Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Veja vídeo

Marinha da Tailândia divulga imagens do resgate de crianças em caverna

Doze crianças e técnico foram resgatados após duas semanas

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Imagens mostram resgate de adolescentes de caverna na Tailândia
Imagens mostram resgate de adolescentes de caverna na Tailândia
PUBLICADO EM 11/07/18 - 11h04

Um vídeo do resgate dos 12 meninos da equipe de futebol e de seu técnico na caverna tailandesa inundada - e na qual ficaram mais de duas semanas presos - mostra alguns deles em macas, aparentemente sedados e usando equipamentos de mergulho.

As imagens, postadas na página do Facebook do corpo de elite da Marinha tailandesa, também mostram muitos mergulhadores tailandeses e estrangeiros usando cordas, roldanas e tubos de plástico para tirá-los do complexo subterrâneo.

Anteriormente, um dos socorristas, membro dos fuzileiros da Marinha tailandesa e que participou da operação de resgate, informou à AFP que alguns meninos estavam "adormecidos" durante o procedimento.

Esses são os primeiros detalhes revelados sobre a complexa operação de resgate dos 12 garotos e seu treinador de futebol. 

"Alguns deles estavam adormecidos, outros moviam os dedos (como se estivessem) 'grogues'. Mas respiravam", explicou o comandante Chaiyananta Peeranarong, que foi o último socorrista a deixar a caverna após o resgate dos jovens, com entre 11 e 16 anos, e seu treinador de futebol.

A operação, iniciada no domingo, terminou na terça, com o resgate do terceiro e último grupo.

As crianças foram colocadas em quarentena no hospital de Chiang Rai. Apesar de tudo, estão em bom estado físico e mental, segundo as autoridades.

O que achou deste artigo?
Fechar

Veja vídeo

Marinha da Tailândia divulga imagens do resgate de crianças em caverna
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter