Recuperar Senha
Fechar
Entrar

Prevenção

Resolução define atos em caso de exoneração

Segundo o governo, o objetivo é promover a integridade e prevenir fraudes e irregularidades

Enviar por e-mail
Imprimir
Aumentar letra
Diminur letra
PUBLICADO EM 23/01/19 - 21h37

Foi publicado nesta quarta-feira (23) no Diário Oficial “Minas Gerais” uma resolução que determina aos órgãos e entidades da administração pública uma série de ações que devem ser adotadas para se exonerarem servidores. Segundo o governo, o objetivo da resolução é promover a integridade e prevenir fraudes e irregularidades.

De acordo com o texto, o servidor desligado deve devolver ao Estado todos os materiais que estavam sob sua guarda, como crachá funcional, token, celular corporativo, notebooks e tablets. Os exonerados também perderão o acesso à rede do Estado, aos sistemas corporativos e ao e-mail institucional.

“As medidas não são boas apenas para o poder público, mas também salvaguardam o próprio servidor, é uma segurança”, afirmou o Controlador Geral do Estado, Rodrigo Fontenelle.

O que achou deste artigo?
Fechar

Prevenção

Resolução define atos em caso de exoneração
Caracteres restantes: 300
* Estes campos são de preenchimento obrigatório
Enviar Comentário

Li e aceito os termos de utilização
Compartilhar usando o Facebook
ou conecte-se com

ATENÇÃO

Cadastre-se para poder comentar

Comentar com Facebook Comentar com Twitter