Recuperar Senha
Fechar
Entrar
Colégio realiza debate entre candidatos e cria enquete ilegal

Minas

Colégio realiza debate entre candidatos e cria enquete ilegal

13/09/18 - 16h26

O Colégio Batista Mineiro realizou na manhã desta quinta-feira (13) um debate em que todos os candidatos ao governo de Minas foram convidados pela entidade. Entretanto, apenas Dirlene Marques (PSOL) compareceu e Fernando Pimentel (PT), Jordano Metalúrgico (PTSU) e Romeu Zema (Novo) enviaram os respectivos vices como representantes. 

Fazendo a cobertura em tempo real pelas redes sociais, o colégio acabou criando uma enquente no Twitter com a legenda de "E aí? #Eleições2018 #DebateNoBatista" com as opções de Pimentel, Zema, Dirlene e Jordano. Entretanto, esse tipo de enquete é proibida pela Lei das Eleições. De acordo com o Tribunal Superior Eleitoral (TSE), "é vedada, no período de campanha eleitoral, a realização de enquetes relacionadas ao processo eleitoral". Esse tipo de levantamento, segundo o TSE, deve ser punido com o pagamento de multa independentemente da menção ao fato de não se tratar de pesquisa eleitoral.

 

Procurado pela reportagem, o colégio disse que a pesquisa não se referia à intenção de voto e sim sobre qual candidato ou representante tinha se saído melhor no debate, "tanto que tem a nossa hashtag", disse uma assessora. De acordo com a assessoria de imprensa da instituição, os tweets eram feitos por estudantes monitorados pela equipe de comunicação do colégio.

 

Procurado, o Tribunal Regional Eleitoral (TRE) disse que para atuar nestes casos, deve chegar uma representação. As partes legitimadas para entrar com representação são o Ministério Público, partidos, coligações e candidatos.

 

Veja a íntegra da nota enviada pelo colégio:

“A enquete publicada no Twitter da Rede Batista de Educação se refere ao debate eleitoral realizado nesta quinta-feira (13), com os candidatos ao Governo de Minas Gerais presentes. A publicação não teve manifestações significativas e não acarretou nenhum tipo de prejuízo à imagem dos candidatos. A publicação não se trata de uma enquete eleitoral com intenção de votos, mas tão somente de avaliação de comportamento dos candidatos durante o debate.”

 

 

 

 

e aí? #Eleições2018 #DebateNoBatista

— Rede Batista (@redebatista) 13 de setembro de 2018

 

 

 

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter