Recuperar Senha
Fechar
Entrar

LISTA

Nove vereadores que não votaram pela cassação de Magalhães são candidatos

Em abril, Wellington Magalhães foi preso com outras sete pessoas durante deflagração da Operação Sordidum Publicae, do MPMG e da Polícia Civil

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
Câmara Municipal
Investigação aponta que o grupo teria movimentado cerca de R$ 30 milhões em contratos fraudados com a empresa Feeling Comunicação
PUBLICADO EM 09/08/18 - 12h40

Dos 15 vereadores da Câmara Municipal de Belo Horizonte que se abstiveram na votação que poderia cassar o mandato do ex-presidente da Casa Wellington Magalhães (PSDC), nove são candidatos a deputado federal ou estadual nas eleições deste ano. 

Confira a lista dos candidatos que salvaram o mandato de Wellington Magalhães na Câmara de BH:

Arnaldo Godoy (PT)
Bim da Ambulância (PSDB)
Catatau da Itatiaia (PHS)
Elvis Cortes (PSD)
Gilson Reis (PCdoB)
Jair di Gregório (PP)
Juliano Lopes (PTC)
Nely do Valdivino (PMN)
Pedro Patrus (PT)

Além destes, outros seis vereadores que não são candidatos votaram para salvar o mandato de Magalhães:

Autair Gomes (PSC)
Edmar Branco (Avante)
Flávio dos Santos (Pode)
Hélio da Farmácia (PHS)
Léo Burguês de Castro (PSL)
Preto (DEM)

Em abril, Wellington Magalhães foi preso com outras sete pessoas durante deflagração da operação Sordidum Publicae, do MPMG e da Polícia Civil. Essa investigação aponta que o grupo teria movimentado cerca de R$ 30 milhões em contratos fraudados com a empresa Feeling Comunicação.

À época da operação, o promotor Leonardo Barbabella, da Promotoria de Defesa do Patrimônio Público da capital, que coordenou a Sordidum Publicae, afirmou que estavam em curso outras 45 investigações do MPMG e da Polícia Civil envolvendo o parlamentar.

O que achou deste artigo?
Fechar

LISTA

Nove vereadores que não votaram pela cassação de Magalhães são candidatos
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório

Comentários (11)

Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter