Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Economia

Petrobras se desvaloriza 40% 

Mesmo com reação ontem, papéis despencaram no ano e valor de mercado é igual ao de 2005

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
K-G
Ações da Petrobras caem 18% na semana e têm menor valor em 11 anos
PUBLICADO EM 17/12/14 - 04h00

São Paulo. As ações da Petrobras fecharam no azul ontem após 6 pregões consecutivos de queda, em dia marcado por fortes oscilações dos papéis da estatal na Bovespa e por um cenário de aversão a risco nos mercados globais. O Ibovespa, principal índice da bolsa, fechou em queda de 0,02%, a 47.007 pontos, impactado pelo desempenho de ações de empresas de educação e de bancos em uma sessão de intensa volatilidade. As ações preferenciais da Petrobras ganharam 2,18%, a R$ 9,38. Já os papéis ordinários da estatal fecharam a R$ 8,70, em queda de 2,11%. Os papéis da petroleira chegaram a cair cerca de 6% no início dos negócios e, durante a sessão, foram negociados com alta de mais de 7%.

Diante da queda acumulada de 25% nos últimos 6 pregões e da perda de 40% no ano, a alta de ontem foi classificada por operadores como um leve ajuste técnico. Permanecia nos mercados a apreensão com a contínua queda dos preços do petróleo acentuou-se com a alta taxa básica de juros na Rússia de 10,5% para 17% para enfrentar o colapso do rublo, enquanto dados da China mostraram contração da atividade industrial.

Mesmo com o ajuste do preço das ações ontem, o valor de mercado da Petrobras correspondia a 31,84% do seu patrimônio líquido, de acordo com um estudo da Economatica, divulgado ontem e com base na evolução do preço das ações até segunda-feira. O valor de mercado chegou a R$ 114,8 bilhões, ante patrimônio liquido de R$ 360,7 bilhões.

O cálculo foi efetuado considerando o patrimônio líquido do segundo trimestre de 2014, tendo em vista que a empresa ainda não divulgou o balanço do mês de setembro, explica a Economatica.

O maior porcentual da relação entre valor de mercado e patrimônio liquido foi verificado em 22 de maio de 2008, quando o mercado pagava 488,39% do patrimônio líquido.

Uma relação similar a que a Petrobras tem hoje só foi vista no dia 01 de janeiro de 1996, quando o mercado pagava pela empresa 31,83% do seu patrimônio líquido. O valor de mercado da Petrobras em 15 de dezembro, de R$ 114,84 bilhões, é comparável à cifra vista em 23 de maio de 2005, quando a empresa valia R$ 113,83 bilhões. O maior valor de mercado da empresa foi registrado em 22 de maio de 2008, com R$ 510,39 bilhões.

O que achou deste artigo?
Fechar

Ações

Petrobras se desvaloriza 40% 
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter