Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Brasil

Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram

Os detentos tinham feito um acordo com o governo para encerrar o motim e entregar o último refém após o término das transferências; a motivação da rebelião ainda não está clara

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
CASCA2.jpg
Os presos reclamaram da violência de agentes e pediram melhorias na comida e na estrutura do local
PUBLICADO EM 26/08/14 - 09h52

Após 44 horas, terminou na madrugada desta terça-feira a rebelião de presos na Penitenciária Estadual de Cascavel, no oeste do Paraná. A rebelião, iniciada na manhã de domingo (24), deixou cinco presos mortos -dois deles decapitados- e 25 feridos.

Os dois agentes feitos reféns foram libertados durante a madrugada após a transferência de 851 presos dos pouco mais de 1000, já que a cadeia ficou destruída.

Os detentos tinham feito um acordo com o governo para encerrar o motim e entregar o último refém após o término das transferências.

A expectativa da Secretaria da Justiça do Paraná é realizar uma vistoria no presídio ainda na manhã desta terça-feira (26).

A motivação da rebelião ainda não está clara. Os presos reclamaram da violência de agentes e pediram melhorias na comida e na estrutura do local.

Os alvos dos motinados foram os presos condenados por crimes sexuais, chamados de "duques". Havia cerca de 50 deles no presídio.

Advogados que acompanharam as negociações relataram à reportagem ter sentido um forte cheiro de carne queimada na segunda-feira (25).

Folhapress

O que achou deste artigo?
Fechar

Cascavel

Termina rebelião em penitenciária no Paraná onde cinco presos morreram
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter