Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Crise

Mourão descarta participação brasileira em ação militar na Venezuela

Brasil e EUA reconheceram o líder opositor Guaidó como presidente interino do país

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Venezuela
Brasil montará força-tarefa para entrega de ajuda humanitária à Venezuela
PUBLICADO EM 23/01/19 - 21h12

O presidente em exercício, Hamilton Mourão, descartou a possibilidade de uma participação brasileira em uma eventual ação militar externa na Venezuela após o Brasil e os Estados Unidos reconheceram o líder opositor Juan Guaidó como presidente interino do país vizinho. "O Brasil não participa de intervenção, não é da nossa política externa intervir nos assuntos internos de outros países", disse Mourão, ao deixar o Palácio do Planalto nesta quarta-feira, 23.

Horas antes, o presidente dos Estados Unidos, Donald Trump, declarara que "todas as opções estão sobre a mesa" em relação ao país sul-americano.

Mourão afirmou que o apoio político do Brasil é em relação à decisão do líder opositor e futuramente, caso seja necessário, o Brasil vai participar de um apoio econômico para "reconstrução" da Venezuela. 

Na hipótese de prisão de Guaidó, o presidente em exercício disse que o Brasil, neste caso, "só pode protestar; não vai fazer mais nada além disso." A única ligação entre as Forças Armadas de Brasil e Venezuela, afirmou Mourão, é um contato institucional entre os ministros da Defesa dos dois países.

O que achou deste artigo?
Fechar

Crise

Mourão descarta participação brasileira em ação militar na Venezuela
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (22)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter