Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Pelo Brasil

Estratégia de caravana é usada por Lula, Doria, Dias e Bolsonaro

Cotado como candidato pelo PDT, Ciro Gomes já cumpriu agenda em mais de dez Estados

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Jair Bolsonaro
Jair Bolsonaro tem viajado com pretexto de lançamento de livro
PUBLICADO EM 23/10/17 - 03h00

Depois de passar por nove Estados do Nordeste brasileiro, o ex-presidente Lula viaja por Minas Gerais, com a chamada “Caravana Lula pelo Brasil”. Segundo a assessoria de imprensa do petista, as viagens são pagas pelo PT e têm como objetivo conversar com as pessoas de cada região e conhecer a realidade na qual elas vivem.

O prefeito de São Paulo, João Doria (PSDB), que também já demonstrou interesse na disputa pelo Palácio do Planalto, não fica para trás. Ele já está com o pé na estrada e tem recebido críticas até de aliados por ficar pouco na capital paulista. Nos últimos meses, Doria visitou dez Estados do país participando de eventos e reuniões com lideranças políticas. De acordo com sua assessoria, as viagens são custeadas pelo próprio tucano.

Cotado como candidato pelo PDT, Ciro Gomes também já cumpriu agenda em mais de dez Estados, em todas as regiões do Brasil, com exceção da região Norte. Mas, de acordo com a assessoria do ex-ministro, uma visita a Manaus está prevista para até o final deste ano. Na agenda das viagens estão palestras e debates com professores e estudantes em universidades e participação em eventos com sindicatos e empresários. A assessoria afirmou que as viagens são custeadas pelo PDT ou, no caso de eventos com empresários, as despesas são pagas pelos organizadores do evento.

O deputado federal Jair Bolsonaro (PSC), que já se colocou como candidato à Presidência da República, pelo partido Patriotas, hoje PEN, mas que ainda não teve a alteração autorizada pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE, já esteve presente em cidades de todas as regiões do Brasil. O deputado tem visitado as cidades brasileiras participando de palestras e lançando o livro “Jair Messias Bolsonaro: Mito ou Verdade”, escrito por seu filho deputado estadual pelo Rio de Janeiro, Flávio Bolsonaro (PSC).

Ainda mais tímido, o senador pelo Estado do Paraná Álvaro Dias (Podemos), já apresentado pelo partido como pré-candidato para a corrida eleitoral, também percorreu diversos Estados de todas as regiões brasileiras. Segundo a assessoria, o senador acompanha os eventos de apresentação do partido, participa de palestras em algumas cidades e se apresenta como candidato à Presidência.

Analista lembra que 60% dos eleitores têm voto espontâneo

O cientista político da UFMG Felipe Nunes afirma que as viagens dos pré-candidatos comprovam que a campanha nacional já começou. Outro fator que, segundo o cientista, comprova esse fato são os números apresentados nas pesquisas de opinião. “60% do eleitorado brasileiro já tem voto espontâneo”, diz.

Diferente do marqueteiro Paulo Moura, Nunes considera as viagens dos presidenciáveis necessárias. “Nas eleições do ano que vem, o tempo de campanha oficial será muito curto e em um país tão grande como o Brasil. Essa é uma maneira de os pré-candidatos conseguirem se apresentar ao povo, se tornarem mais conhecidos” diz.

No entanto, ele explicou que todo o cuidado é pouco, uma vez que a exposição também gera resultado negativo. “Quanto mais o político aparece, mais aparecem suas fragilidades”, alerta.

O que achou deste artigo?
Fechar

Pelo Brasil

Estratégia de caravana é usada por Lula, Doria, Dias e Bolsonaro
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (3)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter