Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Avanço

Mulheres sauditas poderão criar empresas sem consentimento masculino

Príncipe herdeiro saudita lançou uma série de reformas no ano passado para estimular a participação das mulheres na vida pública e elevar a mão de obra feminina de 22% para mais de 30% até 2030

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 18/02/18 - 12h34

A partir de agora, as sauditas poderão criar suas próprias empresas sem solicitar o consentimento de um tutor masculino, uma medida tomada para estimular o setor privado - anunciou o governo. "As mulheres já podem abrir suas próprias empresas e se beneficiar dos serviços on-line [do governo] sem ter que demonstrar o consentimento de um tutor", declarou o Ministério do Comércio e do Investimento no site institucional.

O príncipe herdeiro saudita, Mohamed bin Salman, lançou uma série de reformas no ano passado para estimular a participação das mulheres na vida pública e elevar a mão de obra feminina de 22% para mais de 30% até 2030.

No ano passado, o reino decidiu que as mulheres poderão dirigir veículos a partir de 2018. E, em 12 de fevereiro, a Procuradoria de Riad anunciou sua intenção de recrutar mulheres pela primeira vez.

Apesar disso, as sauditas ainda enfrentam inúmeras restrições. Por causa do sistema de tutela masculina, precisam da permissão de um homem de sua família - normalmente o marido, o pai, ou o irmão - para estudar, ou para viajar, entre outras atividades.

O que achou deste artigo?
Fechar

Avanço

Mulheres sauditas poderão criar empresas sem consentimento masculino
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter