Recuperar Senha
Fechar
Entrar

2010

Lula quer lista tríplice do PMDB para a escolha do vice de Dilma

Pela primeira vez após crise no Senado, o petista dividiu palanque com Sarney

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Escolha. Presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que vice será definido por Dilma, mas destacou que essa é uma discussão prematura
Pela primeira vez após crise no Senado, o petista dividiu palanque com Sarney
PUBLICADO EM 10/12/09 - 22h40

São Luís. O presidente Luiz Inácio Lula da Silva defendeu ontem, em visita ao Maranhão, que o PMDB apresente uma lista tríplice de nomes para ocupar o posto de vice da ministra da Casa Civil, Dilma Rousseff, provável candidata do PT à Presidência da República em 2010.

Lula afirmou que a escolha do postulante a vice tem que ser de Dilma e não da legenda aliada. "Primeiro, eu defendo a ideia de que o vice seja dos partidos aliados. Segundo, o PMDB é o maior partido aliado que compõe a base do governo", disse. "O correto não é nem o PMDB impor um nome forte. O correto é o PMDB discutir dentro do partido e indicar três nomes para a ministra Dilma, para que ela possa escolher", prosseguiu. Estão no páreo para ser o segundo nome da chapa de Dilma o presidente da Câmara, deputado Michel Temer e o ministro de Minas e Energia, Edison Lobão - este acompanhou de perto toda a visita de Lula. A ministra também participou de todos os compromissos na cidade. O presidente desconversou, entretanto, quando perguntado sobre qual dos dois preferia para o posto. "Tem que fazer essa pergunta para ela porque quem escolhe o voce é no mínimo o candidato", disse.

A declaração foi feita durante entrevista a rádios locais no aeroporto de São Luís. Foram 36 minutos de conversa em que Lula falou dos investimentos para o Maranhão, de reforma política, da aliança com o PMDB e do projeto de lei que vai enviar ao Congresso para transformar em hediondos os crimes de corrupção passiva e ativa, peculato e concussão, tornando-os inafiançáveis, se forem praticados por autoridades.

Lula participou de três eventos na capital maranhense. Somente no último, o presidente dividiu o palanque com o presidente do Senado, José Sarney. Foi a primeira aparição dos dois juntos depois dos episódios dos atos secretos no Senado.

Afinação. Ao sugerir a lista tríplice para escolha do vice de Dilma, Lula explicou que o candidato tem que ter afinidade com o ocupante do posto. "É que nem casamento. Quem vai casar com o vice é a candidata. Você não pode empurrar para ela alguém que não tenha afinidade com ela", justificou o presidente. Ele considerou, entretanto, essa discussão prematura e afirmou que o assunto deve entrar em pauta somente a partir de março, quando estiverem oficializadas as candidaturas ao Palácio do Planalto.

Ao defender as alianças políticas feitas por seu governo, Lula disse que aprendeu a ser pragmático em político. "Quem quiser fazer política com pé no chão, faça. Quem quiser ficar na estratosfera, fique. Eu sou muito pragmático em política, aprendi a ser pragmático, porque quando você chega na Presidência da República precisa construir a maioria", concluiu Lula.

Discurso ambiental da ministra não convence os especialistas
São Paulo. A ministra chefe da Casa Civil, Dilma Rousseff, vem esverdeando seu discurso com vistas a 2010. Ela tem declarado que sempre brigou pelo uso de combustíveis renováveis e que é defensora de uma política de desenvolvimento sustentável por meio da expansão da geração hidrelétrica. A mudança de discurso, entretanto, ainda não convenceu os ambientalistas.
Na avaliação de especialistas, esse discurso é apenas uma oportunidade de colher frutos eleitorais.
Para o coordenador de mestrado em Ciência Ambiental da Universidade de São Paulo, Pedro Jacobi, as declarações de Dilma não têm sido "convincentes". Já o ex-secretário de Meio Ambiente da Presidência José Goldemberg afirma que aproximação da ministra com a temática "tem cara eleitoral".

O que achou deste artigo?
Fechar

2010

Lula quer lista tríplice do PMDB para a escolha do vice de Dilma
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter