Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Carminha Jerominho deixa penitenciária no Paraná e retorna ao Rio

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Carminha foi presa sob acusação de obter votos com apoio de uma milícia
PUBLICADO EM 11/10/08 - 11h02

A vereadora eleita Carmen Glória Guinâncio Guimarães, a Carminha Jerominho (PTdoB), teve uma recepção calorosa de cerca de 30 pessoas, ao desembarcar na manhã deste sábado no Aeroporto Internacional Tom Jobim, na Ilha do Governador, no Rio de Janeiro. Ela deixou na noite de sexta-feira a penitenciária de segurança máxima de Catanduvas, no Oeste do Paraná, passou por Curitiba e seguiu para o Rio. Carminha estava detida desde o dia 29 de agosto, acusada de usar um grupo de milícia para coagir eleitores na Zona Oeste do Rio.

Os manifestantes levaram faixas com escritos como "Vereadora Carminha Jerominho, o Rio te recebe de braços abertos" para o aeroporto e hostilizaram a imprensa. Familiares tentaram impedir que a vereadora falasse e ela decidiu que somente falará mais tarde, em Campo Grande, onde é a sua base eleitoral.

O pai de Carminha, o vereador Jerominho, e o tio dela, o deputado estadual Natalino, continuam presos, acusados de chefiar o grupo.

Carminha ficou presa por mais de 30 dias numa das três celas da enfermaria da penitenciária federal. Essa foi a forma encontrada para isolar a vereadora eleita. Carminha foi beneficiada com alvará de soltura expedido pelo Tribunal Regional Eleitoral do Rio de Janeiro (TRE-RJ). O irmão dela, o ex-PM Luciano Guimarães, e outros 19 suspeitos de envolvimento com milícias também tiveram a prisão revogada.

Conforme decisão da desembargadora Maria Helena Cisne, do TRE-RJ, as circunstâncias não justificariam mantê-los nas prisões. Com o fim das eleições, estaria afastada a ameaça de constrangimento de eleitores, além de já haver transcorrido tempo suficiente para que as investigações levantassem provas contra os suspeitos.

AGÊNCIA GLOBO

O que achou deste artigo?
Fechar

Carminha Jerominho deixa penitenciária no Paraná e retorna ao Rio
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter