibra nos pavilhões e antenas para reforço da cobertura móvel 3G e 4G.  Com um portfólio integrado de soluções de Dados e TI para grandes eventos, a Oi forneceu links de altíssima capacidade (10Gbps) para o Omelete Stage (estúdio e zona de autógrafos), Game Arena (área de competições) e Creators (ponto de encontro de influenciadores). Foram instalados 200 equipamentos para garantir a conectividade com alta velocidade e robustez ao evento.

O Centro de Gerenciamento de Serviços, estrutura montada exclusivamente para atender a CCXP, monitorou toda a infraestrutura de Telecom, TI e Segurança da Informação, de forma integrada, contando também com dispositivos de Internet das Coisas para controle de abertura de portas, energia e temperatura de equipamentos em áreas estratégicas, garantindo assim a melhor experiência em dados ao público visitante.

 

29 de Novembro - Quinta-feira - 15:20

Iniciativa da CDL/BH com o apoio do Sebrae-MG teve como objetivo acelerar startups com projetos voltado ao varejo

o evento de encerramento do projeto acontece no dia 13 de dezembro, após a conclusão de várias reuniões e cursos de capacitações com os varejistas e startups classificadas do programa.

 

 

 O Varejo Inteligente, uma iniciativa da CDL/BH com o apoio do Sebrae-MG, apresenta o evento de encerramento do projeto, após a conclusão de várias reuniões e cursos de capacitações com os varejistas e startups classificadas do programa

Na primeira etapa, os varejistas tiveram a oportunidade de apresentar as dificuldades que encontram em vender mais e com segurança os seus produtos e serviços, captar novos clientes e fidelizar antigos, gerir estoque, motivar os colaboradores, divulgar seus produtos com êxito e criar valor a suas marcas, onde as empresas de startups tiveram como objetivo criar soluções para essas e outras dificuldades do varejo. Em seguida, a CDL/BH promoveu workshops com diversos temas de capacitação com soluções ideais para as dificuldades das empresas varejistas com as soluções propostas pelas startups

Chegou o grande momento da conclusão do programa. A CDL/BH convida todos empresários, Startups e potenciais investidores para participarem do evento de encerramento da 3ª Edição do Varejo Inteligente. Uma ótima oportunidade para você realizar negócios e se aproximar do ecossistema de inovação, gerando conhecimento e valor ao seu negócio.

O evento contará com a participação do palestrante Caio Camargo, um incansável apaixonado por tudo que possa estar ligado ao mundo do varejo e ao futuro deste. Arquiteto, blogueiro, professor, executivo, anjo-investidor e empreendedor, criou um dos principais sites sobre o varejo brasileiro, o Falando de Varejo. Com mais de 12 milhões de leitores e dezenas de milhares de seguidores nas principais redes sociais, é uma das principais referências do mercado quando se trata de vender mais e melhor. É autor do livro Arroz, Feijão & Varejo.

Durante o evento, três startups que participaram do programa, serão premiadas de acordo com os seus negócios tecnológicos mais promissores para a área do comércio varejista, e alguns dos empresários participantes, poderão contribuir com seu depoimento divulgando a importância de sua participação no programa.

 

Agende-se

Data: 13/12 
Horário: 18:30h
Local: Sebrae-MG
Endereço: Av. Barão Homem de Melo, 329 - Nova Granada, Belo Horizonte - MG  

 

Faça agora mesmo a sua inscrição gratuitamente.

Acesse o site: varejointeligente.cdlbh.com.br

27 de Novembro - Terça-feira - 08:51

De acordo com pesquisa do CAGED, o número de desempregados vem caindo

O ano de 2018 está em sua reta final. Foram meses e meses difíceis. No entanto, mesmo antes do seu término, já apresenta algumas melhoras mostrando o quanto o Brasil é um País forte.

 Artigo escrito por Leonardo Navarro, sócio e diretor do Instituto Idebrasil 

O ano de 2018 está em sua reta final. Foram meses e meses difíceis, que acompanharam a grave recessão que assola o Brasil por quatro anos com poucos investimentos - tanto internos quanto externos - e alta taxa de desemprego. Para agravar, teve a Copa do Mundo, período no qual o País praticamente parou por cerca de 30 dias, e a própria eleição, considerada a mais acirrada da história, sendo que, em pelo menos 45 dias não se falou em absolutamente mais nada.

      No entanto, mesmo antes do seu término, 2018 já apresenta algumas melhoras. Sem falar que as perspectivas para o ano que vem também apontam para um quadro positivo, mostrando quanto o Brasil é um País forte, que apesar dos problemas e dificuldades, consegue se reerguer, sacudir a poeira e dar a volta por cima.  

       Basta observar que estudos apontam para esse caminho. De acordo com números divulgados pelo Cadastro Geral de Empregados e Empregadores (CAGED), em setembro, foram criadas 137 mil vagas de empregos com carteira assinada. Trata-se do maior índice para o período desde 2013. Com isso, o saldo positivo de vagas nos nove primeiros meses do ano é de 719 mil. Embora o número de desempregados esteja em cerca de 12 milhões, observa-se que, felizmente, esse número vem caindo.

         Ainda de acordo com o estudo do CAGED, entre os setores destacados responsáveis por esses números satisfatórios em setembro,  está o de serviços, que empregou 60,9 mil pessoas, seguido pela indústria de transformação, com 36, 4 mil, e comércio, 26,6 mil. Vale lembrar que esses números tendem a melhorar devido às festas de fim do ano, 13° na conta, economia girando e contratações temporárias ou não para atender as demandas do período.   

