Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Decisão

Justiça afasta policial federal envolvido com Alberto Youssef

Policial federal, Jayme Alves de Oliveira Filho, foi um dos presos temporários nessa sétima fase da Operação Lava Jato; como sua soltura foi determinada, o afastamento dele da PF foi uma "medida substitutiva" à prisão

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 19/11/14 - 12h01

O juiz federal Sérgio Moro, responsável pela Operação Lava Jato, determinou que o policial federal Jayme Alves de Oliveira Filho, que teria sido responsável pelo transporte de ao menos R$ 13 milhões para o doleiro Alberto Youssef, seja afastado de suas funções.

O prazo do afastamento será "até nova deliberação judicial" e ocorrerá "sem prejuízo da remuneração", diz o despacho de Moro.

Jayme foi um dos presos temporários nessa sétima fase da Operação Lava Jato. Como sua soltura foi determinada, o afastamento dele da PF foi uma "medida substitutiva" à prisão.

A PF identificou Jayme como sendo chamado pelo apelido de "Careca".

"Observa-se que, apenas nos anos de 2011/2012, Careca efetuou o transporte/entrega de R$ 13.042.800,00 em vivos (Reais em espécie), 991.300,00 em papel (dólar americano) e 375.000 roxos (euros)", diz o relatório da PF que pediu as prisões.

Folhapress

O que achou deste artigo?
Fechar

Decisão

Justiça afasta policial federal envolvido com Alberto Youssef
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter