Política em Análise

A destruição do PSDB

22/11/21 - 10h49
O PSDB levou adiante, neste fim de semana, mais uma etapa do processo de destruição da legenda, uma das mais importantes na história do Brasil após a redemocratização. Mais dividido do que nunca, sofrendo risco de debandadas e sem conseguir colocar adiante uma candidatura competitiva no tabuleiro de 2022, os tucanos passaram vergonha ao não conseguirem concluir, por enquanto, o processo de prévias, que coloca frente a frente os dois mais importantes governadores da legenda, João Doria (SP) e Eduardo Leite (RS), com o prefeito de Manaus, Arthur Virgílio, correndo por fora. Mais do que ameaçar a competitividade da legenda nas próximas eleições, o balaio de gato em que se transformou a disputa interna coloca em risco a própria existência do PSDB.
Log View
Fechar barra
Notamos que você está com o seu bloqueador de anúncios ativo.
Considere desativar o bloqueador de anúncios ou assinar para nos auxiliar a continuar com um jornalismo de qualidade.