         Outro ponto importante para se destacar é a força das Pequenas Empresas. Sendo a principal fonte de emprego neste ano, a expectativa é de que encerre 2018 com um saldo entre 550 mil e 600 mil empregos, o maior dos últimos três anos. Todos de carteira assinada!

          Para 2019, com a eleição de Jair Bolsonaro, considerado o preferido pelo mercado no segundo turno das eleições presidenciais, a tendência é que os números da economia brasileira continuem melhorando. Conforme estudo realizado pelo Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada (IPEA), a economia vai apresentar recuperação no ano que vem. Tanto que a previsão é que o Brasil tenha um crescimento de 2,9% em 2019, número quase três vezes maior do que o esperado para 2018, que deve ficar na casa de 1,2%.

           

 Outra perspectiva para o ano que vem é que os investimentos voltem a acorrer no Brasil gerando assim mais empregos e renda. É claro que muito disso vai depender de algumas medidas tomadas pelo próximo governo, principalmente, no que diz respeito à política fiscal e ao corte de gastos públicos, tendo como carro-chefe a tão polêmica, no entanto necessária, reforma da Previdência Social.

         Mesmo assim, a hora agora é de preparar o terreno. Planeje as metas para o ano que vem e já vá testando as mudanças e transformações em sua empresa. Vale reforçar que por mais que pareça dicas de autoajuda, quem sobreviver vai sair mais forte e navegar em águas tranquilas em breve.  O ambiente está conspirando e a verdadeira virada está só começando. Basta acreditar!   

 

 

24 de Outubro - Quarta-feira - 11:04

O jovem buscou oportunidades e teve inciativa. Características essenciais para empreendedores de sucesso conforme aponta estudo americano

Saiba como as atitudes e inciativas do criador do Facebook fizeram a diferença para transformar a sua plataforma no que ela é hoje.

 Abaixo, artigo escrtito por Leonardo Navarro, sócio e diretor do Instituto Idebrasil 

Quando estava na Universidade de Harvard, o jovem programador Mark Zuckerberg lançou uma plataforma, em que os alunos colocavam as fotos e eles próprios votavam e elegiam os estudantes mais bonitos e sexy. O sucesso foi tamanho que travou o servidor da universidade. No entanto, a ferramenta recebeu muitas críticas pois muitos alunos, principalmente os que não foram bem ranqueados, achavam que estavam sendo expostos sem nenhuma autorização.

 Zuckerberg tirou imediatamente o site do ar. No entanto, havia um anseio por parte dos alunos de Harvard para que se fosse implementado uma plataforma que possibilitasse a interação entre os alunos. Enquanto a universidade demorava decidir quanto a “construção” do site, ele não pensou duas vezes: levou a ideia para outros amigos, inclusive o brasileiro Eduardo Severin, e criaram a ferramenta, conhecida hoje como Facebook. Incialmente, apenas para estudantes de Harvard, atualmente atingindo 2 bilhões de usuários no mundo.

 O que Zuckerberg fez de diferente? Ele simplesmente percebeu uma demanda, onde nem a Universadade de Harvard havia percebido, e viu isso como uma grande oportunidade para começar um novo negócio. Além de perceber esta oportunidade ele teve a iniciativa para articular e colocar o negócio em prática.

 De acordo com o psicólogo americano e cientista de Harvard, Dr. David McClelland que na década de 60, realizou um estudo no qual identificou as 10 características dos empreendedores de sucesso, a “Busca de Oportunidade e Inciativa” trata-se de uma característica essencial para o empreendedor conseguir e obter sucesso em seu negócio. David McClelland, ressalta que muitos empreendedores enxergam uma grande oportunidade, mas não conseguem implementa-las, simplesmente por não terem a iniciativa.

       McClelland, foi ainda mais longe, quando identificou em suas pesquisas, quais são os 03 comportamentos que estes empreendedores praticam em seu dia a dia, que demonstram possuírem tal característica, são eles:

 

1) Fazer as coisas antes de solicitado ou forçado pela circunstância

 

2) Agir para expandir o negócio para novas áreas de produtos ou serviços

 

3) Aproveitar uma oportunidade fora do comum para começar um negócio, obter financiamento, equipamentos, terrenos, local de trabalho ou assistência.   

        

Deixando Mark Zuckerberg de lado, faça uma reflexão sobre as pessoas próximas a você. Quais empresários e empreendedores você conhece que são de sucesso? Eles possuem tais comportamentos que demonstram terem essa característica? E você como empreendedor, tem buscado novas oportunidades e tido a iniciativa de transforma-las em negócio?

Caso você não tenha esta característica como um ponto forte, aqui vai uma grande notícia. Segundo McClelland, ao contrário que muitos pensam, não é preciso nascer empreendedor, é possível sim, desenvolver tais características e trilhar o seu caminho para o sucesso, sem a necessidade de ter nascido com uma “veia empreendedora” 

Dentro desta série “10 Características dos Empreendedores de Sucesso” em que abordo tais características e comportamentos destes empreendedores, convido-o a um grande desafio. Para desenvolver esta característica, tente nesta próxima semana, realizar pelo menos uma ação por dia que demonstre um dos comportamentos observados na característica “Busco de Oportunidade de Iniciativa”.

E para ter o meu apoio e de toda nossa equipe no seu desenvolvimento como empreendedor, nos envie inbox pelo Facebook (a ferramenta do Zuckerberg), o que você fez, para darmos feedbacks e acompanharmos o seu crescimento.

Comece hoje mesmo a “Busca de Oportunidade e Inciativa”, quem sabe o próximo Zuckerberg não é quem está lendo este artigo neste momento.