Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Alta Vila Center não consegue desabrochar

Com menos de um ano de existência, shopping não decola; das 72 lojas previstas, menos de 20 funcionam no local.

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 16/05/06 - 00h01

Inaugurado há menos de um ano o Alta Vila Center Class está às moscas. Das 72 lojas previstas, menos de duas dezenas estão funcionando e a maioria só abre as portas na parte da tarde, apesar de o horário de operação ser das 11h às 23h, conforme o site oficial do local.

O mesmo site lista 19 lojas que estariam abertas, mas inclui no rol empresas que já encerraram suas atividades no local, como a livraria Leitura. Há até uma mensagem convidando o visitante a "ler um bom livro curtindo uma vista maravilhosa das montanhas pela parede de vidro da loja".

Há também menção a operações que ainda não foram iniciadas, como o Espaço Estrada Real. O Instituto Estrada Real, informa que até o meio do ano vai abrir um posto para divulgação do circuito turístico.

De acordo com a assessoria de imprensa, o espaço foi cedido pela administração e, por isso, a baixa frequência de público não acarretará prejuízos.

Para o proprietário da pastelaria Fujiyama, Paulo Nonaka, um dos poucos empresários que ainda permanecem no local, os corredores vazios significam 70% de ociosidade na loja na qual investiu R$ 150 mil.

Na opinião dele, o shopping foi inaugurado antes da hora. "Se todas as operações estivessem funcionando, teria outro impacto", afirma. Ele diz que lojistas e administradores estão buscando uma alternativa para que a promessa de um bom negócio vire realidade.

Uma das estratégias pode ser uma inauguração oficial, com campanha de divulgação, o que não aconteceu quando o lugar abriu as portas em julho de 2005. Segundo Nonaka, indicativo de que o Alta Vila tem potencial, é o movimento de sábado à noite.

Segundo os funcionários, este é o único dia da semana em que há bom movimento. O que atrai o público é a torre de 101 metros que oferece vista privilegiada da cidade, e opções de lazer, como o Hard Rock Café.

O presidente da empresa no Brasil, Norberto Herrero, diz que o movimento vem correspondendo às expectativas nas noites de quinta, sexta e sábado, mas deixa a desejar no horário de almoço.

"Com certeza o sucesso do Alta Vila irá incrementar o nosso crescimento, pois aumentando a circulação de pessoas é maior a possibilidade de as pessoas nos visitarem e conhecerem os nosso produtos e programação", afirma.

Herrero também confirma que a administração vem buscando um caminho para revitalizar o local, que recebeu investimentos de R$ 50 milhões.

Para buscar essa nova alternativa, os empreendedores assumiram recentemente a administração do Alta Vila. A administração do shopping foi procurada insistentemente pela reportagem desde a semana passada, mas não retornou as ligações.

O que achou deste artigo?
Fechar

Alta Vila Center não consegue desabrochar
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter