Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Estado Islâmico

Conselho de Segurança condena execução de 21 cristãos egípcios

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, denunciou o que chamou de ato bárbaro

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
000_Nic6417259.jpg
O EI divulgou no domingo um vídeo em que mostra a decapitação de uma dezena de homens
PUBLICADO EM 16/02/15 - 13h30

Os quinze membros do Conselho de Segurança das Nações Unidas condenaram com firmeza a decapitação de 21 cristãos coptas egípcios na Líbia, reivindicada pelo grupo Estado Islâmico (EI).

O secretário-geral da ONU, Ban Ki-moon, denunciou o que chamou de ato bárbaro e afirmou que "o diálogo é a melhor possibilidade de ajudar a Líbia a superar sua atual crise".

O EI divulgou no domingo um vídeo em que mostra a decapitação de uma dezena de homens, que identifica como cristãos coptas capturados na Líbia.

Na gravação, publicada na internet, são vistos 10 homens com roupa laranja, ajoelhados e com as mãos algemadas para trás, decapitados pelos sequestradores, vestidos de preto, em uma praia de Trípoli.

A gravação, intitulada "Uma mensagem assinada com sangue para a nação da cruz", assinala que é dirigida aos "seguidores da hostil Igreja egípcia".

O que achou deste artigo?
Fechar

Estado Islâmico

Conselho de Segurança condena execução de 21 cristãos egípcios
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter